Protecting over 230 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘antivirus’
16, fevereiro, 2015

Como escolher a melhor proteção móvel

Há dois riscos notáveis ao ser um proprietário de um smartphone ou de um tablet. O primeiro é o malware e o segundo é o roubo. Você precisa se proteger contra ambos, e nos dias de hoje há muitas chances de acontecer algo. Alguns aplicativos de segurança são gratuitos e outros são pagos.

Proteja o seu smartphone ou tablet com um aplicativo antivírus

No ano passado, mais de 1 bilhão de aparelhos Android foram vendidos em todo o mundo. Com o Android liderando o mercado de smartphones, ele se torna um alvo tentador aos produtores de malware. Eu li alguns artigos dizendo que os usuários médios não precisam se preocupar em ser infectados com vírus no seu telefone ou tablet, mas com 2.850 novas ameaças móveis são criadas diariamente por hackers, as coisas estão piorando.

Mesmo que você pense que o seu risco é baixo, sugerimos que você de um passo à frente e instale um bom aplicativo antivírus. A melhor coisa do Avast Mobile Security é que ele é gratuito, por isso, o seu investimento é mínimo: alguns minutos para configurar e pronto.

O Avast Mobile Security inclui proteção antivírus que escaneia os seus aplicativos para ver o que eles estão fazendo e um módulo Internet que escaneia os sites que você visita para ver se contém malware ou phishing. Aplicativos maliciosos permitem que malwares entrem no seu telefone, por isso é bom ter o Avast a seu lado para detectar quando um deles passa pela segurança do Google Play ou de outra loja de aplicativos.

O Avast Mobile Security dá 100% de proteção contra aplicativos maliciosos aos usuários Android.

O Avast Mobile Security dá 100% de proteção contra aplicativos maliciosos aos usuários Android.

Para comparar as opções de antivírus móveis, você pode dar uma olhada no último “Teste de Segurança Móvel” de janeiro de 2015 feito pelo laboratório independente AV-TEST. Eles testaram 31 aplicativos de segurança para Android. O Avast Mobile Security está no topo da lista porque detectou 100% dos aplicativos maliciosos sem nenhum impacto na bateria e sem deixar lento o seu aparelho.

Instale o Avast Mobile Security e Antivírus da loja Google Play.

Proteja o seu smartphone ou tablet contra perda ou roubo

Os hackers não são o único risco. Roubo ou perda do seu aparelho são ainda mais prováveis. Em uma famosa estatística de 2 anos atrás, Norton descobriu que 113 telefones eram roubados ou perdidos a cada minuto, ou seja, 7 milhões de dólares por dia! Com todos os dados pessoais e até corporativos que você tinha armazenado, perder o seu telefone pode ser catastrófico.

Você pode proteger o seu aparelho instalando o Avast Anti-Theft. O Avast Anti-Theft é um aplicativo que você pode baixar gratuitamente dentro do Avast Mobile Security. A função anti-roubo está oculta dos ladrões e permite que você controle remotamente o seu smartphone utilizando SMS ou através da sua conta MyAvast. Você pode fazer backup dos seus dados pessoais e rastrear o seu telefone ou soar um alarme se ele for perdido ou roubado.

Instale o Avast Anti-Theft da loja Google Play.

Comments off
20, janeiro, 2015

Gerente de eCommerce do Avast no Brasil fala dos planos para 2015

William R. Plaza do Hardware.com.br – um dos sites mais respeitados em matéria de hardware, redes, Linux e tecnologia em geral – entrevistou André M. Pinto, nosso gerente de eCommerce para o Brasil. Leia abaixo a íntegra da entrevista publicada há alguns dias.

Introdução

A nossa entrevista de hoje é com o Andre Munhoz Pinto, gerente de eCommerce da Avast no Brasil. De forma lúcida e sincera Andre nos conta como o Avast está preparada para a segurança dos novos dispositivos da Internet das Coisas, como a empresa vem liderando o mercado brasileiro de soluções de segurança e etc.

Confira:

Hardware.com.br: Primeiramente André quero te agradecer por aceitar a entrevista e para início de conversa, eu queria que você explicasse para os nossos leitores um pouco do seu trabalho na Avast e quais são os planos da empresa para 2015.

André Munhoz Pinto: Eu sou gerente de eCommerce da Avast para o mercado brasileiro. Sou responsável por promover a marca e produtos da empresa no Brasil através das nossas mídias sociais, mensagens dentro dos produtos e parcerias com outras empresas do setor. Meu trabalho é entender o que o brasileiro em geral precisa em termos de segurança online e traduzir isso em informação, promoções de marketing e sugestões técnicas para os nossos engenheiros de TI.

A Avast fechou o ano de 2014 com 62% do mercado de antivírus no Brasil, portanto, meu foco principal em 2015 é manter este nível de alcance e, ao mesmo tempo, ajudar os brasileiros com informação sobre as novas ameaças para a segurança online, principalmente com relação a smartphones e tablets.

Hardware.com.br: Com tantas formas de burlar a licença dos programas atualmente, como convencer os usuários a adquirirem uma licença de uma suíte de segurança? Está mais difícil atualmente do que em anos anteriores?

André Munhoz Pinto: Tudo depende da qualidade do produto. O mercado de antivírus tem uma concorrência muito grande, com muitos bons produtos grátis e outros a baixo custo, portanto, ter um bom produto e boa tecnologia é fundamental. Não acho que está mais difícil de vender hoje em dia do que no passado, porque embora temos uma maior concorrência, o consumidor final também está mais bem informado. Ele ou ela sabe que não pode ficar sem antivírus e se preocupa muito com licenças “grátis“ que podem ser adquiridas online. Quando identificamos um usuário utilizando uma licença paga a qual não foi adquirida legalmente, nós primeiro oferecemos a compra do nosso produto e depois cortamos o serviço daquela licença. Em alguns casos, podemos até mesmo abrir processos judiciais, mas na grande maioria das vezes os usuários que tentam burlar a nossa licença acabam virando nosso cliente.

Hardware.com.br: De acordo com a AV-Test em 2014 houve um aumento de 73% de novos Malwares em relação a 2013, como o Avast se mantém preparado para estatísticas tão alarmantes como essa?

André Munhoz Pinto: Para nós isto não é surpresa! E não será surpresa se este número aumentar ainda mais em 2015. Só para você ter uma ideia, em 2011 tinhamos em nosso banco de dados 100 mil amostras de malwares desenvolvidos somente para celulares e tablets, em 2014 registramos 1 milhão de amostras. O consumidor final precisa entender que hoje em dia hackers são profissionais do ramo, não são mais adolescentes sentados em um quarto escuro bebendo refrigerante e comendo pizza amanhecida. Hackers estão 24 horas por dia, 7 dias por semana trabalhando nisso. Para dar conta desses ataques, a Avast possui o IQ Community, que lança uma nova ameaça de vírus automaticamente ao nosso laboratório assim que ela aparece. São 50 mil amostras diárias de vírus que recebemos. Elas são checadas e, uma vez o vírus é identificado, criamos a vacina e enviamos uma atualização automática para todos os nossos usuários no mundo. Isso ocorre praticamente em tempo real, portanto, conseguimos identificar e combater uma ameaça mais rápido do que grande parte dos nossos concorrentes. Há um vídeo curto no YouTube explicando como o IQ funciona, clique aqui.

Hardware.com.br: Em sua opinião o embate entre a Sony Pictures e a Coréia do Norte, mudou de uma vez por todas as perspectivas de ataques? Podemos estar caminhando para um grande ciberguerra?

André Munhoz Pinto: Talvez a ciberguerra já esteja acontecendo e nem sabemos disso, mas o que aconteceu com a Sony Pictures ajudou a abrir os olhos de muita gente que achava que isso era mentira. Em 2014 tivemos vários ataques sérios a empresas de varejo como a loja Target, nos Estados Unidos, onde muito dinheiro e dado dos clientes foram roubados do dia para a noite. Não vou entrar em questões políticas, mas para o consumidor final é importante manter controle de seus dados online para manter-se seguro. Cada vez mais os ataques estão ocorrendo na comunicação entre um roteador e um servidor, ou seja, hoje em dia, não é nem mais necessário invadir um PC fisicamente para roubar seus dados.

Hardware.com.br: Durante a CES desse ano, o conceito de internet das coisas inundou o evento, indo de vaso de plantas controlado por Smartphone a os sistemas autônomos para veículos, como o Avast está se preparando para essa nova leva de dispositivos conectados? Teremos softwares especiais para essa nova realidade? André Munhoz Pinto: Boa pergunta! E a resposta dela vai muito de acordo com o que comentei na resposta anterior. Com a Internet das Coisas se popularizando veremos cada vez mais um número maior de dispositivos conectados ao mesmo roteador. Ou seja, se um hacker invadir sua rede doméstica de acesso à internet, ele poderá roubar os dados de todos os computadores ligados ao seu roteador, e aí inclui celular, tablet, laptop, TV, rádio e qualquer outro produto eletrônico ou equipamento gerenciado via Wi-Fi, como por exemplo a iluminação da sua casa. Dessa forma, criminosos poderiam até mesmo verificar quais são os dias e horas que você está em casa ou não; ou se você tiver uma chave eletrônica, poderão desativar a mesma. A Avast acaba de se tornar a primeira empresa do mercado de antivírus a lançar o Home Network Security. Um recurso que escaneia o seu roteador em busca por vulnerabilidades. Através deste sistema (que é gratuito) o consumidor poderá verificar se houve ou não uma tentativa de ataque ao seu roteador e, então, agir rapidamente para impedir qualquer dano à sua segurança. Acreditamos que esta é a melhor maneira, no momento, de mantermos a segurança de nossas clientes em dia. Hardware.com.br: Na versão 2015 do Avast internet Security há diversas opções de segurança muito interessantes, como SecureDNS por exemplo, mas também há ferramentas como o Software Updater que atualiza os programas que o usuário tiver na máquina para evitar que falhas prejudiquem a segurança do mesmo. Como ocorre o desenvolvimento dessas novas ferramentas? A decisão de incluir ou não algum recurso é uma tarefa complicada? André Munhoz Pinto: Na verdade, este é um processo que nunca termina. Pois após a implementação de um novo recurso temos de verificar no mercado como as pessoas estão usando o mesmo e se estão satisfeitas ou não com ele. Portanto, quando um recurso é implementado ele geralmente já passou pela análise não somente de nossos engenheiros e diretores, mas também do consumidor final. Não acho isso um processo complicado, pois aqui na Avast somos apaixonados pelo o que fazemos, principalmente a implementação de um novo recurso. Hardware.com.br: O Avast completou 25 anos de história e 200 milhões de clientes durante todo esse período, qual a formula do sucesso nesse mercado tão competitivo? André Munhoz Pinto: Acho que essa pergunta caberia mais aos nossos cofundadores que ainda trabalham na empresa, mas no meu ponto de vista há dois fatores primordiais: 1) produtos e tecnologia de ponta; 2) paixão pelo o que fazemos. O ambiente dentro da empresa é muito positivo e acredito que isto faz com que o sucesso venha mais rápido. Hardware.com.br: Para encerrar queria que você dissesse o que podemos esperar em 2015 nesse mundo rotativo de Malwares, e se as dicas de proteção que já são conhecidas por grande parte dos usuários, ainda prevalecem, ou se a perspectiva está mudando e temos que começar a utilizar novos métodos. E deixe também as mídias sociais do Avast para que nossos leitores encontrem mais sobre vocês. André Munhoz Pinto: Publicamos recentemente em nosso blog dois artigos com as previsões para 2015, você pode ler mais detalhes aqui e aqui. Entretanto, na minha opinião a grande novidade está no ataque a roteadores, algo ainda praticamente desconhecido por grande parte dos usuários. A área de „malware móveis“ (celulares e tablets) também deverá crescer, considerando que muita gente está acessando a internet através desses dispositivos. Também veremos um aumento no número de ataques via mídias sociais já que Facebook, por exemplo, permite agora a publicação de vídeos diretamente nos murais dos usuários, ou seja, mais brechas surgirão. Com relação às „antigas dicas“ de proteção, elas continuam mais vivas do que nunca pois acredite ou não a contaminação de computadores através de spams e phishing continua muito popular. Para quem quiser saber mais sobre a Avast, acesse o nosso blog, Facebook ou Twitter.

Comments off
16, janeiro, 2015

Android: fazer backup dos seus dados é a mesma coisa do que torná-los públicos? Neste caso, sim!

Você perdeu alguns contatos do seu celular? Você pode encontrá-los na nuvem. Em um lugar de acesso público! 1playstore photo

Sério.

Se você se preocupa com a sua privacidade, deve sempre suspeitar de soluções de “backup na nuvem” que você encontra na loja Google Play Store. O aplicativo Cloud Backup Contacts faz backups online dos seus contatos pessoais e eles se tornam públicos.

Depois de abrir o aplicativo, você verá uma tela onde pode informar o seu número de telefone e escolher uma senha. Depois você pode enviar os seus contatos para a nuvem.

2app

Uma rápida análise do aplicativo mostra-nos como ele exatamente faz o backup dos seus contatos na nuvem. Os contatos são associados com o número do telefone que você forneceu na etapa anterior e enviados através de pedidos HTTP POST em uma página PHP.

3savedatacloud

Uma análise mais profunda do tráfego capturado pelo Fiddler ajuda-nos a desvendar os resultados das figuras acima: uma página online, onde qualquer um pode ver, contém centenas de números de telefones e senhas não criptografados. Utilizando a informação do aplicativo, você pode obter dados pessoais privados (contatos) de qualquer outro usuário.

4fiddlerinfo 5datafromserver

Encontramos informações de países como o Brasil, Grécia e outros

A página deste aplicativo na Google Play Store diz que este aplicativo foi instalado 50.000-100.000 vezes. É um número muito grande de instalações para um aplicativo que não segue as práticas básicas de segurança do Android. O desenvolvedor deveria utilizar tecnologias como o HTTPS, o SSL e criptografia dos dados a serem transmitidos através da internet e também no armazenamento no servidor. O Nogotofail é uma ferramenta de teste de segurança de rede muito útil que foi criada pelo Google “para ajudar os desenvolvedores e pesquisadores de segurança a descobrir e corrigir conexões TLS/SSL frágeis e tráfego de dados privados em formato de texto aberto em aparelhos e aplicativos, tudo isto de uma forma flexível, escalonável e poderosa”

6appinfoplaystoreReportamos ao Google a situação deste aplicativo.

O Avast detecta este aplicativo como Android:DataExposed-B [PUP].

SHA-256 das amostras:
F51803FD98C727F93E502C13C9A5FD759031CD2A5B5EF8FE71211A0AE7DEC78C 199DD6F3B452247FBCC7B467CB88C6B0486194BD3BA01586355BC32EFFE37FAB

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off
4, novembro, 2014

O Avast 2015 simplifica a segurança para você, seu computador e sua casa

Nos velhos tempos, quando nós apenas tínhamos um desktop, a segurança era algo mais simples. Mas agora, com vários aparelhos e com novos tipos de ameaças crescendo de dia para dia, manter tudo seguro e atualizado pode ser uma tarefa assustadora. O Avast 2015 simplifica esta tarefa com a melhor proteção antivírus e antimalware possível, com a função de remover as barras de ferramentas indesejadas dos navegadores, com um simples clique fazer um escaneamento de malwares, atualizações, segurança de rede e desempenho do computador, além do primeiro escâner de rede doméstica do mundo.

Avast_incrivel

Com o primeiro sistema de escaneamento de roteador doméstico do mercado, Avast sai na frente mais uma vez

Escâner de rede doméstica

O Avast identificou uma crescente área de insegurança perto da sua casa (na verdade, dentro da sua casa!): a sua rede WiFi. Senhas que podem ser facilmente descobertas tornam os roteadores domésticos um fácil ponto de entrada para hackers ou até mesmo aos vizinhos que tomam carona na sua rede. As soluções de segurança Avast 2015 incluem o primeiro escâner de rede doméstica do mundo, que ajuda você a se prevenir dos ataques de hackers ao seu roteador e à sua rede.

Escaneamento inteligente com um clique

Para ajudar a simplificar a segurança dos aparelhos da sua família, o Avast 2015 agora permite que você escaneie tudo com um só clique: ameaça de hackers, programas que precisam ser atualizados, segurança da rede doméstica e o estado de saúde do seu computador.

Funções de limpeza e atualização exclusivas

Um dos pontos mais fracos na segurança pessoal é um programa crítico desatualizado. Os hackers tiram vantagem de programas antigos, mas na realidade é uma das áreas mais fáceis de se defender. Com as melhorias no Avast Software Updater, você é agora notificado quando houver uma atualização dos programas críticos instalados em seu computador.

Os programas potencialmente indesejados (PUPs) como as barras de ferramenta e alterações nos mecanismos de buscas dos navegadores não são apenas algo chato: eles são perigosos! Eles coletam informações que são distribuídas às redes de propaganda ou qualquer um que deseje pagar por elas. O avançado Avast Browser Cleanup remove as barras de ferramenta indesejadas e limpa as configurações de busca, permitindo que você escolha as configurações que deseja e acelere o desempenho do seu computador.

A solução de segurança Avast 2015 está disponível em quatro versões para uso doméstico: Avast Free Antivírus, Avast Pro Antivírus, Avast Internet Security e Avast Premier, todas elas em 45 línguas. O Avast também fornece proteção de qualidade internacional para empresas e aparelhos móveis. Visite www.avast.com para aprender mais e baixar.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no FacebookTwitter e Google+.

24, outubro, 2014

O Avast protege smartphones de adolescentes também

Muitos adolescentes são responsáveis pelos seus próprios smartphones. Ajude-os a mantê-los seguros com alguns passos bem simples. Teenage_br Sete a cada dez alunos do ensino médio levam o seu smartphone para o colégio nos Estados Unidos. Estes celulares são utilizados não só para surfar na internet ou nas redes sociais, mas ajudam os adolescentes a conhecer o colégio, entrar em contato com professores e outros estudantes, seguir as notícias. Muitos pais veem no fato de dar um celular a seus filhos como uma ferramenta de segurança e uma forma de mantê-los em contato, especialmente se surgir alguma emergência. A primeira coisa a fazer depois de comprar um smartphone para seus filhos A maioria dos adolescentes estão utilizando um aparelho com o sistema operacional Android sem nenhuma proteção de segurança adicional. A primeira coisa que você deve fazer é baixar um aplicativo de segurança para proteger o telefone e os dados que ele contém. A última versão do Avast Mobile Security e Antivírus já está disponível, com uma interface complemente redesenhada, tornando-o mais simples e ainda mais amigável do que era antes. O Avast Mobile Security é gratuito e começará a proteger imediatamente seu filho de baixar aplicativos infectados e spywares, a bloquear malware e a fazer backup dos contatos, logs de chamadas e SMS, além das fotos. Instale o Avast Mobile Security e Antivírus da loja Google Play.

A segunda coisa a fazer depois de comprar um smartphone para seus filhos Estudantes do ensino médio são pessoas ocupadas, com muitas atividades, por isso o seu smartphone pode ser perdido. O Avast Anti-Theft é um aplicativo independente que pode ser instalado separadamente do Avast Mobile Security. Você pode utilizar as funções de localização para encontrar um telefone perdido ou roubado, controla-lo remotamente e bloqueá-lo. Depois que você instalar o Avast Mobile Security, ele perguntará se deseja configurar o módulo antifurto. Você pode ler mais a respeito e aprender sobre as funções de controle remoto para acessá-lo de sua conta no portal my.avast.com em nossas FAQs. Instale o Avast Anti-Theft da loja Google Play. Outras coisas a serem feitas

  • Configure uma senha no smartphone. Isto é fácil de fazer e serve como uma primeira linha de defesa contra bisbilhoteiros e ladrões.
  • Adicione números importantes à lista de contatos. Acrescente o seu número de telefone e também o do seu trabalho, o dos avós, o da escola e outros contatos de emergência.
  • Saiba as regras do colégio. É importante saber se é proibido utilizar o telefone durante todo o período ou se é permitido durante os intervalos.
  • Fale com seus filhos sobre privacidade. Converse constantemente sobre postagem de fotos e vídeos e fique atento a materiais com conteúdo sexual e compartilhamentos nas redes sociais.

Obrigado por utilizar o Avast Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
23, outubro, 2014

Como identificar os sinais de alerta das fraudes “trabalhe em casa”

Trabalhar em casa é atrativo para as pessoas que estão procurando um complemento de renda mensal ou da sua aposentadoria, ou para aqueles que desejam trabalhar meio-período, ou para os que desejaComo fazer...m poupar o dinheiro com babás e gasolina. Muitas pessoas sonham em ser empreendedores e trabalhar com independência em seus negócios. Os cibercriminosos tiram vantagem disto para criar falsas ofertas do tipo “trabalhe em casa”.

O olhar aguçado de Timothy B., um fã do Avast no Facebook, compartilhou uma postagem que ele recebeu de uma oferta para trabalhar em casa.

Facebook work from home scam 1

Típica postagem de golpistas tentando furtar seus dados online

 

A postagem diz (removendo os erros):

Bom dia Facebook. Pronto para começar o meu dia e procurar 9 pessoas que desejam seriamente mudar suas vidas financeiramente. Quem deseja ser o seu próprio chefe? Quem deseja trabalhar dessa forma? Quem deseja ganhar 500-2000 dólares extras todas as semanas em casa? Quem é responsável o suficiente para arriscar 40 dólares para mudar suas vidas? Sim, com 40 dólares. Você sabe como? Entre em contato comigo para ter mais informações.

Esquemas de trabalho em casa para ficar rico são propostos há muito tempo, apareciam antes nas caixas de correio das suas casas, na TV, nas propagandas das revistas. Os cibercriminosos criaram variações destas fraudes para obter os endereços de email e listas dos contatos do Facebook.

As redes sociais tornaram mais fácil e rápida a criação de perfis e identidades falsos.

O cibercriminoso dos erros gramaticais que enviou a proposta ao feed de notícias de Timothy B. atrai suas potenciais vítimas com a facilidade e a flexibilidade de trabalhar em casa sempre que quiserem. A mensagem promete grandes ganhos e tudo o que você precisa fazer é um investimento de 40 dólares para descobrir como. Este fraudador provavelmente tentará ficar com o seu dinheiro e obter suas informações pessoais.

Sinais de alerta de fraude em propostas “trabalhe em casa”

  • Ausência de nome ou endereço de contato: nenhuma companhia legítima irá oferecer trabalho sem informar seu nome, a identidade de sua marca ou um endereço físico para contato.
  • Solicitam a você que pague uma taxa para informações adicionais. Empregadores legítimos não cobram uma taxa para contratar você ou quando você inicia o seu trabalho. Não envie dinheiro para obter mais informações ou obter kits para iniciar o trabalho.
  • Promessas de ganhos excepcionais.
  • Ofertas dizendo que não é necessário ter experiência nem enviar um currículo.
  • Pedido de informações pessoais como números de cartão de crédito ou dados bancários.

Como denunciar uma fraude

Você deve preencher um questionário no Internet Crime Complaint Center. Para preencher o relatório, você precisa informar o seguinte:

  • Seu nome, email e número de telefone.
  • O nome, email, número de telefone e endereço da internet (URL), se estiverem disponíveis, da pessoa ou organização que você pensa ter cometido uma fraude com você.
  • Detalhes específicos de como, por que e quando você acredita que sofreu a fraude.

Denuncie a empresa ao Better Business Bureau (BBB) – Se você sabe o nome da empresa ou o endereço na internet, utilize a ferramenta de busca do BBB para encontrar se já houve reclamações anteriores. Você pode enviar a sua própria reclamação online.

Denuncie spam no Facebook – A melhor maneira de denunciar conteúdo abusivo ou spam no Facebook é utilizar o link que aparece próximo deste mesmo conteúdo. Para denunciar algo que alguém postou em sua linha do tempo:

  1. Clique na seta para baixo no canto superior direito da postagem
  2. Selecione Eu não gosto desta postagem
  3. Selecione Eu penso que isto não deveria estar no Facebook e siga as instruções da tela

Obrigado por utilizar o Avast Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

14, outubro, 2014

Microempresário: antivírus é apenas o primeiro passo para proteger seus dados empresariais

Existe uma lenda difundida por usuários de internet e contada por muitos com o mesmo drama que contam a história do chapeuzinho vermelho, de que basta ter um antivírus para se manter protegido de todo e qualquer ataque virtual. Caro microempresário, muito provavelmente a grande maioria dos seus empregados acreditam nesta história.

MS WIN8.1

Além da utilização de um antivírus na sua rede empresarial, procure também orientar constantemente seus funcionários sobre como se manter seguro online

 

Na verdade, há grandes chances de que um líder empresarial como você tenha o mesmo pensamento, embora, teoricamente, conheça com mais profundidade as artimanhas criadas por cibercriminosos a fim de realizar golpes, roubo de identidade e furto de dados e dinheiro.

Uma das maneiras mais fáceis de hackers invadirem os computadores e, principalmente, servidores empresariais é através de uma prática chamada de engenharia social, onde através de um e-mail enviado por desconhecidos o usuário baixa os anexos da mensagem. Isso pode soar irreal, pois estamos “carecas” de saber sobre os perigos de realizar downloads de arquivos oriundos de e-mails desconhecidos.

Entretanto, se acontecer de seu funcionário ter curtido uma festa “daquelas” na noite anterior e recebe uma mensagem de alguém agradecendo pelas “biritas” que eles “entortaram” juntos há menos de 24 horas, é muito provável que ele ou ela, sem se lembrar do que realmente ocorreu, tente abrir as fotos por curiosidade.

Mas aí você dirá: “ok, mas o antivírus deveria alertar sobre o perigo de fazer o download desses arquivos e impedir a infecção”. Sim, você está certo. Entretanto, imagine que no laboratório de vírus da Avast chegam diariamente 50 mil amostras de novos vírus! Ou seja, hackers estão a todo momento se modernizando para driblar os programas de segurança.

Mas o maior problema é que, sem uma instalação e manutenção correta do antivírus, além da falta de uma boa orientação sobre o uso da proteção, o seu funcionário pode facilmente ignorar as mensagens de perigo e realizar o download sem perceber que está cometendo um erro. Leia aqui um artigo publicado sobre o assunto pela Deutsche Welle, uma das maiores empresas de mídia na Alemanha (o texto está em português).

Isto dito, ao pensar em segurança de dados empresariais, primeiramente, instale sim um antivírus confiável, de preferência um que tenha a opção de console de administração remota, para que você possa verificar diretamente do seu próprio computador os últimos alardes e tentativas de ataques sofridas por todos os seus funcionários, além de lhe dar a possibilidade de verificar o que eles fizeram ao sofrer esses ataques.

Mas esta atitude, como dito, é apenas o primeiro passo para proteger seus dados. Depois disso, é preciso se informar e orientar seus funcionários sobre os perigos que existem na internet. Tenha uma relação mais próxima com eles, compartilhe vídeos, podcasts e textos sobre engenharia social e segurança virtual. Inclua este tópico durante reuniões e considere seriamente a possibilidade de realizar sessões de discussão sobre o assunto uma vez a cada 3 ou 6 meses com a participação de outros empresários ou profissionais do ramo.

Enfim, conte com a tecnologia de um antivírus para proteger seus dados empresariais, mas não esqueça de fortalecer a relação humana com o mundo cibernético.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

 

Comments off
15, setembro, 2014

Pesquisa mostra que ataques online a micro e pequenas empresas é crescente

Em 2010, o Comitê Gestor da Internet (CGI) no Brasil realizou uma pesquisa com o objetivo de estabelecer uma melhor visão do uso da internet por micro e pequenas empresas brasileiras. Este trabalho teve como base uma outra pesquisa realizada em 2007 e que seguia praticamente os mesmos parâmetros. De acordo com o TIC Microempresas 2010, o número de microempresas que sofreram ataques de vírus subiu de 39% para 48% em apenas 3 anos.

Os dados de sua micro empresa podem ser facilmente gerenciados com um antivírus empresarial

Os dados de sua micro empresa podem ser facilmente gerenciados com um antivírus empresarial

 

O documento aponta a utilização de um sistema operacional dominante no mercado como o principal fator para o crescimento no número de ataques online no país e, embora não cite nomes, muito provavelmente se refere ao Microsoft Windows. Então, o que fazer? Há duas possibilidades aqui: 1) optar pelo desenvolvimento de um sistema operacional aberto utilizando, por exemplo, Linux, dando ao empresário a opção de customizar a maneira como utiliza e gerencia a internet de sua organização; 2) implementar um sistema de segurança especialmente criado para o Microsoft Windows e que não requer grandes investimentos de tempo, dinheiro e recursos humanos no projeto.

Não vou entrar nos méritos da primeira opção, pois como dito, é uma alternativa que pode customizar o sistema operacional de sua empresa, o que é muito mais complexo do que simplesmente juntar os pontos entre um recurso e outro. Entretanto, para quem utiliza Microsoft Windows, a melhor solução é a instalação de um controle remoto de vírus e ataques online. O que pouca gente sabe (para não dizer a grande maioria dos empresários), é que todo esse trabalho pode ser feito por um antivírus empresarial.

O que ocorre é que muitas micro (em especial) e pequenas empresas ainda são equipadas com antivírus convencionais, ou seja, desenvolvidos para proteger computadores caseiros, os quais não são conectados em rede e cujos usuários são alguns membros de uma família, fazendo com que a administração do aparelho seja muito mais fácil. Entretanto, em uma empresa a situação é completamente diferente. Embora algumas organizações tenham apenas uma pequena quantidade de computadores (e aí eu quero dizer 3 ou 4 PCs na empresa), é muito difícil gerenciar os ataques a todos esses aparelhos diariamente acessando um por um, perguntando aos seus funcionários o que eles fizeram com o PC, que tipo de site acessaram, qual informação foi utilizada, etc. Além do mais, mesmo que o funcionário possua algum tipo de treino específico para segurança online, é difícil de acreditar que ele ou ela informaria a gerencia ou o dono do negócio sobre algum ataque em potencial e o que foi feito para solucioná-lo.

Já um antivírus empresarial faz exatamente tudo isso automaticamente. Através de interfaces simples e de fácil gerenciamento, um empresário pode rapidamente criar um relatório diário (semanal, quinzenal, mensal, etc.), sobre os últimos ataques que sofreu, como o antivírus se portou, quais ações foram tomadas depois disso e ainda criar um prognóstico para o futuro. Os agora famosos ataques de “Engenharia Social” também podem ser incluídos neste trabalho que, na verdade, não precisa ser gerenciado pelo dono do negócio em si, mas por um único funcionário de confiança com maior habilidade para temas relacionados a TI (Tecnologia da Informação).

Simplificar uma atividade que pode ser complexa dentro da sua micro empresa, pode não somente ajuda-lo no corte de gastos, mas principalmente a evitar transtornos futuros.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais noFacebookTwitterGoogle+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
11, setembro, 2014

O avast! Free Antivírus para Mac bateu os produtos concorrentes em testes independentes!

Comparados com os usuários Windows, os do Mac são comumente pouco afetados pelos ataques de malware. Os cibercriminosos, no entanto, sabem tão bem quanto os produtores de antivírus sobre as fragilidades dos Mac. Com o crescente número de usuários Mac, os cibercriminosos descobrem um maior potencial para suas atividades maliciosas, especialmente porque os usuários do Mac tendem a ter um falso sentido de segurança e não utilizam aplicativos de segurança. Você só precisa ler este blog para aprender como os hackers estão adaptando os malwares para Windows e colocando o alvo no companheiro Mac.

Nunca devemos subestimar a segurança que um Mac precisa. O avast! Free Antivírus para Mac oferece proteção gratuita contra os últimos malwares projetados para atacar os sistemas operacionais Mac. Como todos os outros produtos de segurança da AVAST, a versão Mac participa frequentemente de testes de companhias independentes. Recentemente o avast! Free Antivírus para Mac foi não só certificado pela AV-TEST, mas também recebeu 100% no último teste de segurança para Mac realizado pela AV-Comparatives em julho e agosto.

Estamos orgulhosos de compartilhar os resultados com você!

logos

Mais sobre o desempenho do avast! em ambos os testes.

A AV-TEST GmbH é líder mundial no fornecimento de serviços de testes de segurança computacional. O último teste foi dirigido aos produtos de segurança para Mac OS X e foi conduzido entre julho e agosto de 2014. Dezoito produtos antivírus participaram e os testes foram conduzidos na plataforma MacOSX 10.9.4. Os resultados podem ser encontrados aqui.

A nova versão 9 do avast! Free Antivírus para Mac ultrapassou com facilidade os produtos concorrentes. O software de segurança ofereceu altas taxas de detecção de malware, não diminuiu o desempenho do Mac e não produziu nenhum falso positivo em nossos testes. Andreas Marx, CEO da AV-TEST

Abaixo está um resumo do desempenho do avast!

Q: Qual produto foi testado?

A: O avast! Free Antivírus para Mac

Q: Qual versão foi testada?

A: ’9.0 (41877)

Q: Qual foi o desempenho do avast! no teste de detecção por demanda?

A: O avast! Free Antivírus para Mac atingiu o nível de 97.5%

Q: Qual foi o desempenho do avast! no teste de detecção por acesso?

A: O avast! Free Antivírus para Mac atingiu 100%

Q: Quantos falsos positivos foram relatados nos testes de detecção por demanda e por acesso?

A: Nenhum. O avast! não cometeu nenhum erro e reconheceu todos os malwares corretamente!

A AV-Comparatives é uma organização independente e sem fins lucrativos que oferece sistematicamente testes de produtos antivírus para PC e Mac, bem como soluções de segurança móvel. O teste foi realizado entre julho e agosto de 2014 e verificou o desempenho de 8 aplicativos de segurança para os OS X 10.9 Mavericks.

Os alertas de phishing e malware do avast! são muito bons. As mensagens pop-up deixam claro que a ameaça foi bloqueada e fornecem informações úteis aos usuários avançados, como o URL e o caminho do arquivo (…). O avast! Free Antivírus para Mac identificou 100% das amostras tanto com malwares para Mac quanto para Windows, além de possuir uma interface muito direta, ainda que uma funcionalidade sem igual, disse a AV-Comparatives em seu relatório

Logo abaixo você pode encontrar uma visão geral do desempenho do avast! frente à concorrência.

Resultados da AV-Comparatives

Por fim, uma figura vale mais do que mil palavras e acreditamos que o seu Mac merece! Baixe o avast! Free Antivírus para Mac aqui.

avast

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
28, agosto, 2014

A simples troca de senha pode resolver o problema de vírus no Facebook

Todo mundo há de admitir que o mundo virtual não tem mais limites, está tudo lá, aberto e exposto para qualquer um ler, assistir ou ouvir. Em alguns casos, moderações conseguem ponderar discursos de ódio, sexistas e racistas. Mas o grande problema é que muita gente ainda continua a desfilar sua “ingenuidade” em redes sociais. E isso não é só com relação às mensagens publicadas, mas  também aos links em que clicam, aplicativos que baixam e os textos que lêem.

FNATIC DDoS1

Vírus em mídias sociais rodam em ambientes totalmente diferentes do seu PC, mas também podem atacar seu computador

Constantemente, recebo perguntas de leitores desesperados que dizem ter sido “vítimas de um ataque de vírus no Facebook” e querem saber a todo custo como fazer para se livrar da praga. “Devo instalar um antivírus na minha máquina?”, foi a pergunta de um desses leitores. E a resposta foi direta: “Não! Primeiro porque o Facebook é um ambiente totalmente diferente do seu compurador e segundo porque a esta altura sem antivírus sua máquina já deve estar contaminada”.

É preciso deixar bem claro que a função principal de um antivírus é proteger seu PC de ataques. Muita gente acha que o antivírus foi criado para limpar o computador, isto na verdade vem em segundo plano, pois são trabalhos diferentes e que exigem ferramentas diferentes para funcionar; embora não há dúvidas nenhuma de que antivírus como o avast! Premier realmente podem ajudar na limpeza do computador. Entretanto, o ideal é instalar um antivírus antes de usar a máquina e não o inverso.

Mas voltando ao assunto das mídias sociais, todo site de compartilhamento de notícias e discussões online estão rodando na internet, naquele mundo virtual que ninguém pode tocar mas que todo mundo faz parte. E embora você precisa do seu computador (telefone ou tablet) para acessá-lá, a internet está em um mundo totalmente diferente do seu computador. Portanto, o seu antivírus não conseguirá protegê-lo “daquele vírus” no Facebook, pois o antivírus está protegendo a sua máquina.

Como fazer para proteger meus perfis em redes sociais?

Uma das melhores maneiras de se protejer em redes sociais é tomando muito cuidado com os links que você clica, os vídeos que você acessa e, principalmente, os aplicativos que você baixa via Facebook e outras redes sociais.

Também tome cuidado com quem você está se conectando, pois além do próprio perfil ser um spam, cibercriminosos podem facilmente coletar informações vitais para realizar ataques. Depois, seu Facebook começa a enviar spams para todos os seus amigos, os quais te escrevem desesperados dizendo: “pare de me mandar vírus”, você mais desesperado ainda escreve para mim “como posso me livrar de vírus no meu Facebook” e eu com o maior prazer respondo: “troque a sua senha”.

E é só isso? Bem, para parar com os spams sim, mas para resolver sua vida não! Além de passar a ter mais cuidado com a maneira como você surfa online, faça uma varredura completa da sua máquina para ter certeza de que ela não foi infectada através de links que você baixou nas redes sociais.

E um último detalhe: instale somente um antivírus em seu PC, pois dois softwares de segurança juntos vão se conflitar, deixando brechas para grandes ataques.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off