Protecting over 230 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘android’
26, junho, 2015

Nos carros do futuro, gadgets serão mais importantes do que aerodinâmica e rodas tala larga

Interessantíssimo o texto publicado por Ronaldo Lemos, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, na Folha de São Paulo, no último dia 25 de maio. Intitulado O futuro é dos carros conectados, o colunista explica que em breve teremos “smart carros”, assim como hoje em dia temos “smart phones”. É a tecnologia envolvendo todas as áreas do nosso dia a dia. E acredite, isto já está, parcialmente, à venda!

Ferrari2

O que te chama mais a atenção nesta imagem? A Ferrari ou a tecnologia? No futuro, sua opinião poderá ser diferente

A empresa norte-americana Tesla Motors, pioneira na fabricação de carros elétricos, já possui versões cujas algumas de suas funções mais importantes podem ser controladas via telefone, como por exemplo, o travamento das portas.

A esposa de um dos diretores da Avast possui um Tesla com este recurso e ao estacionar o veículo certa vez, só reparou que sua bolsa com o telefone estava dentro do carro após fechar a porta, que instantaneamente travou e bloqueou tudo. Ela então parou uma pessoa na rua e pediu seu telefone emprestado, baixou o aplicativo que controla esta função, destravou o veículo, desinstalou o app do telefone da pessoa desconhecida e recuperou a bolsa. Tudo isso em questão de minutos sem precisar chamar o chaveiro ou acionar o seguro.

Se isto já soa interessante, o texto de Ronaldo Lemos vai muito além, e relata a utilização de um aplicativo que poderá ajudar o dono do veículo a ganhar descontos com seguro ao monitorar se o mesmo dirige com segurança ou não. Mas o mesmo aplicativo pode ainda ser usado para aplicar multas, o que diminuiria as responsabilidades de fiscais de trânsito e deixaria muito apressadinho com a pulga atrás da orelha.

Mas mais do que isso ainda há as possibilidades de monitoramento do veículo e do dia a dia do motorista. Se você for o pai ou a mãe de um jovem adulto e quer ter certeza de que ele ou ela está dirigindo com responsabilidade, talvez este aplicativo seja uma “mão na roda”. Mas há muitas outras razões para não querer ser monitorado.

E é por isso que a necessidade da utilização de antivírus vai se tornando cada vez mais importante nos dias atuais. Ainda há uma grande inércia à ideia de se instalar produtos de segurança em telefones celulares e tablets. Talvez porque os dados que guardamos nesses aparelhos não parecem ser “tão nocivos” assim como se imagina. Afinal de contas, a planilha de Excel com os resultados dos seus negócios, os trabalhos escolares e o backup de fotos são guardados no seu PC, certo? Mas se o seu telefone for capaz de se comunicar com seu smart carro, daí é melhor começar a se preocupar um pouco mais com suas atitudes online.

Por exemplo, ainda há muita gente achando que é “exagero” se preocupar com um roteador doméstico ligado 24 horas por dia, 7 dias por semana, como pode ser visto em uma discussão no Facebook da Avast após publicarmos este texto. E isto ocorre em uma época em que mais e mais ataques de hackers estão ocorrendo via Wi-Fi privada. Aliás, há os que ainda utilizam senhas fáceis de serem descobertas para proteger seus roteadores, como 123456789, achando que nada pode acontecer…

Voltando ao texto de Ronaldo Lemos, gadgets estão ganhando cada vez mais espaço em veículos comuns ou tunados ao ponto de começarem a ter mais importância do que o design, a aerodinâmica ou a roda do possante. Ok, talvez eu esteja exagerando, mas imagina se você pudesse controlar a pressão dos seus pneus diretamente do seu celular, ou o tamanho da roda dependendo do dia? Ou se pudesse rebaixar o carro até o chão diretamente do seu tablet e voltá-lo à posição normal a qualquer momento a partir de um simples comando no aparelho?

Enfim, os gadgets que lhe permitem fazer essas mudanças ganharão mais destaque e importância no seu veículo fazendo as revistas especializadas em automóveis se tornarem verdadeiras mídias da tecnologia, de preferência dando destaque à segurança online. Eu não vejo a hora de isso acontecer! E você?

10, junho, 2015

5 perguntas a Tomáš Heřmanský, o gestor do nosso Avast Mobile Security

Tomáš Heřmanský

Tomáš entrou na Avast em março de 2014 como Gerente de Produto do Avast Mobile Security. Nascido em Čáslav, uma pequena cidade no centro da Boêmia, mudou-se para Praga para fazer o ensino médio e tinha planos para estudar na Academia de Polícia da República Checa. Depois de algum tempo, Tom decidiu que queria estudar e trabalhar com tecnologia. Depois de ganhar experiência trabalhando em uma startup Checa, em trabalhos como freelancer e lançando-se a abrir a sua própria empresa focada no gerenciamento de documentos na nuvem, Tom juntou-se à equipe móvel do Avast. Nos seus tempos livres, Tom gosta de fazer escaladas, fazer ciclismo, escrever e consertar o seu Škoda 1000 MB.

1. Qual é a meta da equipe móvel do Avast?

Queremos nos tornar o desenvolvedor de aplicativos móveis mais confiado do mundo, permitindo que os nossos usuários vivam tranquilamente e com mais facilidade a sua vida digital.

2. Quem ou o que ajuda você com novas e criativas ideias?

Meus colegas são uma grande inspiração para mim. Aí está uma coisa da qual eu realmente gosto de trabalhar na Avast: qualquer um e todo mundo têm novas ideias para se juntar a um brainstorm. Nós somos um grande think tank. :)

3. O que todo usuário deveria saber sobre o seu aparelho móvel?

Os usuários devem tomar consciência dos riscos que o malware móvel traz para os seus dados e informações pessoais. Ainda que seja menos provável que o malware móvel bloqueie o uso do aparelho como pode acontecer com um PC, os aplicativos maliciosos podem descobrir e roubar muitas informações pessoais. Mesmo aplicativos que não são maliciosos (geralmente aplicativos gratuitos) podem ter acesso a muitas informações pessoais. Quanto mais informações pessoais forem compartilhadas, maior a chance de que a privacidade do usuário seja comprometida.

4. Qual é a sua dica de segurança favorita?

Seja muito cuidadoso ao se conectar a redes WiFi públicas e gratuitas. Sniffing (ou monitoramento dos dados do tráfego em uma rede) pode ser utilizado para roubar informações e é muito fácil que os hackers consigam isto. Você deveria ter o maior interesse em utilizar uma rede privada virtual (VPN) quando se conectar a redes inseguras.

5. Qual é a sua meta pessoal dentro da Avast?

Eu quero ver o Avast Mobile Security (AMS) se tornar o aplicativo mais popular que forneça aos usuários uma visão global direta e fácil das permissões de cada aplicativo. O AMS é um aplicativo extremamente versátil e de grande potencial. Eu sonho que ele se torne um verdadeiro “anjo da guarda” para os usuários, protegendo-os contra os malwares móveis e permitindo que se familiarizem com os aplicativos que utilizam todos os dias.

A equipe móvel do Avast organizou em Praga o segundo ciclo de debates sobre tecnologia móvel, onde toda a equipe se reuniu para rever os aplicativos e produtos da empresa, as atividades da equipe e as metas do departamento. Uma série de palestras e atividades interativas potencializaram a colaboração e a sinergia entre todos. Além disso, a equipe móvel ainda encontrou tempo para se divertir. Parabéns pelo seu produtivo evento!

8, junho, 2015

BYOD aumenta a necessidade de proteção antifurto

Smartphones e tablets

BYOD é muito conveniente, mas pode complicar tudo se os funcionários perderem os seus aparelhos. Proteja-os com o Avast Anti-Theft.

Os pequenos empresários gostam da ideia de que os funcionários forneçam os seus próprios computadores, smartphones e tablets para as suas tarefas profissionais. Mas a poupança e a conveniência podem ir por água abaixo se eles caírem na armadilha de um email de phishing ou baixarem vírus… ou perderem os seus aparelhos. Proteger os aparelhos móveis passou a ser uma prioridade do Bring Your Own Device (BYOD).

É óbvio que medidas de segurança para proteger as informações são importantes. Contudo, muitos incidentes de segurança estão relacionados ao roubo ou perda do equipamento.

Podemos escrever vários artigos sobre as políticas BYOD e ensinar os seus funcionários sobre as últimas ameaças e as fraudes que os cibercriminosos cometem (spearphishing, por exemplo), e tudo isto é extremamente importante. Mas, se você simplesmente perder o seu aparelho, perderá todas as apostas. Você pode evitar dores de cabeça caso os aparelhos sejam perdidos ou roubados simplesmente através de um recurso de localização remota do aparelho e o apagamento dos seus dados antes de que sejam mal utilizados.

O Avast Anti-Theft permite que os usuários entrem em sua conta online ou utilizem o telefone de um amigo para localizar remotamente o seu aparelho, além de bloqueá-lo, ativar um alarme ou apagar completamente os seus dados.

Aprenda 5 maneiras de resgatar seu Android após roubo ou perda.

Os empresários também precisam ter em conta o que fazer com os dados profissionais e corporativos que um funcionário leva consigo em seus aparelhos quando são desligados ou deixam a empresa. Algumas empresas obrigam o apagamento completo dos aparelhos pessoais, mas isto incluirá os contatos, fotos pessoais, aplicativos e músicas, que podem levar a processos e reclamações trabalhistas. Existem sistemas para o gerenciamento de dispositivos móveis (MDM), mas podem ser proibitivos para pequenas empresas.

Se você tiver poucos empregados e não precisar de um gerenciador completo de dispositivos móveis, instale o Avast Anti-Theft gratuitamente da loja Google Play para proteger o seu aparelho e o dos seus funcionários.

6, junho, 2015

Computadores precisam de antivírus. Smartphones não. Certo?

Mulher utilizando smartphone

O seu smartphone significa muito para você: proteja-o contra hackers e ladrões com o Avast Mobile Security

É muito comum encontrar pessoas que estão preocupadas com os vírus e os malwares para Windows que dizem: “Bem, o meu computador está protegido com o Avast Antivírus, mas isto não é preciso nos nossos smartphones e tablets”.

Há mais de 230 milhões de usuários do Avast Antivírus e “apenas” 60 milhões de usuários Android do Avast Mobile Security. A cada segundo, muitos mais aparelhos móveis são vendidos do que desktops e notebooks juntos. Por que as pessoas não estão preocupadas com a segurança dos seus smartphones assim como estão dos seus desktops?

Escrevemos recentemente sobre uma pesquisa do AV-Comparatives que mostra que o Avast Mobile Security é a escolha número 1 dos usuários de Android. Nela mostramos que os usuários Android nos Estados Unidos protegem os seus telefones mais do que ninguém: 31% dos que responderam à pesquisa têm proteção nos seus smartphones. Na América do Sul, Ásia e Europa, o número de pessoas é muito menor: 17%.

E os outros usuários do Android?

- Você está consciente de que o malware para aparelhos móveis está crescendo?

- Você se dá conta que (muito provavelmente) têm muito mais informações pessoais no seu smartphone do que no seu PC? Como fotos, selfies, contatos, vídeos e também informações bancárias e financeiras?

- O que aconteceria se um dos seus aplicativos estiver utilizando as suas informações pessoais contra você, como o aplicativo pornográfico que furou a barreira do Google Play imitando o popular Dubsmash que descobrimos recentemente?

O seu aparelho Android precisa de proteção

O Avast Mobile Security e um aplicativo completo para a proteção Android. Está completamente focado em funções de segurança e privacidade.

Talvez você tenha um amigo ou a sua namorada que deveriam estar lendo isto… Aproveite a oportunidade para apresentá-los ao Avast Mobile Security e ensine algumas dicas sobre segurança móvel. Talvez vejamos um mundo melhor protegido se reduzissemos o número de aparelhos desprotegidos e os cibercriminosos tivessem mais trabalho para roubar dos inocentes. Baixe o Avast Mobile Security gratuitamente na Google Play.

Ganhe o Avast Mobile Premium de graça

Na última atualização do Avast Mobile Security, acrescentamos um programa de recomendação para que você possa indicar o Avast Mobile Security aos seus amigos e familiares. Você não só estará recomendando o melhor aplicativo de segurança disponível na Google Play, mas também será recompensado por isto: você pode ganhar o Avast Mobile Premium por até três meses de graça!

Veja como funciona: Para cada 5 amigos que você enviar um SMS recomendando o Avast, você ganhará um mês de graça do Avast Mobile Premium. Legal, né?

Faça uma boa ação hoje: diga a alguém que você se preocupa que os smartphones e tablets tenham um aplicativo de segurança instalado e atualizado.

25, maio, 2015

Como encontrar a melhor proteção para o seu Android: testes independentes.

Recentemente, falamos sobre malware dentro da Google Play e também alertamos você sobre a ressurreição do Simplocker, um perigoso ransomware que retorna em outra onda de ataques. Felizmente, você está convencido(a) de que precisa procurar um aplicativo de segurança confiável para o seu aparelho Android. Não estamos seguros sem ele!

AV-Test do Avast Mobile SecurityNo entanto, como ter certeza de que o meu aplicativo de Segurança está fazendo o trabalho correto e completo?

Algumas pessoas duvidam das conversas dos marqueteiros e sites de vendas, mas sabemos que você não pode sair testando todo aplicativo ou entrando nas profundezas da internet para saber se o aplicativo realmente funciona. É por isso que o Avast prefere submeter os seus produtos a empresas de auditoria terceirizada que são os laboratórios de testes independentes.

AV-TEST testa o Avast Mobile Security ao máximo

O AV-TEST é um conhecido laboratório de testes de segurança móvel. Recentemente, eles testaram 31 aplicativos de segurança móvel para Android com o foco em “detecção de malware e facilidade de uso, além de desempenho e geração de poucos falsos positivos”.

Eles utilizaram 2.950 malwares diferentes e o Avast Mobile Security bloqueou 100% deles. O conjunto de malwares escolhidos era muito recente: o malware disseminado nas últimas 4 semanas.

Quer mais?

O Avast Mobile Security não cometeu nenhum erro ao testar os 1.932 aplicativos limpos e legítimos da Loja Google Play e 981 outros aplicativos de outras lojas de aplicativos.

O melhor dos dois mundos: proteção e facilidade de uso

Além disso, toda esta proteção, de acordo com o AV-TEST, não tem “impacto sobre o tempo de vida da bateria” nem “torna lento o aparelho durante o seu uso normal”, mais ainda: “não gera muito consumo de tráfego da internet”.

O Avast Mobile Security recebe a certificação do AV-TEST.

O Avast Mobile Security recebe a certificação do AV-TEST.

O laboratório de testes independentes deu o seu ok para todas as outras funções de segurança que você encontra no Avast Mobile Security:

  • Anti-Theft (antifurto) para bloquear remotamente, apagar e localizar o seu aparelho perdido ou roubado. Obs.: para aqueles de vocês que não deixam as atualizações automáticas da Google Play ligadas, por favor, atualizem assim que possível para manter o seu Anti-Theft funcionando com todo o seu poder.
  • Bloqueador de chamadas de um número específico ou de números desconhecidos e um filtro SMS para bloquear conteúdo indesejado.
  • Navegação Segura que protege contra sites maliciosos e/ou falsos (phishing).
  • Backup dos seus dados pessoais na nuvem.
  • Firewall que controla as suas conexões em 3G/4G/WiFi/Roaming.
  • Medidor de Rede que lhe permite entender o consumo do seu plano de dados.

Não quer experimentar? Você pode baixar o Avast Mobile Security gratuitamente na Google Play.

Comments off
22, maio, 2015

Recurso de segurança garante as suas conexões de rede tanto em locais públicos como em casa

Função de segurança WiFi protege as suas conexões de rede tanto em locais públicos como em casa

Proteja as suas conexões WiFi com a função de segurança do Avast.

A função de Segurança WiFi está disponível aos usuários Android dentro do aplicativo Avast Mobile Security bem como no Avast SecureMe para iOS. O trabalho desta função é escanear as conexões WiFi e alertar você caso encontre algum problema de segurança: roteadores com senhas fracas, redes sem fio inseguras e roteadores com falhas que podem ser aproveitadas por hackers.

Descobrimos que 22% dos nossos usuários utilizam a função de Segurança WiFi, o que faz dela a segunda função mais utilizada no Avast Mobile Security.

“O Avast SecureMe e o Avast Mobile Security oferecem uma solução simples, com um único toque, para descobrir redes seguras onde estamos protegidos de ter os nossos dados pessoais roubados”, disse Jude McColgan.

O escaneamento da Segurança WiFi informa você se algum problema for detectado

De todos os nossos usuários que testaram a função Segurança WiFi, mais de 10% descobriram algum tipo de problema, como o uso de senhas não criptografadas ou um roteador fraco que pode sofrer ataques. A função de Segurança WiFi verifica no momento 4 elementos chave:

  • Redes sem fio não criptografadas e, portanto, inseguras
  • Redes com criptografia fraca
  • Senhas fracas nos roteadores
  • Roteadores com problemas de segurança conhecidos

Qual o risco dos meus dados pessoais serem roubados?

Se você utiliza uma rede WiFi insegura (leia-se pública, aberta ou gratuita) quando entra no seu banco, por exemplo, os ladrões podem capturas as suas credenciais de login e utilizá-la para fraudes. Em redes WiFi desprotegidas, os ladrões também podem ver os seus emails, o seu histórico de navegação e os seus dados pessoais, a menos que você utilize uma conexão segura e criptografada como uma rede privada virtual (as famosas VPN). Veja o nosso experimento mundial de hacking WiFi para descobrir quão disseminado é o problema.

A Segurança WiFi oferece duas soluções para proteger contra o ataque de malwares

Depois que a função Segurança WiFi Security escaneou o seu aparelho e descobriu algum problema, você verá duas opções:

1) Abrir o Avast SecureLine VPN

2) Clicar no botão ‘Como resolver’

A primeira das duas opções está pensada para ser utilizada ao se conectar com redes públicas. É o ideal para cafeterias, aeroportos e hotéis. Da mesma forma, os usuários podem escolher esta opção para solucionar ameaças que foram detectadas em sua própria rede em casa. Neste último caso, você será redirecionado ao site do Avast para configurar o seu roteador de forma segura.

A Segurança WiFi informa você caso algum problema de Segurança for detectado A função oferece duas soluções para os problemas detectados Guiaremos você por um processo de segurança do seu roteador no site do Avast

Como obter a função de Segurança WiFi no meu aparelho?

O Avast SecureMe estará disponível em breve na Loja iTunes. Antes de ser lançado, o aplicativo estará em fase de testes beta através de convites. Por favor, registre-se aqui e a equipe do SecureMe irá entrar em contato com você.
Se você já baixou o Avast Mobile Security para Android então já pode começar a utilizar a função de Segurança WiFi (você encontrará o botão “Segurança WiFi” no painel do aplicativo). Para aqueles que ainda não baixaram o Avast Mobile Security, ele está disponível na Loja Google Play.

Comments off
20, maio, 2015

O Avast Mobile Security é a escolha número 1 dos usuários de Android

O aplicativo de segurança mais popular em todo o mundo é o Avast Mobile Security.

Na sua pesquisa anual, a IT Security Survey, a AV – Comparatives perguntou qual a solução de segurança antimalware móvel que você usa em primeiro lugar no seu smartphone?

O Avast ficou em 1º ou 2º lugares em quatro continentes: Europa, América do Norte, Ásia e Américas Central/Sul.

O Avast Mobile Security é a proteção Android número 1.

Não pise na bola! Proteja o seu Android com o Avast Mobile Security.

É grande o risco de infecção de um smartphone Android?

O risco de um smartphone Android ser infectado depende de uma série de fatores. Nos Estados Unidos e na Europa, a maioria das pessoas utiliza as lojas oficiais (como a Google Play) para instalar os seus aplicativos. O risco é muito menor do que em países asiáticos, especialmente a China, onde as lojas de aplicativos não estão sobre um controle tão rigoroso. Por causa destas lojas não oficiais e, simultaneamente, devido à presença de vários telefones roteados, a chance de instalar um aplicativo perigoso aumenta significativamente.

Na Ásia, o smartphone é frequentemente utilizado substituindo o desktop. As pessoas utilizam-no muitas vezes para entrar no seu banco (o que os torna vulneráveis ao Trojan ZeuS. O Zeus é geralmente disseminado através de um link ou de um anexo em um email phishing ou através de mensagens de texto via WhatsApp, SMS ou Twitter. Esta ameaça cresce da mesma forma na Europa e nos Estados Unidos, pois os aplicativos bancários se tornam cada vez mais populares.

Uma grama de prevenção vale mais do que um quilo de cura

O Laboratório de Vírus do Avast tem mais de um milhão de malwares móveis diferentes em seu banco de dados e detecta 2.850 novas ameaças móveis a cada dia. A situação pode piorar rápida e dramaticamente. Por isso, o melhor é utilizar uma proteção preventiva e instalar um software de segurança no seu smartphone. No momento, proteger seus dados caso o seu telefone seja perdido ou roubado é ainda mais crítico do que a proteção contra malwares.

A pesquisa da AV-Comparatives revelou que os usuários Android na América do Norte protegem os seus telefones mais que todo o resto do mundo. Mesmo assim, são apenas 31% dos que participaram na pesquisa. Na América do Sul, Ásia e Europa, estes números são ainda mais baixos: 17%.

Proteja o seu smartphone e tablete Android com o Avast Mobile Security e o Avast Anti-Theft: ambos são gratuitos na loja Google Play.

Comments off
15, maio, 2015

Como prolongar o tempo da bateria do seu telefone

Como utilizar os produtos Avast Se você tem um smartphone, você está basicamente levando um notebook de bolso com uma câmera e um telefone. A diminuição dos componentes eletrônicos permitiu que funções avançadas pudessem estar presentes em pequenos aparelhos, mas, o ponto fraco passou a ser a bateria que eles possuem. A tecnologia da bateria ainda precisa crescer muito para alcançar o crescimento das funções dos aparelhos eletrônicos.

Para onde vai toda esta energia?

A energia para manter um equipamento funcionando todo o dia depende do que você faz com ele, além é claro, do seu sistema operacional, configurações e conexões de rede (WiFi, CDMA/GSM, 2G/3G/4G), mas os fabricantes de bateria dizem que as típicas baterias de lítio (Lithium-ion) fornecem até 10 horas de conversa ao telefone ou até 300 horas em espera (standby).

Os aplicativos são quem consomem a bateria. Eles permanecem funcionando em segundo plano, em contato com os seus servidores, rastreando onde você está e esperando pelos sinais de rede. WiFi, Bluetooth e GPS utilizam energia procurando por roteadores e satélites, ou outros aparelhos Bluetooth. A tela utiliza muita energia também, especialmente no brilho máximo ou ao utilizar aplicativos gráficos como, por exemplo, os jogos.

O meio ambiente também sofre um impacto com as baterias de lítio. As baterias estão em estado de stress quando expostas a temperaturas acima de 30°C/86°F. O calor diminui a sua capacidade e, embora lenta, é uma perda que não pode ser recuperada. Por outro lado, o frio pode diminuir o fluxo de eletricidade, deixando o seu aparelho sem reação.

Quando eu devo trocar a minha bateria?

A sabedoria popular diz que você provavelmente precisa de uma nova bateria a cada ano. Fatores como os ciclos de carregamento e descarregamento, exposição a altas temperaturas e o simples passar do temo diminuem o rendimento das baterias.

Os fabricantes dizem que o tempo de vida da maioria das baterias de lítio está entre 300 e 500 ciclos. Além disto, as baterias diminuem abaixo de 50% da sua capacidade original.

Se você percebe que a sua bateria diminui rapidamente, não consegue atingir um carregamento completo, ou fica mais quente do que deveria, então provavelmente chegou a hora de trocar a bateria do seu telefone.

Como poupar a bateria?

Battery SaverTodo mundo sabe que leva horas para carregar uma bateria de lítio e, dependendo do seu uso, ela não dura o dia inteiro. Aqui estão algumas dicas para poupar bateria:

  • Utilize o nosso aplicativo gratuito Avast Battery Saver para otimizar as configurações do telefone com “perfis inteligentes” que se ativam automaticamente baseados no horário, local e no nível de bateria. Isto pode lhe poupar até 20% da carga.
  • Evite descarregar completamente a bateria e carregue-a mais frequentemente.
  • Não a exponha a altas temperaturas, especialmente ao calor. Não deixe o seu telefone dentro de um carro exposto ao sol. Uma temperatura ambiente confortável é a melhor para a bateria.
  • Diminua o brilho da sua tela. Você pode experimentar, mas qualquer ponto acima de 50% já se pode ler. Alguns telefones permitem o auto ajuste.
  • Desligue, quando possível, as vibrações, os sons, o flash da sua câmera e a luz de LED frontal.
  • Mantenha os seus aplicativos atualizados. As atualizações frequentemente melhoram o consumo da bateria, tornando os aplicativos mais eficientes.
  • Quando estiver em áreas sem cobertura de celular, coloque o aparelho no modo avião ou até o desligue completamente. Caso contrário, o telefone continuará procurando por sinal e isto consome a bateria.
  • Diminua, quando necessário, as atividades gráficas como os jogos ou assistir vídeos.
  • Desligue a WiFi, o Bluetooth e o GPS quando não precisar deles.

Leia mais sobre o Avast Battery Saver, Medo e desconhecimento na Google Play: uma análise mais profunda dos atuais aplicativos de limpeza e poupança de bateria.

O futuro das baterias dos smartphones

A corrida por fabricar uma bateria segura, barata e de longa duração já começou. Com o aparecimento dos carros elétricos, dispositivos que se vestem e a Internet das Coisas em nossas casas, os inventores, os cientistas e os empresários estão procurando uma forma de solucionar este problema. A nova geração de baterias pode ser construída com eletrodos de silício, ou servir-se do oxigênio para se recarregar, ou até serem orgânicas.

Há algumas semanas, uma bateria de alumínio super-rápida (carregamento em 1 minuto!) e com uma grande capacidade de armazenamento de energia foi anunciada pela Universidade de Stanford. Esta bateria de baixo custo, durável (é capaz de mais de 7.500 ciclos sem perda de capacidade) ainda não está pronta para ser produzida em grande quantidade, mas, sem dúvida, é uma esperança.

Até chegar este momento, utilize o Avast Battery Saver: o aplicativo gratuito que prolonga a vida da bateria do seu telefone.

Comments off
6, maio, 2015

Desligou as atualizações automáticas do Android? Atualize manualmente o Anti-Theft para continuar protegido.

Não se esqueça

Lembre-se de atualizar o Avast Anti-Theft se você desligou as atualizações automáticas.

Atenção: as novas funções alteram a capacidade dos comandos remotos das antigas versões do Avast Anti-Theft. Atualize manualmente o Anti-Theft para continuar protegido.

Devido às mudanças introduzidas nas notificações do Android, as versões anteriores do Avast Anti-Theft não vão conseguir receber os comandos da sua conta my.avast.com. Se os seus aplicativos são atualizados automaticamente pela Google Play, não é preciso fazer nada, você pode utilizar o Anti-Theft normalmente. No entanto, se você desligou as atualizações automáticas, por favor, atualize manualmente o Avast Anti-Theft para a última versão. Isto permitirá a você controlar remotamente o seu aparelho através da conta do Avast. Os comandos enviados por SMS continuarão a funcionar como sempre, bem como os dados enviados à sua conta do Avast.

Como utilizar o Avast Anti-Theft para recuperar o meu aparelho Android perdido?

Durante a configuração inicial do Avast Anti-Theft você forneceu o número de telefone de um ou dois amigos. Se você não fez isto, faça agora. O artigo instalação e configuração do Avast Anti-Theft mostra os passos necessários.

Você pode utilizar o telefone de um amigo para receber um SMS do Avast Anti-Theft caso o seu aparelho esteja perdido ou tenha sido roubado, ou para recuperar a sua senha (PIN) do Avast caso você a tenha esquecido.

Geralmente, a primeira coisa que um ladrão faz é trocar o cartão SIM. Quando o Anti-Theft detecta uma mudança do cartão, ele bloqueia o telefone e envia todos os detalhes via SMS para o(s) seu(s) amigo(s) configurados para isto dentro do aplicativo.

Assim que você atualizar o seu aplicativo, você poderá rastrear e controlar remotamente o seu aparelho através de comandos SMS enviados pelo telefone do(s) seu(s) amigo(s) ou através da sua conta do Avast. Todos os comandos SMS começam com a sua senha. Por exemplo, se você tiver configurado a senha 2222, o comando para bloquear o telefone será: 2222 LOCK.

Você pode encontrar todos os comandos SMS na página do Avast Free Mobile Security.

28, abril, 2015

Aplicativo pornográfico furou a barreira do Google Play imitando o popular aplicativo Dubsmash: 100.000 a 500.000 infectados

Muita gente, desde celebridades como Lena Dunham e Hugh Jackman, está utilizando o sétimo aplicativo mais popular da Google Play neste momento: Dubsmash. Dubsmash é um aplicativo com mais de 10 milhões de instalações na Google Play que permite aos usuários escolher um som, gravar um vídeo e enviar aos seus amigos ou através das redes sociais. O Dubsmash não é apenas altamente popular entre adolescentes e celebridades, mas o aplicativo também chamou a atenção dos criadores de malware.

[Conteúdo adulto]
Google removeu o falso aplicativo após o alerta do Avast

Os técnicos do Avast descobriram o “Dubsmash 2″ (cujo nome do pacote era “com.table.hockes”) na Google Play e, não, não é uma versão melhorada do aplicativo original. O aplicativo é um chamado “clicador de pornografia” e foi instalado entre 100.000 e 500.000 vezes na Loja Google Play. Os técnicos contataram a Google quando descobriram que o aplicativo era falso e removeram rapidamente da Loja Google Play. Depois que o aplicativo era instalado, não ficava nenhuma evidência de um aplicativo chamado “Dubsmash 2″ estivesse no aparelho do usuário. No lugar dele aparecia o ícone de uma aplicativo chamado “Setting IS”. Este é um truque comum dos criadores de malware para tornar mais difícil ao usuário descobrir que aplicativo está causando problemas. E isto já devia ser um alerta ao usuário de que algo errado está acontecendo. O ícone “Settings IS” parece-se muito com o das Configurações do Android.

As atividades do malévolo aplicativo podem ser disparadas de duas formas. A primeira é simplesmente clicando em “Settings IS” e a segunda, que acontece somente se o usuário ainda não abriu o aplicativo, através do componente BroadcastReceiver dentro do aplicativo. O BroadcastReceiver monitora a conectividade da internet no aparelho e se notar que o aparelho foi conectado à internet, inicia suas “verdadeiras” funções.

Se o aplicativo “Settings IS” for aberto pelo usuário, a Loja Google Play irá abrir a página do verdadeiro “Dubsmash”.

[Conteúdo adulto]
O ícone do falso aplicativo parece-se muito com o das Configurações do Android

Uma vez ativado, o aplicativo envia um pedido HTTP GET para um endereço (URL) codificado. Se o pedido retornar um código “1″, dois serviços serão iniciados: MyService e Streaming. Utilizando este método, o autor pode efetivamente desligar remotamente o início dos serviços.

O serviço MyService começa apagando o ícone do aplicativo “Settings IS” da página inicial do aparelho e agenda uma tarefa a ser executada sorrateiramente a cada 60 segundos no aparelho, o que significa que o usuário nunca saberá que algo está acontecendo. A tarefa irá baixar uma lista de links de vários sites pornográficos de um endereço criptografado armazenado dentro do aplicativo, junto com um código de execução em JavaScript. Um dos links pornográficos da lista abriu o navegador e, depois de 10 segundos, o código JavaScript (também baixado de um URL criptografado) foi executado, clicando automaticamente em mais links do site pornográfico. Se a figura abaixo for mostrada, a função abriu um link aleatório daquela página.

[Conteúdo adulto]
O desenvolvedor provavelmente ganhou dinheiro a cada clique na propaganda.

O segundo serviço, o Streaming, tinha uma estrutura muito similar ao MyService e também estava agendado para ser executado a cada 60 segundos. A principal diferença do MyService, é que os usuários poderiam descobrir as tarefas do serviço, pois não eram executadas em segundo plano. A tarefa verificava as mudanças do endereço IP ou na data do aparelho. Se foram alterados, um vídeo era aberto no aplicativo YouTube. O aplicativo YouTube precisa estar instalado no aparelho para que a função funcione corretamente. O endereço do vídeo também era obtido de um URL criptografado.

code_screen_1

Os endereços (URLs) criptografados utilizados pelo aplicativo

Depois de decodificar e analisar profundamente os URLs e o vídeo do YouTube, o Laboratório de Vírus do Avast chegou à conclusão que provavelmente o malware foi originado na Turquia. O nome do desenvolvedor mostrado na Google Play e no YouTube pareciam mostrar o mesmo.

Os técnicos suspeitam que o desenvolvedor do aplicativo utilizou o método de “clicar na pornografia” para obter vantagens financeiras. Através dos cliques em várias propagandas dos sites pornográficos, o desenvolvedor do aplicativo provavelmente recebeu diariamente uma quantia dos que fizeram as propagandas naqueles sites.

Além de ser indesejado pelo usuário, mas basicamente inofensivo e menos sofisticado do que outras famílias de malwares como a Fobus ou o Simplocker, este aplicativo mostra que, apesar das medidas que estão sendo tomadas, aplicativos podem enganar os usuários e infiltrar-se dentro da Loja Google Play.

Se você instalou o Dubsmash 2 (cujo pacote se chamava “com.table.hockes”), você pode desinstalar o aplicativo indo às Configurações > Aplicativos > encontrando “Settings IS” e depois desinstalando o aplicativo.

O Avast Mobile Security detecta esta ameaça como Android:Clicker. SHA-256: de98363968182c27879aa6bdd9a499e30c6beffcc10371c90af2edc32350fac4

Jan Piskáček, autor da descoberta, contou com a ajuda de Nikolaos Chrysaidos nesta análise.

Comments off