Protecting over 230 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Technology’
12, dezembro, 2014

Como desativar o IPv6 nas configurações do seu roteador

A sua rede WiFi não está segura

A sua rede WiFi não está segura

Depois dos artigos que já publicamos nas últimas semanas, você já deve estar convencido que as vulnerabilidades do roteador são uma das maiores preocupações na segurança de uma rede. Como você já sabe, o novo Avast 2015 inclui uma função de proteção chamada Segurança da Rede Doméstica (SRD), que escaneia a sua rede e o seu roteador à procura de falhas e para prevenir ataques.

Um problema grave acontece quando o IPv6 (Internet Protocol versão 6) está habilitado (tanto em seu fornecedor de acesso à internet quanto no roteador), mas, simultaneamente, não está sendo utilizado um firewall para o IPv6. Isto significa que qualquer pessoa na internet pode acessar os aparelhos conectados à sua rede (como impressoras, discos de rede, etc.). Isto é frequente porque os roteadores são aparelhos pequenos, com um hardware que não dá suporte ao firewall do IPv6.

A maior vantagem do IPv6 sobre o IPv4 é o seu maior espaço para endereços: ele permite 2128 ou aproximadamente 3.4×1038 endereços (ou sites), o que é um número enorme! Além de oferecer mais possibilidades de endereços, o IPv6 também implementa funções que não estão presentes no IPv4: isto simplifica a atribuição de endereços, a renumeração da rede e o processamento dos pacotes.

De fato, um firewall IPv6 necessita de um considerável poder de processamento e memória (RAM), por isso, não há esperança de que muitos dos roteadores mais baratos adicionem esta funcionalidade (ou que ela não funcione integralmente).

Mas mitigar o problema é relativamente simples: desabilite o IPv6 no roteador. Na maioria dos casos, isto não trará nenhum impacto sobre os outros serviços, a menos que eles exijam o IPv6 (e, neste caso, será melhor trocar o roteador por outro melhor, um que seja certificado para IPv6).

O Avast Internet Security e os produtos Premium fornecem suporte completo ao IPv6 para o seu computador em seu firewall. Lembre-se, no entanto, que os outros aparelhos – como discos de rede que estejam conectados ao roteador – não estarão protegidos.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

10, dezembro, 2014

Como alterar as configurações de DNS do seu roteador e evitar hackers

Se o seu roteador doméstico estiver hackeado, você tem um sério problema em suas mãos.

Quando o escaneamento de Segurança de Rede Doméstica do Avast encontra algo comprometido em seu roteador, uma notificação semelhante a esta irá aparecer:

A sua rede WiFi não é segura

A sua rede WiFi não é segura

Isto significa que o roteador foi hackeado e as configurações do DNS foram modificadas por um cibercriminoso. Esta é uma das situações mais graves. Quando hackers se aproveitam das falhas do roteador, conseguem acesso a ele e modificam as configurações dos servidores DNS, todo o seu tráfego da internet pode ser redirecionado para servidores falsos. Isto se chama ataque man-in-the-middle.

O DNS ou Domain Name System é a “lista telefônica” da internet ou de uma rede privada. Ele traduz os endereços que podem ser facilmente memorizados, por exemplo, www.example.com, para endereços numéricos únicos chamados IP que são necessários para localizar o serviço em algum lugar do mundo.

O que acontece quando o seu roteador é hackeado?

Em vez de se conectar a um site ou serviço limpo, quando o seu roteador está hackeado, você será levado a um site ou serviço falso, hackeado. É óbvio que a sua privacidade será violada e todas as suas informações bancárias e financeiras poderão ser capturadas (através do ataque man-in-the-middle mencionado anteriormente). Mesmo o geralmente seguro SSL (o protocolo HTTPS que nós aprendemos a verificar se aparecem em um site seguro), não garante a sua proteção. Em vez disso, você será conduzido a servidores maliciosos e a conexão criptografada é cortada no meio. Esta ilustração mostra o que acontece.

 

A sua rede WiFi não é segura

Fonte: http://www.cert.pl//news/8019/langswitch_lang/en


 
Isto pode acontecer também se o seu roteador estiver configurado com uma senha padrão/fraca. Por isso, o pior cenário de hackeamento não é tão incomum. Leia as notícias recentes sobre o hackeamento de webcams porque os seus donos utilizam senhas padrão. Vincent Steckler, CEO da Avast, informou que os consumidores, com uma assustadora frequência, não alteram as senhas padrão, exatamente como eu estou dizendo aqui. Algo como 63% dos roteadores wireless estão com as suas senhas de fábrica, disse Steckler.

O problema vai além de um único usuário ou um único aparelho. Os efeitos maliciosos podem se espalhar para todos os usuários da rede local, independente do sistema operacional que estiver sendo utilizado.

Como se proteger contra esta praga?

Primeiro, utilize a função Segurança da Rede Doméstica para escanear a sua rede doméstica e verificar se o seu aparelho está comprometido. Se o Avast alertar você, já será muito tarde. Você já foi hackeado. Você precisa verificar manualmente os servidores DNS nas configurações do roteador.

Por padrão, o seu roteador utiliza os servidores DNS obtidos automaticamente do seu provedor de internet. Todos os aparelhos na sua rede (PCs, smartphones, tablets, consoles de jogos, e tudo o que estiver conectado à rede — obtém o seu servidor DNS do roteador. Você pode alterar o servidor DNS no seu roteador, corrigindo todos os aparelhos da sua rede.

Há vários artigos na internet sobre a troca de DNS. Aqui está um da howtogeek.com.

Você também precisa prestar atenção à barra de endereços do seu navegador. O indicador HTTPS deve estar lá o tempo todo. Se ele vai e vem, você já pode estar comprometido. Nestes casos, ou quando você detecta outros sintomas estranhos, desative a sua conexão com a internet e troque imediatamente o nome do usuário e a senha do roteador (consulte o manual do seu roteador para mais informações).

Mas, você foi alertado, nada disso será suficiente se o roteador for vulnerável, e o hacker não precisará de muito tempo para voltar a alterar as configurações. Será preciso atualizar o seu roteador (atualização de firmware, como é chamada) ou até mesmo substituí-lo por outro um melhor (como está descrito em outro artigo do nosso blog.

 
Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

8, dezembro, 2014

Como atualizar o seu roteador ou trocá-lo por um mais seguro

É difícil de aceitar que fizemos uma compra ruim ou que um aparelho ficou obsoleto. Mas quando o assunto é segurança da sua rede doméstica, chegou a hora de enfrentar o assunto.

No mês de fevereiro, Craig Young, um pesquisador da empresa Tripwire, publicou uma pesquisa mostrando que 80% dos 25 roteadores WiFi mais vendidos na loja da Amazon para residências e pequenas empresas (em inglês, conhecidas pela sigla SOHO, small office/home office) tinham vulnerabilidades. Devido ao fato que alguns roteadores, de fato, têm muitos problemas (falhas não corrigidas por atualizações), a forma mais fácil de proteger a sua rede doméstica é trocar o roteador por um modelo seguro.

A sua rede WiFi não está segura

A sua rede WiFi não está segura

Como atualizar o seu roteador

Mas não vamos gastar dinheiro ainda. Somente quatro das vulnerabilidades da pesquisa eram completamente novas. A maioria foi atualizada nos modelos mais novos, por isso, você deve primeiro pesquisar se existem atualizações para o roteador (chamadas “atualizações de firmware”). Alguns fabricantes mais responsáveis lançam atualizações para o controle dos seus aparelhos e, se forem aplicadas, podem resolver todas (ou pelo menos algumas) das vulnerabilidades conhecidas.

Os roteadores não executam atualizações automáticas, por isso, o processo exige que o usuário baixe e instale manualmente as atualizações. O Avast 2015 inclui um escaneamento de Segurança da Rede Doméstica que pode ajudar você a descobrir o que é preciso fazer, explica o porquê e pode enviar você diretamente para o site do fabricante do roteador.

Abra a interface de usuário do Avast e clique em Escaneamento no menu à esquerda, escolha então Escanear ameaças de rede. O Avast irá procurar no seu roteador e informar qualquer problema. Na maioria dos casos, se houver um problema a ser corrigido, você será redirecionado para o site do fabricante do seu roteador.

Sim, há um ataque do Papai Noel ao roteador

Se você não está convencido de que os ataques ao roteador são algo a se preocupar, pense no ataque que houve no início deste ano. Os criminosos alteraram remotamente as configurações DNS de mais de 300.000 roteadores domésticos e de pequenas empresas (SOHO), comprometendo as vítimas.

Entre as várias vulnerabilidades ainda existentes, há uma que é muito comum. É chamada de ROM-0 e permite que o hacker obtenha facilmente o controle sobre todo o roteador e, consequentemente, sobre a sua conexão com a internet. Resumidamente, o hacker pode fazer uma requisição ROM-0 através do protocolo HTTP (isto é, http://192.168.1.1/ROM-0) e depois pode baixar todos os dados importantes e secretos armazenados no roteador: seu login e senha ADSL, senhas WiFi e basicamente todos os seus dados de configuração.

Como evitar que hackers baixem o seu arquivo de configuração ROM-0 e gerenciem remotamente o seu roteador?

É simples (se você está confortável diante de um computador, senão, peça a um técnico para ajudar você):

  • Redirecione a porta 80 no seu roteador para um endereço IP não utilizado em sua rede.
  • Entre nas configurações do seu roteador e vá para a página de “Redirecionamento de portas” (“Port forwarding”).
  • Envie todo o tráfego http de todos os protocolos para serem iniciados e terminados na porta 80 em um endereço IP não utilizado (algo como 192.168.0.xxx, onde xxx será um IP não utilizado).

Há guias gratuitos de “redirecionamento de portas” para muitos roteadores. Verifique o seu modelo aqui.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off
4, dezembro, 2014

Como habilitar a criptografia WiFi nas configurações do seu roteador

Intrometidos e bisbilhoteiros são o maior problema quando o assunto é segurança das redes WiFi domésticas. As pessoas perto de você, os vizinhos do apartamento ao lado, ou até mesmo o seu próprio governo, podem descobrir qualquer coisa na sua conexão pela internet. Seus dados pessoais, como senhas e credenciais de login, os números dos seus cartões de crédito, suas fotos e vídeos, tudo está em risco.

Sua rede WiFi não está segura

Sua rede WiFi não está segura

Escrevemos muito sobre como proteger as suas comunicações utilizando uma VPN. Resumindo: uma Rede Virtual Privada (em inglês, Virtual Private Network ou VPN), é um túnel criptografado onde os seus dados trafegam do seu computador até um servidor seguro na internet. O Avast SecureLine é uma VPN que você pode utilizar quando está fora de casa, em uma cafeteria, um hotel ou um aeroporto.

Torne segura a sua rede doméstica

Mas agora, é tempo de chamar a sua atenção para a segurança da sua rede doméstica. O seu roteador deve estar corretamente configurado para atingir o maior nível de proteção. Até que você proteja o seu roteador, você estará vulnerável a que as pessoas acessem as informações no seu computador, utilizem a sua internet sem pagar e até poderiam utilizar a sua rede para cometer crimes.

Há basicamente três níveis de segurança em um roteador doméstico. Estes níveis estão de acordo com os tipos de criptografia: WEP, WPA e WPA2. Estas estranhas siglas se referem aos diferentes protocolos de criptografia que protegem – de fato, criptografam – as informações que você manda e recebe através da rede sem fio.

O WEP (em inglês, Wired Equivalent Privacy) foi o primeiro protocolo utilizado no final dos anos 90. Não deveria continuar a ser utilizado hoje em dia já que constitui um considerável ponto fraco na segurança, pois é facilmente invadido até pelo mais inexperiente hacker. Por isso, a primeira providência a ser tomada é cair fora do WEP. O seu roteador deve ser bem antigo se você não puder fazer isto. Neste caso, pense seriamente em comprar um novo ou solicitar ao seu provedor de internet.

O WPA (em inglês, WiFi Protected Access) substituiu o WEP, mas rapidamente foi substituído pelo WPA2 que trouxe os últimos padrões de segurança, especialmente no que diz respeito à criptografia dos dados com AES (em inglês, Advanced Encryption Standard), um poderoso algoritmo de criptografia.

Utilizando o protocolo WPA ou, melhor, o WPA2, significa que quando qualquer aparelho tentar estabelecer uma conexão à sua rede sem fio, ele solicitará a digitação da chave ou senha de segurança para poder se conectar.

A maioria dos roteadores sem fio permitem que você escolha o protocolo WPA2 durante o processo de configuração. Infelizmente, o padrão em muitos deles ainda é o WEP ou pior, não utilizam nenhuma criptografia, o que significa que qualquer um pode se conectar à sua WiFi e utilizar a sua internet, além de poder ter acesso aos outros aparelhos da rede (impressora, discos de rede, etc.).

O que fazer em casa

O escaneamento da Segurança da Rede Doméstica do Avast encontra as vulnerabilidades.

O escaneamento da Segurança da Rede Doméstica do Avast encontra as vulnerabilidades.

Verifique se o roteador da sua rede WiFi (ou de outro ponto de acesso) dá suporte ao WPA2. Se for preciso, vá ao site do fabricante e procure pela última atualização do firmware, baixe-a e instale de acordo com as instruções. Utilize configurações compatíveis com o WPA2 settings em cada aparelho WiFi, escolhendo a criptografia WPA2 e as informações de autenticação corretas.

Embora a criptografia do seu tráfego não irá protegê-lo de ataques denial-of-service (DNS) ou de interferências em sua rede, ele irá garantir uma comunicação sem fio segura.

Além disso, troque a senha padrão. Utilize uma senha longa e forte, misturando números, letras e símbolos.

O Avast 2015 inclui um escâner chamado Segurança da Rede Doméstica que pode ajudar você a descobrir o que precisa ser feito, explicando o porquê e até levar você ao site do fabricante do roteador. Leia mais em nosso blog: a sua rede doméstica é alvo de ataques cibernéticos.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

Comments off
2, dezembro, 2014

Avast 2015 e a nova função Segurança da Rede Doméstica

Hoje em dia, segurança é um trabalho de equipe: software e hardware devem trabalhar juntos para atingirmos a segurança mais completa possível.

A função Segurança da Rede Doméstica do Avast 2015 escaneia o seu roteador à busca de vulnerabilidades.

Avast 2015 – Segurança da Rede Doméstica

Atingir uma proteção completa: eis porque os desenvolvedores da Avast Software decidiram incluir uma função de proteção chamada Segurança da Rede Doméstica (SRD) no novo Avast 2015. A SRD escaneia completamente o seu roteador à busca de vulnerabilidades, identificando possíveis problemas de segurança que abrem as portas às ameaças. Os roteadores são hoje em dia o ponto mais fraco na segurança de várias redes domésticas e de pequenas empresas, por isso esta é uma função muito bem vinda e necessária.

O problema está aqui. Há milhões de roteadores diferentes disponíveis em todo o mundo, mas a maioria dos usuários compra apenas um: “aquele que funciona e não é muito caro” ou eles pegam qualquer um que o seu provedor de internet lhes dá. Isto significa que a segurança já está comprometida em sua raiz. A SRD foi concebida para resolver estas grandes ameaças:

  • A sua rede sem fio não é segura por falta de criptografia. Por isso, qualquer um nas proximidades, como o seu vizinho, pode se conectar à sua WiFi e utilizá-la para acessar outros aparelhos da rede (impressora, disco de rede, etc.).
  • O roteador da sua rede é acessível pela internet, por isso, hackers podem acessá-lo e modificar as configurações da rede, desabilitar a conexão com a internet ou roubar seus dados pessoais.
  • O seu roteador está vulnerável ao ataque de hackers, isto é, hackers podem ver facilmente as configurações do roteador, ter acesso a ele e modifica-lo. Seus dados pessoais podem estar em risco.
  • A sua conexão com a internet está comprometida e o seu roteador pode ter sido invadido. O seu roteador já está hackeado (isto é, alguns sites bem conhecidos são redirecionados para falsos IPs).
  • Os aparelhos na sua rede são acessíveis pela internet. Isto acontece quando o Protocolo da Internet versão 6 (IPv6 ) está habilitado no roteador e os aparelhos que obtém endereços IPv6 não estão sob um firewall. O problema não é do protocolo, mas do roteador, que não é capaz de proteger os aparelhos com estes endereços.

O Avast pode ajudar você a proteger a sua rede doméstica

Com a função de Segurança da Rede Doméstica presente em todos os produtos Avast, podemos converter tudo isso em proteção para você. Esta série de 7 artigos a serem publicados no blog do Avast irá mostrar a você o que fazer para aumentar a proteção da sua rede e como o Avast pode guiar você ao longo desta tarefa.

Antes de continuarmos, saiba que há muitos guias gratuitos dos principais fabricantes de roteadores que estão disponíveis na internet e fornecem informações passo a passo. Dê uma olhada, por exemplo, aqui. Procure o seu modelo de roteador e leia um pouco. Lembre-se, tudo o que você aprender irá se converter em proteção à sua rede. Você também pode baixar e instalar um detector de roteadores que pode ajudar você nesta tarefa.

Mais de 200 milhões de pessoas e negócios confiam nos aplicativos de segurança da Avast Software para Windows, Mac e Android. Por favor, siga-nos no Facebook, Twitter e Google+.

24, junho, 2014

Quem está assistindo a Copa online?

Um dos primeiros mega eventos em que se viu a participação das chamadas “novas mídias” (como por exemplo, a internet) na cobertura jornalística foram as Olimpíadas de Sydney em 2000, na Austrália. Pela primeira vez jornalistas comunicavam com suas redações quase que simultaneamente às disputas e o mundo acompanhava tudo pela tela de seus computadores em tempo real. Se naquela época isso era um fenômeno, hoje em dia é algo corriqueiro, padrão. Você também está assistindo a Copa online?

Online...é assim que agora torcemos pelo Brasil

Online…é assim que agora torcemos pelo Brasil

Lembro que em 2000 a agência de notícias para qual eu trabalhava em Santo André, na Grande São Paulo, não conseguiu retirar credenciais para a cobertura dos Jogos de Sidney porque a empresa era unicamente voltada para jornalismo eletrônico, um tipo de mídia que não existia na lista do COI (Comitê Olímpico Internacional) até aquele momento. Conclusão, não pudemos ir à Austrália.

Em 2008, aí já pessoalmente em Sidney, trabalhei na cobertura dos Jogos de Pequim, na China, em uma rádio local e lembro como fiquei impressionado ao ver um colega sacar do bolso um smartphone no meio de um restaurante e conectá-lo à internet para assistir ao vivo uma das provas de natação. Em apenas 8 anos os dispositivos móveis mudaram não somente a maneira como a gente se comunica, mas também como a gente trabalha e se diverte!

Ontem, ao assistir o jogo entre Camarões e Brasil pela terceira rodada da Copa, me peguei envolvido  em um mar de computadores. Além da televisão ligada na partida da Seleção Canarinho eu tinha meu tablet conectado ao portal UOL para acompanhar lance a lance México x Croácia, enquanto que minha esposa assistia YouTube no laptop e ambos enviavam mensagens via whatsapp para amigos e familiares. Em outras palavras, um show de horrores!

Sim, porque é nesse mundo que hoje vivemos, o mundo virtual. Lindo, perfeito, que faz lembrar aquelas propagandas de sabão em pó em que crianças correm por ruas floridas usando roupas limpas e leves em pleno verão. Só que, o que esquecemos, é que por trás disso existe um mundo perigoso e traiçoeiro.

Na sexta-feira passada, dia 20 de junho, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que hackers invadiram seu site, impedindo o acesso ao conteúdo da entidade que rege o futebol nacional por quase 1 hora. Desastre? Nem tanto! Via assessoria de imprensa a CBF informou que uma equipe de profissionais tratou de cuidar do incidente rapidinho.

O problema é que a grande maioria das pessoas ainda não perceberam o quanto seus celulares são vulneráveis a ataques de vírus, principalmente durante eventos como a Copa. Muita gente se preocupa em instalar um antivírus para seus computadores, mas quem faz o mesmo com seus telefones móveis? Esses são os dispositivos que hoje em dia usamos para baixar vídeos e programas, jogar online e acessar todos os tipos de sites.

Não há mais desculpas para não ter um antivírus no celular, pois há várias opções grátis no mercado. E as opções pagas são muito mais baratas do que as vendidas para laptops e desktops. Mas quem está preocupado com isso?

Você, que está assistindo a Copa online usa antivírus em seu celular ou tablet? Já pensou nos riscos que vem correndo? Como você se protege virtualmente? Divida conosco a sua opinião!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
20, fevereiro, 2014

Super compartilhamento: a NSA adora todos os dados que você compartilha em seus aplicativos

”Conectar-se a vários aplicativos como o Instagram, SocialCam, Angry Birds, CityVille e Spotify através da sua conta do Facebook virou rotina. Você simplesmente clica em ‘concordar’ sem saber realmente com o que está concordando. O que você não repara é que os aplicativos conectados ao seu perfil do Facebook podem rastrear você e seus amigos por toda a vida”.

postEsta declaração de Christian Sigl (cofundador da secure.me, que agora é parte da AVAST), apareceu pela primeira vez na Mashable de setembro de 2012.

Naquela época, queríamos alertar os usuários e gerar uma consciência de pensar duas vezes antes de compartilhar dados pessoais com aplicativos, independentemente se fosse através de um smartphone ou da internet. Parte da preocupação era que você nunca sabe o que acontecerá com os seus dados e em que mãos eles acabarão caindo. Hoje sabemos onde eles vão parar: a NSA e sua colega inglesa a GCHQ. Elas acessaram os dados do Angry Birds e outros aplicativos para smartphones e tablets, incluindo dados pessoais como a idade, localização, nível de educação e orientação sexual. Os dados acessados foram tirados diretamente dos aparelhos, incluindo a localização, modelo, ID, versão do software e muito mais. Mas, as informações pessoais como orientação sexual, idade e nível de educação provavelmente vieram das opções de compartilhamento das mídias sociais.

Rovio, a empresa produtora do Angry Birds, reagiu e negou ter fornecido dados à NSA. Pelo contrário, afirmaram que iriam repensar as parcerias com as redes de propaganda com as quais trabalhavam. ”Eles alegaram que a espionagem poderia ser conduzida através de redes de propagandas de terceiros utilizadas por milhões de sites comerciais e aplicativos móveis através de todos os mercados”, disse oficialmente a Rovio.

Independentemente de como os dados foram parar nos escritórios da NSA, passar adiante para terceiros as informações pessoais dos próprios usuários nunca é algo bem vindo.

Na prática, os usuários não fizeram nada para evitar que os seus dados fossem parar na NSA, a única ação preventiva que poderia ser tomada seria limitar a quantidade de dados pessoais a serem coletados pelas redes sociais. Os dados das redes sociais não são aleatórios, são informações que as pessoas compartilham voluntariamente. Por isso, com certeza, sabemos hoje que a NSA pode acessar informações pessoais e muito confidenciais se desejarem, pois encontrarão uma forma de fazer isto. O que a maioria de nós pode fazer é limitar a quantidade de dados que são coletados e impedir o compartilhamento online com aplicativos e redes sociais.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
16, outubro, 2013

25 anos de história – avast! 2014

2014 - PTNos 25 anos de existência do avast!, nosso objetivo foi proteger dos cibercriminosos os dados mais valiosos que pessoas armazenam nos seus computadores e dispositivos móveis. Hoje, depois de todos estes anos de experiência protegendo cerca de 200 milhões de aparelhos, estamos orgulhosos de apresentar o nosso mais poderoso e efetivo produto, o novo avast! 2014.

“O novo avast! 2014 segue a nossa política de fornecer a melhor e mais rápida proteção do mercado”, disse o CEO da AVAST, Vincent Steckler. “É o cume de 25 anos de pesquisa e experiência com a proteção de quase 200 milhões de aparelhos, muito mais que qualquer outro produto antivírus”.

Há anos atrás, o cofundador da AVAST Software, Eduard Kučera, lançou o avast! Free Antivírus porque acreditava que todos os usuários de computador mereciam uma proteção contra ameaças perigosas e esta proteção dos computadores não deveria ser um artigo de luxo que somente alguns pudessem pagar. A AVAST nunca se afastou da visão de oferecer gratuitamente um excelente produto antivírus ao mesmo tempo em que foi ampliando o número dos seus usuários. Esta base de usuários é agora a maior fonte mundial de dados de segurança.

Comunidade IQ – A maior fonte de dados do mundo

A proteção começa com a tecnologia premiada do avast!, mas é amplificada e melhorada com as sugestões fornecidas pela nossa enorme base de usuários. O avast! utiliza a análise dos dados da nuvem (Comunidade IQ) para identificar e isolar malwares encontrados em arquivos e programas suspeitos. Quase 200 milhões de aparelhos em todo o mundo detectam e informam automaticamente sobre aplicativos e sites que estão em nossas listas branca e negra, ao mesmo tempo que dezenas de milhares de pessoas nos fornecem diariamente informações e sugestões vitais através do fórum de usuários do avast!.

Estes gigantescos canais de comunicação dão à AVAST uma significativa vantagem em termos de dados técnicos que podem ser utilizados. Nossos usuários enviam rapidamente informação ao nosso Laboratório de Vírus, que por sua vez inicia imediatamente o rastreamento do escopo e gravidade dos vírus. A análise dos resultados se concretiza nas atualizações streaming que enviamos à nossa base de usuários em todo o mundo.

Atualizações streaming contínuas

Todas as informações enviadas pela nossa Comunidade IQ permitem que o Laboratório de Vírus do avast! envie continuamente microatualizações chamadas streaming. Estas atualizações quase instantâneas são definições de vírus avançadas enviadas centenas de vezes por dia aos nossos usuários.

“O avast! 2014 é um grande passo à frente”, disse Ondrej Vlček, Chefe de Tecnologia (CTO) da AVAST. “Enviamos agora mais de 250 microatualizações diárias a todos os aparelhos, melhorando a prevenção e detecção de malwares dia-0. Protegendo o maior número de aparelhos em todo o mundo, temos a melhor visão panorâmica das ameaças emergentes, o que se traduz em uma melhor proteção para os nossos usuários”.

A versão 2014 está disponível em mais de 40 idiomas e em quatro variantes: avast! Free Antivírus, avast! Pro Antivírus, avast! Internet Security e avast! Premier. A AVAST também fornece proteção para a sua empresa e seus aparelhos móveis.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram.

Comments off
11, setembro, 2013

Como manter sempre o seu Windows rodando como da primeira vez

Speed Computer

Você já deve ter sido apresentado a uma das nossas maiores e mais ativas Comunidades, o fórum do avast!. Nossos usuários mais ativos, chamados evangelistas, são pessoas com conhecimento técnico que adoram ajudar aos nossos usuários gratuitos e pagos na selva de assuntos de tecnologia e segurança. Eles mantém as coisas em termos simples e desejam compartilhar com você dicas de como manter sempre o seu Windows rodando como da primeira vez. Não é um sonho de consumo de todos nós? Vamos às dicas!

Um computador limpo é um computador rápido

Mantenha o seu computador limpo e os ventiladores sem poeira: se o sistema superaquece, o desempenho cai. Se você ainda não olhou no fundo do seu computador desde que o tirou da caixa, vai descobrir que os ventiladores estão cheios de poeira. Desligue o computador e utilize um aspirador de pó com cuidado para não danificar os componentes.

Apagar os arquivos temporários do disco e desfragmentá-lo também ajudam a manter o desempenho do seu computador. Nós sugerimos o CCleaner tanto para limpeza de arquivos quanto para o Registro do Windows. É uma ferramenta segura que limpa também as coisas que foram deixadas para trás, por exemplo, ao desinstalar programas. Saiba que o Windows tem um desfragmentador interno e há muitos outros gratuitos na internet.

Hoje em dia, os pentes de memória RAM são baratos e valem cada centavo que você paga por eles, especialmente se você utiliza programas que consomem muita memória como o Photoshop ou um editor de vídeo. Antes de tentar mexer no software de sua máquina para obter mais velocidade, você deve conhecer as limitações do seu hardware.

Várias tarefas ao mesmo tempo diminuem o seu desempenho. E do computador também.

Tenha em conta que você não precisa fazer várias tarefas simultâneas o tempo todo ou, em outras palavras, não abra muitos programas. Para realizar várias tarefas, divida o trabalho entre o seu smartphone ou tablet, por exemplo, para ouvir música, navegar ou ler emails.

Seja sempre crítico sobre quais programas você deve iniciar junto com o Windows e, sempre que seja possível, permita somente serviços essenciais da Microsoft e dos seus programas de segurança. Desabilite o início automático do iTunes, Skype, jogos, etc. Leva apenas uns segundos para iniciar estes programas somente quando você precisa deles, sem ter de carregá-los cada vez que liga a máquina. Se você deseja uma ferramenta gratuita para gerenciar os programas que iniciam com o Windows, eu pessoalmente sugiro o MSConfig ou o Startup Delayer (este último possui versões gratuita e paga).

Para uma tarefa específica, você nem sempre precisa instalar o mais novo e sofisticado programa que acabou de ser lançado. Instale somente os programas essenciais e escolha sempre aquele que faz o mesmo mais rapidamente. Há muitas ferramentas online que podem ajudar nestas tarefas sem encher com tralhas o seu computador. Cada vez que você instalar um novo programa, escolha a instalação personalizada e desmarque todos os módulos/funções que você não vai precisar. Vá devagar e não se torne um clicador maluco. Importante! Não procure programas que prometem acelerar o seu sistema: eles geralmente têm o efeito contrário.

Lembre-se de que é perigoso desativar a proteção antivírus enquanto você joga ou instala programas. Você deve encontrar uma solução permanente de baixo impacto no desempenho da máquina. Se você deseja conferir quão rápido é o avast!, dê uma olhada neste artigo da companhia independente AV-Comparatives. Configure o avast! para o módulo Silencioso/Jogos e evite interrupções enquanto joga.

Última dica: desinstale programas antigos que você não usa mais. Não dói nada.

Mantenha tudo atualizado

Mantenha o seu Windows e os seus programas completamente atualizados. Muitas atualizações, além da segurança, têm o foco em desempenho e estabilidade. Você não deve se assustar com as mensagens de atualização. Você não precisa saber nada sobre Adobe, Flash, Java, e coisas assim… Deixe que o avast! faça o trabalho por você com a função Software Updater. E não se esqueça de se livrar das barras de ferramentas nos seus navegadores: o avast! Browser Cleaner está disponível em todas as versões do avast! e também como um programa independente.

Se tudo isto for muito complicado para você, o avast! tem a tecnologia AccessAnywhere. Você pode pedir a um amigo ou alguém da família que for especialista para fazer a lição de casa para você.

Nossos agradecimentos aos membros do fórum do avast! que participaram intensamente e contribuíram com estas dicas: MikeBCda, Iroc9555, Charyb, Jeffce, Bob3160, YLAP, DavidR, Omid Farhang, Polonus, Essexboy, Schmidthouse, Para-Noid, Donovan, Mchain, Dwarden e Asyn. Se você tiver alguma pergunta, por favor, entre no fórum do avast! e pergunte. Nossos evangelistas terão o prazer de lhe ajudar.

Outras dicas de segurança que podem lhe interessar:

7 dicas para quando estiver viajando com seu computador
Dicas de segurança dos Evangelistas do fórum do avast!
Dicas de backup do seu computador: o quê?, onde?, quando? e como?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram.

Categories: General, Não categorizado, Technology Tags:
Comments off
1, setembro, 2013

avast! 2014: dê uma olhada no futuro

avast! 2014Se você quiser dar uma olhada no futuro do avast! é só acompanhar a versão beta 2014 no nosso fórum. O lançamento da versão oficial está prevista para outubro. Mas você não precisa esperar até lá para nos dizer o que acha dela. O nosso fórum e o nosso portal de feedback estão abertos a sugestões, comentários e críticas. Participe na evolução do seu software favorito!

Além de um novo visual, mais intuitivo e amigável, acompanhe o que muda no avast!:

  • A tecnologia DeepScreen fornece ao avast! novos poderes sobre vírus recém descobertos. A DeepScreen substituirá a AutoSandbox, acrescentando uma nova camada de proteção.
  • O novo módulo opcional de Proteção Estendida deixará impenetrável o computador dos usuários sem grandes conhecimentos técnicos, bloqueando automaticamente os programas suspeitos detectados pela DeepScreen (Nível Moderado) ou até permitindo apenas a execução de programas conhecidos (lista branca do FileRep ou Nível Agressivo de proteção).
  • A funções de escaneamento e análise de itens suspeitos diretamente na nuvem estão aprimoradas, incluindo um mecanismo de análise de novos arquivos suspeitos valendo-se dos quase 200 milhões de usuários do avast! em todo mundo.
  • A tecnologia de atualizações dá um gigantesco passo à frente. Agora teremos as atualizações streaming contínuas permitindo uma atualização a cada 3,75 minutos, 24 horas por dia, 365 dias por ano. Serão 350 a 400 microatualizações por dia!
  • A capacidade de limpeza de um computador infectado por malware e rootkits será aprimorada. Você também poderá criar um disco ou pendrive de Recuperação para rodar e limpar o seu computador, sem deixar de contar com a função interna de escaneamento ao reiniciar, marca registrada do avast!.
  • Haverá novas camadas de proteção nos plugins dos navegadores: classificação de sites contra malware, phishing, erros de digitação e uma nova tecnologia Do-Not-Track (DNT) para tornar a sua navegação anônima na internet.
  • A SafeZone foi completamente redesenhada para compras e bancos online, abrindo automaticamente (opcional) no navegador na SafeZone.
  • O portal my.avast.com estará completamente integrado à interface do avast!: você poderá gerenciar todos os seus aparelhos dentro do próprio avast!.
  • O Firewall foi redesenhado para um melhor desempenho e completo suporte ao IPv6.

Rescue DiskTudo isto sem tornar o seu computador mais lento, pelo contrário, estamos continuamente aprimorando o nosso escâner: nossos testes mostraram que o escaneamento de executáveis (.exe) está duas vezes mais rápido e o das páginas e scripts da internet, 10 vezes!

Na versão 2014, teremos toda a proteção do avast! dividida em três módulos: Arquivo, Internet e Email e o assistente de instalação baixará/atualizará para a última versão disponível, garantindo a sua proteção. Quer baixar diretamente os arquivos de instalação?

avast! Free Antivirus 2014
avast! Pro Antivirus 2014
avast! Internet Security 2014
avast! Premier Antivirus 2014
avast! Uninstall Tool

Você pode instalar o avast! 2014 sobre outra versão do avast!, preservando todas as suas configurações. Mas, lembre-se, trata-se de uma versão beta e não se recomenda utilizar em seu computador principal. As inconsistências e bugs conhecidos estão listados no nosso fórum.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram.

Comments off