Lisandro Carmona

18 Outubro 2012

Windows XP é infectado duas vezes mais que o Windows 7

Go to comments Leave a comment

No primeiro semestre de 2012, a Microsoft teve de remover o dobro malwares de computadores com Windows XP do que dos que rodam Windows 7 ou Vista. Esta foi a conclusão do Microsoft Security Intelligence Report.


Um por cento dos escaneamentos em Windows XP da Ferramenta de Remoção de Software Mal-intencionado descobre uma infecção. Este valor cai para 0,5% nas últimas versões do Windows.


Ainda que a Ferramenta de Remoção de Software Mal-intencionado não detecte todos os tipos de malware, concentra-se naqueles mais espalhados pelo mundo. A infecção mais comum é com Win32/Keygen, muito utilizada em keygens (geradores de chaves ilegais de ativação de programas).


O Brazil é o segundo país com mais detecções, perdendo apenas para os Estados Unidos. As infecções mais comuns são o TrojanDownloader:Win32/Banload e a família de cavalos-de-tróia Win32/Bancos. Ambas capturam senhas bancárias e as enviam por email ou através da internet, geralmente tentando desativar os softwares de segurança (antivírus e firewall) do usuário.


A família Adware:JS/Pornpop também é bastante comum. Trata-se de scripts Java que mostram propagandas popup. As primeiras versões eram exclusivas de sites pornográficos, depois se estendeu a outros.

trojan @pt-br, Analyses @pt-br, Microsoft @pt-br, bancos, bancários, infecções