Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘proteção’
9, julho, 2014

Como evitar custos desnecessários com as notificações SMS do avast! quando o cartão SIM é substituído

O avast! Anti-Theft é um produto independente incluído no avast! Free Mobile Security. Você pode instalá-lo junto com o avast! Mobile Security, ou depois, durante uma instalação independente. Possui capacidades exclusivas para ajudar a recuperar o seu telefone através de controle remoto por comandos SMS ou via internet, fazendo login na sua conta do avast!. O aplicativo também pode informá-lo quando o seu cartão SIM for removido, no caso de o aparelho ter sido roubado. Tudo isto vai ajudá-lo a controlar e localizar o seu smartphone em caso de perda ou roubo. Desde o seu lançamento, recebemos muitas mensagens do mundo inteiro relatando como o avast! Anti-Theft ajudou os usuários a encontrar seus aparelhos perdidos. Uma dramática estória com um final feliz que chegou até nós pelos irmãos Humayuns. Eles foram atacados em um mercado paquistanês. Seus smartphones foram roubados durante o ataque. Felizmente eles conseguiram pegar o ladrão utilizando o avast! Anti-Theft. Estórias do motoqueiro e fã do avast!, DuckyBoy, e do motorista de caminhão, Steven B., que utilizaram o avast! para rastrear seus smartphones perdidos nas estradas americanas. Recebemos até uma estória de detetive das irmãs Katharina e Nicole. O telefone de Nicole foi roubado durante uma viagem ao Vietnã, o avast! notificou sua irmã Katharina que o seu cartão SIM havia sido substituído e informou o novo número do telefone. Utilizando esta informação, as irmãs rastrearam com sucesso o aparelho roubado (com uma pequena ajuda das autoridades vietnamitas). Por fim, o avast! Anti-theft conseguiu localizar um telefone perdido há um ano e maio atrás, quando viajou a incrível distância até a África antes de ser encontrado!

Mobile_recommendation_PT

Contudo, também nos deparamos com perguntas dos nossos usuários surpresos pelos “custos extras” de mensagens SMS. Algumas das cobranças vieram do avast!. Vamos esclarecer esta função e explicar porque as operadoras móveis podem cobrar por mensagens SMS enviadas pelo aplicativo avast! Anti-Theft.

Por que isto está acontecendo e como evitar estes custos inesperados?

Primeiro vamos explicar as duas funções que estão relacionadas, mas não são idênticas.

Comandos SMS: controle remoto do seu aparelho

Os comandos SMS permitem que os usuários controlem remotamente seus smartphones perdidos. Utilizando comandos via SMS, os usuários podem obter silenciosamente os detalhes das chamadas feitas e recebidas no seu telefone, copiar o texto dos SMSs enviados e recebidos, bloquear o telefone, soar um alarme ou até apagar remotamente seus dados pessoais do telefone, caso não haja mais esperança de recuperar o aparelho. Também é possível receber atualizações contínuas da sua localização (GPS) para que você possa rastrear o seu telefone. Os comandos SMS exigem sempre uma ação específica do usuário que têm de ser efetuadas ou através do telefone de um amigo ou em sua conta my.avast.com.

Configure os comandos SMS de acordo com suas necessidades:

1. Configure a sua conta em my.avast.com para entrar em contato com o aplicativo avast! Anti-theft.

2. Emparelhe o seu smartphone com a conta seguindo estes passos: abra o avast! Mobile Security > Settings > toque em Conta do avast! e siga os passos para registro. No caso de você ter instalado o avast! Anti-theft como um produto independente, você pode emparelhá-lo a partir do menu principal selecionando Conta do avast! e seguindo os passos para registro. Não há necessidade de emparelhar o avast! Anti-theft separadamente se você já fez isto através do avast! Mobile Security.

3. Configure o telefone de um amigo ou uma pessoa de confiança para permitir que ele controle remotamente o seu smartphone via comandos SMS (por exemplo: bloquear o seu aparelho, soar um alarme, tirar uma foto do ladrão).

4. Envie comandos SMS a partir da sua conta: abra sua conta > Aparelhos > selecione os comandos SMS desejados a partir da lista suspensa.

Notificações SMS: informações sobre a troca do cartão SIM

As notificações SMS são enviadas à AVAST para informar aos usuários que o seu cartão foi substituído. Os ladrões geralmente trocam o cartão SIM depois de roubar um aparelho. Assim, o avast! Anti-Theft descobre que isto aconteceu e lhe informa do novo número para que você possa manter contato com o seu aparelho. A notificação SMS é enviada a você através de um número da República Checa, para que os nossos servidores sejam capazes de identificar o novo numero que substituiu o seu antigo cartão SIM. Esta notificação SMS também será enviada a seu amigo e será mostrada em sua conta my.avast.

A sua operadora pode cobrar por cada notificação SMS que você enviar, esta cobrança não vem da AVAST. Pense: você pode pagar 0,50 pela notificação SMS, ajudando a localizar o aparelho roubado que custa em torno de R$ 600,00 a R$ 2.000,00. Vale a pena! Contudo, os smartphones ainda não são suficientemente inteligentes para descobrir quem substituiu o cartão SIM: o legítimo proprietário ou o ladrão. Por isso, quando você decidir trocar o seu cartão SIM (por exemplo, quando viaja ao exterior ou quando você possui mais de um cartão SIM), você tem de controlar manualmente as notificações SMS do avast! Anti-Theft. Uma vez que isto só ocorre de vez em quando, alertamos nossos usuários a desativar temporariamente as notificações SMS. É muito simples e requer poucos passos:

Para configurar/desativar as notificações SMS, você precisa:

1. Conectar o seu avast! Mobile Security com my.avast.account. Abra o avast! Mobile Security e verifique se o Anti-Theft está habilitado.

2. Abra o avast! Mobile Security > Anti-Theft > Anti-Theft > Digite o PIN do avast! > Conta do avast! > Habilite/Desabilite a função Enviar SMS ao portal.

Desativando esta função antes de trocar o seu cartão SIM irá poupar as cobranças inesperadas. Não se esqueça de habilitar a função novamente depois!
Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

8, julho, 2014

Validando o avast! GrimeFighter e otimizando o seu PC

Alguma vez você já teve a impressão de que o seu PC ficou mais lento do que o normal? Ou ainda, perdeu os dados do seu HD de uma hora para outra, ou nem mesmo tinha notado aquele barulho de dentista dentro do computador?

 

Para resolver esses problemas e ampliar a sua segurança, o avast! GrimeFighter, um programa otimizador de PCs, entra no mercado. Ele atua verificando as sujeiras deixadas por programas mal instalados, barra de ferramentas que deixam rastros, hardware em mal funcionamento, etc… Ou seja, ele verifica e corrige tudo o que pode deixar o seu PC mais lento e protege seus dados contra falhas inesperadas.

Minions

É importante mencionar que o avast! GrimeFighter não é um antivírus, mas o seu uso em conjunto com um avast! antivírus torna-o em uma perfeita ferramenta para manter seu PC protegido.

Uma dúvida frequente em relação a este produto é o método de validação do GrimeFighter, uma vez que os clientes estão acostumados com o sistema de inserção de licenças dos produtos antivírus e acabam por confundir como validar o programa. Para que o avast! GrimeFighter seja validado em seu avast! antivirus, você precisa primeiro adquiri-lo utilizando o mesmo endereço da sua conta avast!. Além disso, é necessário efetuar o login através da sua conta avast! por dentro do seu avast! antivirus. Dessa forma a licença é automaticamente inserida e o avast! GrimeFighter validado. Para efetuar o login na sua conta avast!, acesse a interface do avast! antivirus, e clique no menu lateral APARELHOS. A seguir, entre com o seu endereço de e-mail e a sua senha.

Caso prefira, você pode também utilizar uma versão autônoma, por fora do avast! antivirus.

Validando o GrimeFighter e usando o programa pela primeira vez

Ao executar uma varredura com o avast! GrimeFighter pela primeira vez no seu computador, ou após reinstalar o Windows, e caso já tenha uma licença válida, você precisará validar o programa. Para fazê-lo, clique em “Já tem uma licença?” na parte inferior da tela. Clique em “Efetue Login” na sua Conta avast! usando as credenciais fornecidas durante a compra do avast! GrimeFighter.

Se você não lembra a sua senha, clique em “Esqueceu sua senha” e digite o e-mail fornecido durante a compra do avast! GrimeFighter para receber um link e então redefinir sua senha. Uma tela mostrará os detalhes da sua assinatura. Clique em ‘Use esta licença’ para ativar o avast! GrimeFighter.

Após a ativação do avast! GrimeFighter, clique em ‘otimizar meu PC’ para continuar. O programa efetuará um reinício do sistema, agora em Linux, e começará a escanear o seu PC. Como este sistema operacional não tem acesso ao seu Windows, pode ser que seu wi-fi não funcione, e nesse caso sugerimos o uso de um cabo de rede para prosseguir com a otimização do seu computador. Depois bastará aguardar o resultado do escaneamento e seguir as instruções que o programa oferecerá.

Caso ainda necessite de alguma ajuda referente ao GrimeFighter ou qualquer outro produto avast!, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ao cliente.

4, julho, 2014

Segurança na Copa: evite falhas fatais. Proteja-se antes!

Às vezes, mesmo o planejamento mais cuidados não diminui os erros humanos. Há uma semana, uma foto do Centro de Segurança da Copa do Mundo mostrou a senha WiFi em um dos monitores e foi publicada na internet, sendo imediatamente retuitada inúmeras vezes.

Em fevereiro, durante um show antes da Super Bowl, o quartel general da segurança da Super Bowl foi mostrado na televisão junto com as credenciais de login na rede WiFi interna do estádio.

super-bowl-security-fail-620x463

São as chamadas “falhas fatais”, exemplos altamente repetidos de erros lamentáveis que todo ser humano do planeta pode cometer: porque errar é humano. Talvez não nesta escala, mas arrisco dizer que ninguém na FIFA ou na NFL queria expor propositadamente a sua organização e correr riscos.

Pode acontecer com você

Por isso, vamos parar com as risadinhas destes deslizes públicos e falar sobre as nossas falhas de segurança com nossas próprias senhas e outros dados. Pense em seu smartphone e os dados que lá estão. Colocado ingenuamente no bolso de trás do seu jeans, este pequeno aparelho (e já ouvimos isto antes…) tem mais capacidade como um computador do que a NASA tinha em 1969 quando enviou os astronautas à Lua. Você tem muito a perder se ele for roubado ou for atacado por malwares.

Faça uma lista de tudo o que ele contém. Vai muito além de senhas, mas vamos começar…

  • Senhas: já escrevemos antes sobre criar senhas fortes e mantê-las seguras contra bisbilhoteiros.
  • Dados de logins: o que acontece quando um ladrão tem acesso aos dados de login das suas contas online ou sua conta bancária?
  • Mensagens SMS privadas: eu tenho de dizer porque você não quer que seus SMSs se tornem públicos? Dica: selfies.
  • Emails privados e profissionais: suas comunicações pessoais, dados da sua empresa… nas mãos erradas. Medite sobre isto por um momento.
  • Documentos pessoais e profissionais: a mesma coisa.
  • Aplicativos com informações pessoais armazenadas: Aplicativos armazenas informações como a sua localização, gênero, informações de saúde e muito mais. Você deseja que um bandido saiba tudo isto de você?
  • Fotos: memórias preciosas que fariam você chorar se as perdesse. Aqueles selfies também podem fazer você chorar.
  • Músicas e vídeos: você pagou um bom dinheiro para construir uma coleção da Celine Dion. Você não vai querer perder tudo isso.

Este pequeno aparelho é basicamente o seu computador e muito mais, e é frequentemente carregado despretensiosamente no seu bolso ou deixado exposto em uma mesa da cafeteria. São mais de 1 bilhão de usuários Android e somente uma pequena porcentagem atua proativamente para proteger seu precioso equipamento e os dados ali armazenados. É hora de mudar tudo isso. Chegou o momento de colocar o conhecimento e a preocupação pela segurança do seu notebook ou desktop também no seu smartphone. Evite uma falha fatal.


fifa-fb-post-ptChegou a hora de instalar o avast! Mobile Security e Anti-theft.
Baixe-o gratuitamente da loja Google Play.

Uma vez que a Copa do Mundo está rolando (haveria melhor razão que esta?) :) A AVAST está fazendo uma oferta do avast! Premium Mobile Security até o fim dos jogos, no dia 13 de julho: consiga sua licença anual com um desconto de 33%.

Aqui estão algumas coisas legais que você vai conseguir:

  • Geoproteção contra ladrões: bloqueie o telefone, toque uma sirene altíssima e receba a localização do telefone no seu computador ou no telefone de um amigo quando ele sair do perímetro de segurança, por exemplo, um bar.
  • Apanhe um ladrão: bloqueie seu telefone é tire uma foto de quem roubou o seu telefone.
  • Bloqueie aplicativos para manter a todos longe das suas coisas: bloqueie um número ilimitado de aplicativos. Dica: Tinder
  • Encontre quais propagandas estão rastreando você: seus irmãos menores não são os únicos que querem saber o que você faz. Descubra os detalhes completos dos sistemas de rastreamento das propagandas.

Aproveite a promoção com 33% de desconto até o final da Copa!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

30, junho, 2014

A loja Google Play muda e abre a porta aos cibercriminosos

mobile appsHá algumas semanas, a Google atualizou a seção de aplicativos do Android e a sua loja e lançou uma nova forma de gerenciar as permissões dos aplicativos. A Google informa que será mais fácil de entender e que os usuários prestarão mais atenção às permissões dos aplicativos. A nova interface é mais limpa e o usuário comum pode agora instalar aplicativos mais rapidamente. Mas esta simplicidade tem um preço?

O Android controla a segurança e os direitos de acesso de todos os aplicativos através de “permissões”. Cada ação solicita permissão ao sistema operacional para ser executada. Nas versões antigas, quando uma atualização de um aplicativo solicitava novas ações ou permissões adicionais, a Google Play notificava o usuário para que ele explicitamente aceitasse ou proibisse a atualização. Mesmo se o usuário tivesse configurado as atualizações no modo automático, quando novas permissões eram solicitadas, ele tinha de efetuar manualmente a atualização. No caso de o usuário não estar seguro sobre as permissões que estava concedendo, pelo menos tinha sido avisado e podia tomar a decisão por si mesmo. A segurança era preservada.

Agora é tudo diferente

Tudo mudou há algumas semanas.

As permissões individuais, que podiam variar entre importantes e banais, estão agora reunidas em 13 grupos, incluindo o confuso grupo chamado “Outras”. Agora o usuário é obrigado a aceitar apenas as mudanças para um novo “grupo”. Isto significa que se você já tinha concedido certas permissões dentro de um grupo, outras permissões dentro deste mesmo grupo serão concedidas automaticamente. Por exemplo, se um aplicativo pode acessar o seu calendário, poderá agora também ler os seus contatos. Se você marcar uma reunião e convidar os participantes por email, o aplicativo poderá utilizar o calendário para enviar estes emails a eles, mesmo sem o seu consentimento!

Outro exemplo: você instala um aplicativo com permissões razoáveis e você o utiliza habitualmente em seu aparelho. Então uma atualização do aplicativo é lançada e ele começa a monitorar os seus hábitos de navegação (uma das permissões do grupo “Outras”). Agora o aplicativo passa a ser suspeito e pode rastrear você via GPS, acessar o conteúdo dos seus SMSs e, como é lógico, os seus dados pessoais como documentos, fotos, músicas e vídeos. Os cibercriminosos podem utilizar estes dados como uma ameaça, informando que conhecem a sua localização, os seus hábitos de navegação e até mesmo entrar em contato com você via SMS para ameaçá-lo. Os ransomwares podem até bloquear o seu telefone e exigir dinheiro como resgate.

O grupo “Outras” é a causa da preocupação. Acessar a internet pertence ao grupo “Outras”. A razão parece ser que a maioria dos aplicativos acessa a internet para funcionar e você não precisa saber disso. Você não está preocupado com isto?

new-AMSpost_img-300x300Como o avast! Mobile Security pode aumentar a sua privacidade

A loja Google Play ainda é mais segura contra malwares do que as lojas de terceiros, mas com esta mudança, você deve tomar cuidado em como pode controlar a sua privacidade. Aqui estão três funções do avast! Mobile Security que podem ajudar:

O escaneamento da Privacidade verifica todos os seus aplicativos e suas principais permissões. Se você descobrir um aplicativo “fominha” de permissões, pode desinstalá-lo ou, em alguns aparelhos, bloquear o acesso a certas áreas, por exemplo, seus contatos ou sua localização.

Outra função do avast! é o Firewall. Com o Firewall você pode bloquear que certos aplicativos se conectem à internet, o que evita que se comuniquem com os servidores que podem tentar coletar seus dados pessoais para finalidades maliciosas. O Firewall lhe dá duas opções: as listas branca e negra de aplicativos. A lista negra permite que você escolha bloquear o acesso à internet/rede de dados para aplicativos específicos. A lista branca é mais radical do que a negra. Com a lista branca você deve conceder permissão especificamente para um aplicativo para que ele utilize a internet, sua rede de dados ou a conexão roaming. Para utilizar o Firewall, você precisa ter um celular ou tablet roteado.

A terceira antiga, mas completamente efetiva, função é o Antivírus. O malware móvel tem crescido e se expandido nos últimos dois anos, sem mostrar sinais de declínio. A capacidade do avast! em detectar e bloquear spywares e ransomwares fornece a você uma camada de proteção muito efetiva.

O que você está esperando? Controle a sua privacidade: baixe o avast! Mobile Security agora mesmo! Lembre-se sempre de utilizar o bom senso e pensar duas vezes se as funções de um aplicativo requerem todas as permissões que ele solicita.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

25, junho, 2014

Olhar Digital aponta os melhores antivírus pagos para 2014


O site Olhar Digital (parte do portal UOL), realiza anualmente testes com antivírus pagos para ajudar seus leitores na identificação da melhor proteção para computadores. O destaque deste ano fica justamente pela participação da avast! nesta lista. A empresa tcheca, reconhecida pelos seus produtos gratuitos e que possui mais de 32 milhões de usuários no Brasil, entra de vez na briga por um espaço na área dos antivírus pagos.

E, acredite ou não, a avast! ficou em segundo lugar no resultado geral, liderando a grande maioria dos quesitos analisados. O teste foi realizado com 5 marcas diferentes de antivírus, todas elas escolhidas pelos internautas cadastrados no Olhar Digital.

O vídeo com duração de um pouco mais de 7 minutos descreve em detalhes o formato do teste, dividido em 6 quesitos mais a conclusão final dos avaliadores. As características analisadas foram as seguintes:

1)      Facilidade para instalar o software: esse é um ponto que interessa a todas as pessoas hoje em dia, pois mais do que nunca vivemos em uma era onde tempo é dinheiro! Em outras palavras, mesmo que você seja um profissional de TI altamente gabaritado e capaz de instalar qualquer programa em qualquer computador, o que você quer é dinamismo! E o vencedor neste quesito foi o avast!

2)      Interface: esta é uma área complicada pois não se trata apenas de design, mas principalmente de propiciar informação ao usuário, deixando claro onde encontrar os recursos necessários para cada ação. O Olhar Digital destacou aqui a interação por voz e o equilíbrio entre “funcionalidades e informações ao usuário” criados pela avast!, que se saiu vencedora neste quesito.

3)      Consumo de recursos: interessante a discussão em torno deste tópico, pois constantemente ouvimos e lemos comentários do tipo. “Antivírus X deixou meu PC mais leve”, ou “Antivírus Y é muito pesado”. Na guerra entre leves e pesados o que está em jogo na verdade é um software que não atrapalhe a agilidade do computador e, também convenhamos, com o número de downloads que fazemos todos os dias atualmente, ter uma máquina leve é de extrema importância. Neste quesito duas marcas ficaram empatadas em primeiro lugar: avast! e ESET.

4)      Desempenho: como o próprio vídeo ressalta, na verdade, este é um tópico diretamente ligado ao consumo de recursos, ou seja, a pergunta é: quanto pesado fica o computador durante a varredura?

5)      Eficácia: por incrível que pareça todos os antivírus atingiram quase que 100% de detecção de vírus e outras pragas. Mas já era de se esperar este resultado, pois quem paga por um antivírus não espera nada menos do que uma proteção completa de seus dados.

6)      Recursos adicionais: aqui talvez esteja a principal diferença entre os melhores antivírus da atualidade, pois quem não gosta de levar uma vantagem na compra de um produto? O Olhar Digital destacou neste quesito dois serviços interessantes da avast!: o SandBox, que propicia ao usuário a possibilidade de baixar arquivos suspeitos em um ambiente seguro que não afeta o computador; e o Software Updater, que atualiza programas automaticamente. Além do mais, o avast! emite diariamente mais de 200 atualizações de vírus automáticas e tudo pode ser checado na tabela de estatísticas da empresa.

Esta análise demonstra como o mercado de antivírus está evoluindo a cada dia, obrigando empresas a saírem de suas zonas de conforto e passarem a criar produtos que vão muito além da proteção online. A customização de funções e criação de um ambiente gentil e agradável para o usuário passaram a ser tão importantes quanto o desempenho e eficácia dos antivírus.

Mas só isso resolve tudo? O que você consumidor espera de um antivírus pago? Nós queremos saber, compartilhe suas ideias conosco! Quais são os requisitos que você leva em consideração ao escolher seu antivírus pago?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

24, junho, 2014

Quem está assistindo a Copa online?

Um dos primeiros mega eventos em que se viu a participação das chamadas “novas mídias” (como por exemplo, a internet) na cobertura jornalística foram as Olimpíadas de Sydney em 2000, na Austrália. Pela primeira vez jornalistas comunicavam com suas redações quase que simultaneamente às disputas e o mundo acompanhava tudo pela tela de seus computadores em tempo real. Se naquela época isso era um fenômeno, hoje em dia é algo corriqueiro, padrão. Você também está assistindo a Copa online?

Online...é assim que agora torcemos pelo Brasil

Online…é assim que agora torcemos pelo Brasil

Lembro que em 2000 a agência de notícias para qual eu trabalhava em Santo André, na Grande São Paulo, não conseguiu retirar credenciais para a cobertura dos Jogos de Sidney porque a empresa era unicamente voltada para jornalismo eletrônico, um tipo de mídia que não existia na lista do COI (Comitê Olímpico Internacional) até aquele momento. Conclusão, não pudemos ir à Austrália.

Em 2008, aí já pessoalmente em Sidney, trabalhei na cobertura dos Jogos de Pequim, na China, em uma rádio local e lembro como fiquei impressionado ao ver um colega sacar do bolso um smartphone no meio de um restaurante e conectá-lo à internet para assistir ao vivo uma das provas de natação. Em apenas 8 anos os dispositivos móveis mudaram não somente a maneira como a gente se comunica, mas também como a gente trabalha e se diverte!

Ontem, ao assistir o jogo entre Camarões e Brasil pela terceira rodada da Copa, me peguei envolvido  em um mar de computadores. Além da televisão ligada na partida da Seleção Canarinho eu tinha meu tablet conectado ao portal UOL para acompanhar lance a lance México x Croácia, enquanto que minha esposa assistia YouTube no laptop e ambos enviavam mensagens via whatsapp para amigos e familiares. Em outras palavras, um show de horrores!

Sim, porque é nesse mundo que hoje vivemos, o mundo virtual. Lindo, perfeito, que faz lembrar aquelas propagandas de sabão em pó em que crianças correm por ruas floridas usando roupas limpas e leves em pleno verão. Só que, o que esquecemos, é que por trás disso existe um mundo perigoso e traiçoeiro.

Na sexta-feira passada, dia 20 de junho, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que hackers invadiram seu site, impedindo o acesso ao conteúdo da entidade que rege o futebol nacional por quase 1 hora. Desastre? Nem tanto! Via assessoria de imprensa a CBF informou que uma equipe de profissionais tratou de cuidar do incidente rapidinho.

O problema é que a grande maioria das pessoas ainda não perceberam o quanto seus celulares são vulneráveis a ataques de vírus, principalmente durante eventos como a Copa. Muita gente se preocupa em instalar um antivírus para seus computadores, mas quem faz o mesmo com seus telefones móveis? Esses são os dispositivos que hoje em dia usamos para baixar vídeos e programas, jogar online e acessar todos os tipos de sites.

Não há mais desculpas para não ter um antivírus no celular, pois há várias opções grátis no mercado. E as opções pagas são muito mais baratas do que as vendidas para laptops e desktops. Mas quem está preocupado com isso?

Você, que está assistindo a Copa online usa antivírus em seu celular ou tablet? Já pensou nos riscos que vem correndo? Como você se protege virtualmente? Divida conosco a sua opinião!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

23, junho, 2014

Administrando a segurança da rede de PCs de sua microempresa

Hoje em dia, um microempresário não depende apenas de um escritório, um estagiário e uma boa visão de negócios para ter sucesso. É preciso também ter uma boa infraestrutura de rede de computadores para manter seus arquivos e dados protegidos de ataques de hackers e espiões online. Entretanto, alguns investidores só percebem isso quando a empresa já está funcionando, ou pior, após ter seus dados perdidos após um ataque.

Você não precisa ser um especialista em TI para monitorar os dados de sua micro empresa por si só

Você não precisa ser um especialista em TI para monitorar os dados de sua microempresa por si só

Decidimos usar este momento que marca os 2 anos de aniversário das denúncias contra a NSA (Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos) para uma série de textos sobre como microempresários com pouco conhecimento de informática podem administrar suas redes de computadores. Este aqui é o nosso primeiro artigo.

Se você é uma das milhares de pessoas que só usam o computador para ler e-mails, baixar vídeos, compartilhar fotos em redes sociais e conversar via Skype, não entre em pânico! Acredite, você pode ser o próprio administrador de sua rede de computadores.

Entretanto, aconselhamos primeiro você a procurar alguém com algum conhecimento técnico para ajudar na escolha das máquinas e softwares correto para o seu trabalho. Em termos de hardware, há muitas opções, mas com relação ao sistema operacional (SO), o Windows continua sendo o melhor custo-benefício (mesmo para os fiéis do WindowsXP) e um dos mais populares, embora há outras marcas no mercado que satisfazem o gosto de cada empresário.

Caso você fique em dúvida sobre qual SO utilizar, o ideal é entrar em contato com um consultor de Tecnologia da Informação (TI), o que geralmente envolve custos, ou então usar o seu network de contatos para discutir com outros empresários as soluções utilizadas por eles. Em último caso, você pode também falar com seu sobrinho ou filho de 18 anos apaixonado por computadores. Eles com certeza vão te ajudar nesta decisão!

Entretanto, até aqui não há muito segredo. O problema começa quando investidores passam a perguntar para si mesmos como eles vão administrar a pequena rede de computadores que está a ponto de ser criada. E é aí que se torna importante a utilização de um antivírus empresarial neste processo.

Isso porque muitos empresários optam por usar um antivírus feito para consumidores em seus negócios, o que do ponto de vista prático não há nada de errado, pois em muitos casos não é ilegal adquirir este tipo de produtos para empresas; só que, o que pouca gente sabe, é que o antivírus comercial pode dar a um empresário o controle do nível de segurança da sua rede direto de seu PC.

A avast!, por exemplo, tem o avast! Endpoint Protection que possui o Small Office Administration, onde você pode se tornar o próprio administrador de sua rede. Com o console de administração remota, você vê na tela do seu computador o que está acontecendo com o antivírus em sua empresa sem precisar vistoriar cada PC pessoalmente. Portanto, se seu estagiário ignorar as chamadas de vírus, você estará informado da situação e poderá resolver o problema sem sair da sua mesa.

O avast! Endpoint Protection possui uma interface amigável, onde o operador utiliza o cursor de tela para clicar nas opções de administração desejáveis (tudo em língua portuguesa). Ou seja, é um ambiente bem familiar para muitos dos usuários de computadores que têm um conhecimento básico de TI. Sem exageros, com o avast! Endpoint Protection até mesmo seu sobrinho ou filho de 18 anos pode se tornar o administrador de sua pequena rede de computadores.

Portanto, a nossa primeira dica para quem está no processo de implementação do sistema de TI em uma microempresa é: procure por um antivírus empresarial em vez de um feito para consumidores finais. Isso pode fazer uma grande diferença na segurança dos seus arquivos e dados comerciais.

Na segunda-feira que vem vamos discutir algumas das dificuldades que a maioria dos microempresários enfrentam durante a implementação de uma rede de computadores. Até lá!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

18, junho, 2014

Celulares substituem radinhos de pilha nos estádios. Aparelhos móveis agora são mais visados do que nunca

Ladrão de telefone

Você já substituiu o radinho de pilha pelo celular nos estádios? Então, cuidado!

Lembro-me como se fosse hoje quando fui assistir a final da Copa Libertadores da América, em junho de 1992, no Morumbi, com meu finado tio Carlos. Ele, são paulino roxo que era, eu e meu primo, Carlinhos, chegamos ao entorno do estádio paulista por volta de 2 horas antes do jogo onde o trânsito não ia, nem vinha. Tio Carlos suava a frio e não tirava seu radinho de pilha do ouvido. Foi assim que ele mandou Carlinhos parar o carro no primeiro estacionamento no início da Avenida João Jorge Saad aos gritos: “Vamos descer e correr a pé porque tá tudo parado, já informaram aqui no rádio”.

Foi o que fizemos! Tio Carlos corria com uma mão segurando o rádio e a outra os ingressos. Eu, aos 13 anos de idade, segurava as mãos do meu primo (15 anos mais velho que eu) tentando acompanhar o passo. Nessa correria, a carteira do tio Carlos caiu no chão e alguém vindo logo atrás pegou e devolveu (em um singelo ato de honestidade), mas a verdade é que o radinho de pilha e os ingressos estavam mais seguros do que nunca!

Ontem, ao assistir pela TV a partida de futebol entre Brasil e México pela segunda rodada da Copa fiquei impressionado ao perceber que praticamente todos os torcedores filmados nas arquibancadas seguravam telefones celulares. São nesses pequenos aparelhos que hoje em dia guardamos não somente informações sobre trânsito e futebol, mas também dinheiro, identidade e ingressos dos jogos.

Não é preciso ser nenhum especialista para perceber como o telespectador mudou a maneira de assistir futebol. Não basta mais só ter a TV, é necessário também um PC, um tablet ou um celular ligado ao mesmo tempo, assim podemos participar de discussões online e manter-nos conectado com outras coisas que ocorrem ao mesmo tempo que a bola a rola.

Imagine só quanta informação sobre a nossa vida pessoal não deixamos pelo caminho durante esses “relacionamentos” online com o mundo direto do sofá de casa. E depois imagine o que pode acontecer se você, por acaso, deixar cair seu celular do bolso, assim como tio Carlos fez com a carteira, no meio da rua. Quem garantirá sua segurança e privacidade?

Vamos e convenhamos, a bem da verdade é que nessas situações dependemos de atos de honestidade, mas como não podemos confiar muito nisso, então temos de encontrar outras maneiras de manter o celular seguro, ainda mais porque hoje em dia hackers podem roubar os dados de nossos aparelhos mesmo quando estes estão em nossas mãos.

Por essa razão, o mercado de antivírus vem inovando seu portfólio de produtos e, aos poucos concentrando-se na criação de produtos voltados para a telefonia móvel. Hoje em dia você já pode ter proteção gratuita contra ataques de hackers, advertência sobre sites infectados, monitoramento do estado de segurança do seu aparelho, entre outros recursos. E, como eu disse, tudo isso de graça!

E se você ainda precisa de segurança extra, o avast! VPN, por exemplo, criptografa todas as suas atividades em WiFi aberta, garantindo assim a sua privacidade. Ou com o avast! Anti-Theft você localiza seu aparelho perdido ou roubado à distância via GPS ou WiFi, bloqueia o aparelho, recebe notificação de troca do cartão SIM e ainda ativa uma sirene de alarme.

Se tio Carlos ainda estivesse por aqui estaria com um pouco mais de 90 anos e, para ser sincero, duvido que ele teria um “smartphone” para acompanhar os jogos, na verdade, acredito que ele ainda estaria torcendo pelo São Paulo e pela Seleção através de seu inseparável radinho de pilha. Mas a realidade de hoje é muito diferente do de 20 anos atrás, e sair de casa sem o celular é quase que sair sem roupa. Portanto, manter seu aparelho móvel seguro online e offline é mais importante do que o 0 a 0 da partida de ontem. E aí fica a pergunta: como você faz isso no seu dia a dia? Mantém o celular no bolso, confia na honestidade das pessoas ou simplesmente usa um dispositivo de proteção?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

 

 

Comments off
7, junho, 2014

A nova conta do avast! com o Facebook Security está no ar. Participe do teste beta.

Segurança e privacidade nas redes sociais é uma questão que nos preocupa na AVAST. Nossos produtos antivírus protegem seus aparelhos de infecções espalhadas pelas redes sociais, mas a sua privacidade ainda é algo exposto ao público.

Isto acabou!

Faz algum tempo que a AVAST comprou a Secure.me e é um produto espetacular. Nossa equipe trabalhou bastante para integrar a solução de privacidade em nosso portfolio de segurança. Agora estamos orgulhosos de apresentar os resultados: a versão Beta do avast! Facebook Security.

Estamos ansiosos por ouvir os seus comentários sobre o produto. Usuários experientes são bem vindos a participarem do teste beta. Aguardamos sua opinião sobre as funções do produto, interface do usuário, informar bugs, sua visão e experiência geral, assim como suas sugestões para o nome definitivo do produto. O avast! Facebook Security fará parte do novo visual da conta do avast! e o seu feedback será muito apreciado.

Para facilitar a sua vida, listamos abaixo todos os passos para começar a participar:

Como participar do teste beta?

1. Entre na nossa nova versão da conta da AVAST.

Conta do avast!

2. Aceite o aplicativo para conectar o avast! Facebook Security ao seu perfil do Facebook.

3. Comece a testar :)

Como testar?

  • Você gostou da interface e do visual global do aplicativo?
  • O aplicativo é intuitivo e de uso amigável? Você sabe que tipo de ações deve tomar?
  • Você encontrou algum erro ou bug? (por favor, envie-nos uma descrição ou foto da tela)
  • Alguma função ou comando não estão claros para você? (por favor, informe-me qual deles e dê a sua sugestão)
  • Por favor, diga-nos a sua impressão geral do aplicativo e quaisquer outros comentários
  • Por fim, nós ainda estamos em processo da definição do nome oficial do aplicativo. Devido às restrições do Facebook, não poderemos chamá-lo avast! Facebook Security. Seja criativo e sugira um novo nome. Se o seu nome for escolhido, você ganhará como prêmio uma licença dos nossos produtos e gadgets do avast!.

Como você pode nos mandar os seus comentários?

1. Poste um comentário aqui, no nosso blog.

2. Na página do avast! no Facebook page, abaixo desta postagem.

Obrigado por participar no nosso teste beta. Iremos coletar os seus comentários e sugestões para melhorar o nosso produto para fornecer a você a melhor solução quando a versão final estiver pronta. Por favor, siga o nosso blog e mídias sociais para ficar por dentro das atualizações dos resultados dos testes e da disponibilidade do produto.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
3, abril, 2014

Detecção de malware no Android. SecApk: um alerta aos desenvolvedores

O título deste artigo do blog tem algum significado misterioso? Não exatamente.

Nesta primeira parte sobre as detecções de malware no Android, vamos apresentar a Android:SecApk, uma detecção relacionada com o App Shield (Bangcle) e os aplicativos Android (.apk). Esta detecção abrange uma grande amostra de malwares e está em crescimento. Algumas amostras compactadas com o SecApk que já existiram ou ainda existem na loja Google Play e também em outras lojas podem ser vistas na tabela abaixo:

MD5

Nome – Informações

F1EF5B8C671B2146C2A2454ECF775E47

G锁屏冰雪奇缘之来自星星的你V1.0.apk

PUP: um aplicativo que promove um filme específico. Potencialmente indesejado devido ao extenso conjunto de permissões solicitadas.

Estado atual: removido do Google Play

10bd28d4f56aff83cb6d31b6db8fdbd2

Cut_the_bird.apk

PUP: um jogo que solicita permissões potencialmente indesejadas e pode levar à perda de dados pessoais.

05ffb6f34e40bb1cf8f9628e5647d5e3

aini1314langmanzhutisuoping_V2.5_mumayi_700e0.apk

PUP: um protetor de tela que solicita permissões não relacionadas à finalidade do aplicativo.

d6b40bbb79b54c09352a2e0824c0adba

3D职业乒乓球.apk

PUP: este aplicativo é um jogo de tênis. Potencialmente indesejado devido ao extenso conjunto de permissões solicitadas.

eefd2101e6a0b016e5a1e9859e9c443e

eefd2101e6a0b016e5a1e9859e9c443e.apk

\Malware: este aplicativo rouba dados pessoais e mensagens SMS do usuário.

O App Shield é um serviço online que, depois de receber um arquivo .apk que lhes foi enviado, o criptografam e adicionam algumas camadas de proteção. O procedimento de criptografar e proteger um arquivo .apk será discutido na segunda parte deste artigo.

Começando pelo processo de envio, um aplicativo limpo chamado AvstTest.apk foi enviado ao serviço. O arquivo .apk exportado foi renomeado para AvstTest[SecApk].apk. Além disso, o apktool e o dex2jar foram utilizados para decodificar as funções do .apk e converter os arquivos .dex em .jar.

Estrutura da pasta

A estrutura interna do arquivo convertido pode ser vista na figura acima. Aparecem as duas novas pastas: lib e assets. A pasta lib contém dois arquivos que são necessários pelas bibliotecas de compartilhamento na plataforma ARM.

3 armeabi folder

A pasta assets contém um arquivo jar criptografado chamado bangle_classes.jar. Este arquivo é uma versão criptografada do original classes.dex. Além disso, a pasta meta-data contém os arquivos necessários para a criptografia RSA.

4 assets folder

O arquivo manifest do Android também é alterado, mas somente para fazer o link com o novo arquivo dex. A classe com.secapk.wrapper.ApplicationWrapper será chamada sempre que o processo for iniciado.

6 manifest file

A estrutura interna do arquivo classes.dex também é alterada. No novo arquivo dex, podemos ver a nova classe ApplicationWrapper que é utilizada para carregar na memória a versão não-criptografada do arquivo classes.dex. A estrutura do arquivo dex original pode ser vista do lado direito da imagem abaixo.

1

A real preocupação deste artigo do nosso blog é que cada arquivo que utiliza esta proteção pode ser detectado como um PUP (Programa Potencialmente Indesejado). Muitos criadores de malware utilizam esta proteção para tornar indetectáveis as suas amostras maliciosas. Paralelamente, aplicativos legítimos utilizam a proteção para fugir da engenharia reversa, decompilação, injeção de código malicioso e outros usos ilegais.

É uma verdadeira terra de ninguém.

A empresa que criou esta proteção afirma que cada arquivo é verificado por várias definições de vírus. O problema é que os malwares dia-0 existem e alguns deles são realmente difíceis de detectar. No caso do malware protegido pelo SecApk penetrar no mercado oficial, será difícil de detectar. A escolha mais segura é detectar o compactador SecApk e informar o usuário que o aplicativo que ele está a ponto de executar é potencialmente indesejado (PUP).

A segunda parte deste artigo explicará em mais detalhes o processo que o compactador utiliza para carregar o código original na memória do sistema.

O avast! protege os usuários do Android

O avast! Free Mobile Security detecta e avisa ao usuário sobre estes aplicativos (maliciosos ou não) que são compactados com o SecApk e podem ser potencialmente perigosos. No momento, não há outro meio de proteger eficientemente os nossos usuários. Se você é um desenvolvedor, uma boa dia é repensar o uso deste tipo de protetores em seus aplicativos.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off