Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘privacidade’
3, outubro, 2014

Como parecer um idiota no Facebook e no Twitter

Parecer um idiota nas redes sociais como o Facebook e o Twitter não é tão difícil. Muitas pessoas alcançaram esta posição sem ter de pensar muito. Por isso, mude! Com um pouco de esforço e dedicação você pode perder o seu emprego, ser preso ou afugentar os seus amigos!

Facebook idiot

Aqui estão as 3 principais maneiras de parecer um completo idiota nas redes sociais.

1. Poste mensagens divertidas e sem sentido. A raiva é completamente natural, uma emoção saudável. Algumas pessoas pensam que é uma boa ideia tentar controla-la em vez de socar a parede ou quebrar aquela vaso importado colocado no meio da sala e que custou milhões. Em vez disso, agora você pode soltar todas as suas emoções reprimidas publicando os seus sentimentos nas redes sociais!

Assim como uma americana do Arizona que depois de não ter recebido uma promoção em seu trabalho, postou uma mensagem furiosa no Facebook. Ela deve ter se sentido bem de comunicar a sua frustração. Como ela era amiga de todos os seus colegas de trabalho na rede social, todos viram a postagem que dizia:

“Este lugar é uma piada!!! Eu imagino ter perdido uma grande oportunidade por estar aqui. Eu odeio estas pessoas falsas e preguiçosas!!! Ugh, os que realmente trabalham são os que são xingados??? WTF? #TwistedMinds.”

Os seus colegas, não os falsos e preguiçosos, com certeza lhe deram o suporte e o encorajamento depois de ler e ver o seu estresse.

Oh. Oops. Eles não a encorajaram. Ela foi despedida pouco tempo depois da postagem.

Em um outro exemplo de uma filha orgulhosa do seu pai (doce, não?), publicou o que não deveria ter ficado entre quatro paredes. A maioria dos adolescentes reclama dos próprios pais, mas esta garota da Flórida postou imediatamente no Facebook para mostrar a sua alegria por seu pai ter ganho uma ação de 80 mil dólares de um antigo empregador, uma elegante escola particular. Ela tinha muitos colegas de classe e todos viram sua postagem:

“Mamãe e papai ganharam a ação contra Gulliver. Gulliver está agora pagando oficialmente por minhas férias na Europa neste verão. CHUPA!”

Não é ilegal que uma garota deseje viajar para a Europa no verão… toda aquela história e cultura… e a comida…

Oh. Oops. A direção da escola e os advogados também viram sua mensagem. Os advogados não riram, pelo contrário, invocaram a cláusula de confidencialidade e reverteram o acordo com o pai da garota.

DICAS

  • Antes de postar, pense duas vezes sobre o que você está digitando na sua linha do tempo. Leia novamente o que escreveu antes de apertar o botão de publicar.
  • Aproveite os Grupos do Facebook ou Círculos do Google+ para ter certeza de que suas mensagens chegam às pessoas corretas.

2. Deixe para lá todas as suas configurações de privacidade. Na excitação do dia a dia, é fácil de esquecer quantas pessoas podem ler as suas postagens. Desde colegas de trabalho até sua mãe ou estranhos; teoricamente qualquer um pode ler o seu desabafo, o seu Tweet quando você estava bêbado, ou ver os seus selfies fazendo compras quando todo mundo imaginava que você estava doente na cama. Quando lemos sobre o rapaz abaixo, temos certeza de que isto não é muito inteligente.

Facebook idiot1

Foto de rapaz publicada no Facebook dizendo que traficava drogas ao lado da polícia. Perfil público ajudou a identificá-lo

Um traficante de drogas compartilhou um selfie em seu carro com um maço de dinheiro e drogas ilegais em seu colo. Pela janela do carro, você pode ver claramente o veículo da polícia que parou ao lado. Ele postou no Facebook com um comentário sobre como era fácil de lidar drogas sob os narizes dos policiais. Seus amigos provavelmente riram muito e eu aposto que ele teve muitas curtições e compartilhamentos.

Oh. Oops. Este cara nunca deve ter ouvido que o Facebook tem configurações de privacidade e aparentemente não sabia que poderia alterar as configurações para que somente seus amigos vejam suas postagens. Como a linha do tempo estava configurada como pública, a polícia também viu as fotos. Eles também devem ter rido muito.

DICA:

Aprenda sobre as configurações de privacidade das redes sociais que você utiliza.

3. Acredite em tudo o que você lê e depois compartilhe!

Quem não adora passar uma tarde chuvosa vendo vídeos de suas celebridades favoritas? O vídeo da Rihanna e aquele do Justin Bieber com… bem, deixa para lá! E ao fazer isso, quando perguntado para preencher um pequeno formulário, você não se importa. E caso você se importe, ainda há aquele famoso botão para baixar gratuitamente… Não tem problema que ele venha com barras de ferramentas indesejadas, certo?

É animador saber que as pessoas estão preocupadas com a privacidade e muitas compartilham estes sentimentos. Pena que é algo sem sentido. Como por exemplo:

“Em resposta às novas regras do Facebook, estou aqui para declarar que o meu copyright está valendo para todos os meus detalhes pessoais, fotos, gráficos, desenhos, gravuras, fotos e vídeos, etc. Para o uso comercial deste material é preciso o meu consentimento por escrito todas as vezes…!”

Infelizmente, coisas tristes também são compartilhadas. Há alguns dias, 24 milhões de pessoas compartilharam um vídeo que parecia ser o último adeus de Robin Williams. Era falso e tentava roubar os dados das pessoas.

Postado por avast! antivírus.

Muitos usuários do avast! estavam incrédulos de que este tipo de fraude ainda pudesse acontecer, mas realmente este vídeo e outros parecidos são falsos. Os cibercriminosos utilizam a nossa curiosidade mórbida para tentar fazer com que a gente clique nas postagens, vídeos e links.

DICAS

  • Se você vê algo duvidoso, não clique no link. O melhor é marcar a postagem como spam ou clicar no X para removê-la. Se você estiver interessado no assunto, procure utilizando os sites de busca conhecidos e tente encontrar a informação em uma fonte confiável.
  • Livre-se dos jogos indesejados nas Configurações da conta > Gerenciar aplicativos.
  • Se você cair em uma fraude, não se torture: simplesmente troque a sua senha e, talvez, informe seus amigos porque há chances de você ter enviado spams para eles.
  • Assegure-se de manter o seu avast! Antivírus atualizado ou, se você ainda não tem proteção antivírus, baixe o avast! Free Antivírus para o seu PC ou Mac e o avast! Mobile Security para os seus aparelhos Android.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

19, setembro, 2014

Pesquisa mostra que a pessoa em quem você mais confia pode estar espionando você

As pessoas esperam ser vigiadas quando estão online no ciberespaço, mas quem espera ser vigiado pelas pessoas mais próximas? Sem saber, seu(sua) companheiro(a) pode estar te espionando mais do que a NSA americana: um em cada cinco americanos e uma a cada quatro americanas admitiu verificar o smartphone do seu companheiro(a) em uma pesquisa realizada pela AVAST com 13.132 pessoas nos Estados Unidos.

shutterstock_198273875

Bancando o detetive

A pesquisa descobriu que a maioria das mulheres verificam o aparelho do seu companheiro porque são intrometidas e um quarto das mulheres casadas suspeitam de traição e desejam encontrar provas.

As mulheres casadas não são as únicas que suspeitam que seus companheiros as estão traindo. A razão porque a maioria dos homens espionam suas companheiras é justamente porque duvidam de suas parceiras e desejam confirmar suas suspeitas, especialmente se o relacionamento é recente.
Apanhado em flagrante

Alguém pode pensar que a pessoa que espiona uma à utra para encontrar evidências de traição ou mentira está sendo paranoica. Infelizmente, a maioria delas não é paranoica: seu pressentimento é geralmente correto. Sete a cada dez mulheres e mais da metade dos homens que procuram provas nos aparelhos do(a) companheiro(a) de que estão sendo traídos, segundo a pesquisa, encontram evidências. E o mais, você saberia dizer qual dos dois, homem ou mulher, confrontaria o(a) parceiro(a) com o que encontrou? A mulher. A pesquisa revelou que as mulheres têm 20% mais probabilidade de enfrentar o homem com os fatos.

“Abrindo a fechadura” do aparelho móvel

Descobrir a senha/PIN do aparelho do seu companheiro não foi necessário para um grande número dos que participaram da pesquisa. Uma chocante alta porcentagem das pessoas disse que não precisaram da senha/PIN para entrar no aparelho do seu(sua) companheiro(a). As mulheres, contudo, foram poupadas e 41% informou que o aparelho do seu companheiro não tinha uma senha/PIN, comparando-se com 33% dos homens na mesma situação. Em segundo lugar, tanto homens quanto mulheres disseram saber a senha/PIN do outro porque compartilharam a senha no passado, sem dar-se conta que poderiam ser descobertos.

Olho por olho

Mais da metade dos homens e mulheres que verificam o aparelho do outro pensam que ele(a) também verifica o seu. Parece haver um baixo nível de confiança entre as pessoas que sentem ser necessário colocar barreiras ao outro.

A pesquisa mostrou que os as pessoas envolvidas em relacionamentos recentes e verificam o aparelho do(a) parceiro(a) são menos propensos a suspeitar que o seu novo amor está bisbilhotando seu telefone também, comparado ao número de pessoas envolvidas em relacionamentos estáveis. Todos engajados em um relacionamento de longo prazo são mais inclinados a pensar que o seu(sua) companheiro(a) faz o mesmo em suas costas.

Dicas para proteger a sua privacidade

Seja pelo seu(sua) companheiro(a) ou por alguém que encontre o seu telefone perdido, você sempre deve proteger os seus aparelhos dos xeretas.

  • Proteja os seus aparelhos móveis com senha/PIN!

Todo mundo deve proteger seus smartphones e tablets com senha/PIN, mesmo que não estejam preocupados com espiões. As senhas/PINs não só tornam mais difícil aos bisbilhoteiros o acesso a segredos e surpresas, mas também podem proteger seus dados caso seu aparelho seja perdido ou roubado.

  • Bloqueie os seus aplicativos pessoais

Os aplicativos que contém informações pessoais precisam de uma camada extra de proteção. Com a função de bloqueio de aplicativos do avast! Mobile Security você pode proteger com uma senha os seus aplicativos mais íntimos.

  • Limpe o seu telefone dos dados antigos e faça backup deles

Fazendo backup dos seus dados permite que você salve suas informações nas nuvens e, portanto, apague qualquer dado antigo do seu telefone. Isto previne não somente a perda de dados, caso seu telefone seja roubado ou se você acidentalmente apagar seus arquivos, mas pode prevenir ataques de espionagem, não necessariamente pelo(a) seu(sua) parceiro(a), mas por qualquer outra pessoa que consiga ter acesso ao seu celular, como por exemplo aqueles “amigos” que não podemos confiar. O avast! Backup faz gratuitamente backup do seu histórico de chamadas, SMSs, contatos e fotos.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

17, setembro, 2014

Nossa pressa pelo “agora” não quer dizer que queremos brechas na nossa segurança

instant-gratificationUm seriado nos Estados Unidos tem o lema “Eu quero agora” e fala sobre as pessoas que cresceram acostumadas a ter seus desejos satisfeitos num piscar de olhos com a ajuda de empresários e tecnólogos inovadores com fome de transformar tudo em lucro.

E sejamos sinceros, de impacientes e afobados, todos nós temos um pocuo.

Eu, por exemplo, às vezes sinto a minha impaciência crescer quando estou em um restaurante e alguém encontra um ponto para conectar seu notebook, smartphone ou tablet e eu não.  Fico lá, conversando com meus amigos na minha mesa e continuamos discutindo outros assuntos, pedimos mais um café e entramos em questões pessoais que geralmente ficam ao redor de tópicos como: “o que aconteceu no Facebook? Preciso enviar uma mensagem a um amigo. Vamos ver como andam as minhas notícias favoritas, meus sites de músicas… Aquele concerto parece bom, acho que vou comprar um ingresso. O quê? Meu cartão de crédito foi rejeitado? Melhor resolver aquele assunto no banco”, e por aí vai.

Este tipo de atividade em lugares públicos pode ser a porta de entrada dos problemas: hackers podem “roubar seus dados, dinheiro ou identidade virtual”.

Todos concordamos que a mentalidade do “eu quero isto agora” não inclui “eu quero ser espionado e roubado agora”.

Estamos cientes dos alertas sobre nossos aparelhos móveis: o smartphone é um computador ambulante no nosso bolso e qualquer um pode facilmente perdê-lo ou ser roubado. A quantidade de mensagens, a lista de contatos, as fotos, o histórico de navegação, etc., podem ser descobertos e utilizados contra nós se caírem nas mãos erradas, mesmo quando tiverem sido excluídos (leia mais em nosso blog).

Hackers também atacam nossos aparelhos móveis através de malwares. A AVAST já possui um milhão de códigos maliciosos em seu banco de dados. E eram apenas 100 mil em 2011.
Como já mostramos neste artigo do nosso blog em junho, nossos especialistas do Laboratório de Vírus descobriram um aplicativo de futebol da Copa do Mundo que não era um jogo verdadeiro, mas uma fraude que disparava propagandas na tela.

Como vivemos em uma sociedade do “eu quero isto agora”, aqui vão algumas dicas da AVAST para garantir que você não detone a sua segurança online procurando satisfazer urgentemente os seus desejos:

1. Instale um programa de segurança

Proteja o seu smartphone ou tablet de ataques maliciosos e bisbilhoteiros digitais que querem roubar seus dados e seus aparelhos. Instale o avast! Mobile Security e Anti-Theft na Loja Google Play.

2. Utilize lojas seguras para instalar seus aplicativos

As grandes lojas como a Google Play e a Amazon são os lugares mais seguros para buscar aplicativos. Elas têm rígidos controles de segurança e por isso são, geralmente, as fontes mais confiáveis. As outras lojas, especialmente as não-oficiais da Ásia e Oriente Médio, requerem que você fique de olhos abertos o tempo todo.

3. Utilize um PIN ou senha para bloquear seus aplicativos

O seu telefone Android tem suas próprias configurações de segurança, por isso recomendamos que você configure um número difícil para bloquear a tela. Para configurar um número ou gesto, vá para Configurações > Tela de bloqueio.

Utilize a função Bloqueio de aplicativos do avast! Mobile Security para que um PIN seja solicitado pelos aplicativos que você deseja manter privativos, como os de compras e bancos online. Você pode bloquear dois programas com um PIN/senha na versão gratuita ou bloquear um número ilimitado com o nosso produto Premium.

A função Verificador de senha do avast! Mobile Premium mantém os xeretas e ladrões longe de suas mensagens e emails. Depois de três tentativas de descobrir sua senha, o telefone é bloqueado.

4. Mantenha o seu smartphone perto de você

Batedores de carteira podem ficar com o seu telefone antes de que você termine de fazer o seu pedido ao garçom. A Geoproteção é uma função inteligente do avast! Mobile Premium. Você configura um perímetro de segurança em torno do lugar onde se encontra e escolhe algumas ações, como disparar um alarme. Se um ladrão tirar o telefone fora deste perímetro enquanto você está distraído com o seu café, o alarme dispara e o telefone é bloqueado.

5. Utilize a localização e o apagamento remoto se o seu telefone for roubado

O avast! Mobile Security e Anti-Theft têm funções de controle remoto que permitem a você realizar certas ações. Você pode rastrear e localizar o seu telefone perdido utilizando comandos SMS ou a sua conta my.avast.

O apagamento dos dados do seu telefone pode ser feito através de comandos SMS. O apagamento profundo permite que o avast! exclua completa e permanentemente, sobrescrevendo seus dados pessoais. Isto é útil quando você estiver pronto para vender ou jogar fora o seu telefone, como mostrou o nosso recente estudo antes mencionado sobre a compra e venda de telefones usados.

6. Permaneça seguro ao utilizar WiFi públicas e gratuitas

Os pontos de WiFi públicos podem facilitar a gestão do nosso plano de dados, mas também há um efeito colateral que você precisa estar atento. Hackers podem ler seus emails, arquivos, credenciais de login em sites, senhas, etc. e até ouvir suas chamadas VOIP no Skype ou no Viber.

Recomendamos que você utilize um serviço de criptografia como o avast! SecureLine VPN, especialmente quando estiver viajando, mas também em casa, como uma proteção adicional para os seus aparelhos e dados.

Image from http://www.andbethere.com

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

16, setembro, 2014

O aplicativo Facebook Messenger agita a privacidade

Nos últimos dias, você deve ter notado que quando você tenta enviar mensagens do aplicativo móvel do Facebook no seu telefone ou tablet, ele pede que você baixe o aplicativo independente Facebook Messenger. É um aplicativo legal que permite que você envie mensagens a seus amigos do Facebook. Além de fotos e vídeos, você pode chamar seus amigos gratuitamente utilizando a sua conexão WiFi. Foi por isso que ele trouxe à baila uma controvérsia sobre as permissões que necessita para isto.

avast! Mobile Security protects your Android device

O Messenger precisa permissões para tirar fotos e fazer vídeos utilizando a sua câmera, gravar áudio, chamar números de telefone, receber/enviar/ler/editar suas mensagens, acessar a internet e os seus contatos, manter um registro da sua localização. Quando olhamos as permissões listadas na loja Google Play, há outras coisas assustadoras, mas não verdadeiras ameaças, coisas como impedir que seu telefone hiberne e controle sobre a vibração.

A controvérsia sobre a privacidade foi gerada pela pergunta sobre o que o Facebook pode fazer com todos estes dados. Por exemplo, eles realmente precisam ter acesso aos seus contatos? Eles já não sabem quem são seus amigos no Facebook?

O ponto é que nada mudou nas permissões do Facebook Messenger. A primeira versão solicitava os mesmos acessos que a versão independente do aplicativo. Você pode ler as explicações do Facebook sobre as permissões solicitadas aqui.

Já escrevemos sobre as mudanças no gerenciamento de permissões do Google Play há alguns meses, mostrando como a maioria das pessoas aceita cegamente tudo que os desenvolvedores querem, sem se questionarem de nada. Cada um de nós precisa decidir quanto estamos dispostos a dar para receber em troca. Mas, por favor, fiquem espertos usuários do avast!, pois o seu smartphone combinado com as mídias sociais é a Meca dos hackers. Nossas vidas estão nos dados armazenados em nossos dispositivos móveis e sem uma segurança consistente e algum bom senso, cibercriminosos podem juntar os pontos e utilizar o resultado como quiseram.

Garanta que seus aparelhos estão protegidos corretamente. O avast! Mobile Security roda em telefones e tablets Android e é completamente gratuito. O Módulo Aplicativos mantém você seguro de aplicativos maliciosos escaneando-os em dois níveis: ao serem instalados e ao serem executados. Com o Gerenciador de Aplicativos você pode ver os aplicativos em execução e verificar as suas permissões e também se eles mostram ou não propagandas. Baixe o avast! Mobile Security e Anti-theft da loja Google Play.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

9, setembro, 2014

Você pensa que apenas as celebridades são hackeadas? Pense de novo…

As notícias da semana passada foram que fotos nuas de celebridades foram postadas em um site de compartilhamento de fotos, o 4Chan. Junto com as notícias surgiram muitas teorias e discussões sobre como o hacker conseguiu obter fotos e vídeos íntimos de uma longa lista de celebridades. Enquanto tentamos descobrir como o hacker teve acesso a estes arquivos pessoais, seria bom atualizarmos os nossos computadores para evitar as mesmas fragilidades: há medidas gerais que todos devem tomar agora para proteger seus dados pessoais.

Não culpe a nuvem

shutterstock_208714210

Uma das teorias que circula na internet é que o iCloud foi hackeado através de uma falha no aplicativo “Encontre o meu iPhone” da Apple. Kirsten Dunst, uma das celebridades cujas fotos pessoas foram roubadas tuitou o seguinte: “Obrigado iCloud”. Kirsten e outras vítimas hackeadas deveriam estar culpando a nuvem pelo que aconteceu? A teoria do hackeamento do iCloud é apenas uma teoria, os hackers teriam tido acesso às contas das celebridades através de emails phishing ou obtidos as senhas a partir de pessoas próximas às celebridades.

Os hackers teriam obtido acesso aos emails e senhas das celebridades através de brechas semelhantes às ocorridas no eBay ou do Heartbleed, que afetaram cerca de dois terços de todos os sites do mundo, incluindo o Yahoo Mail, OKCupid e o WeTransfer. Se as celebridades cujas fotos foram roubadas estavam afetadas por estas brechas e utilizaram as mesmas senhas em diversas contas, incluindo o iCloud, teria sido fácil para os hackers roubarem suas fotos pessoais.

Mesmo se o hacker tiver tido acesso os dados através das contas iCloud, a nuvem não deve ser culpada. O hacker, antes de qualquer outra coisa, é quem deve ser xingado. Contudo, todos temos de saber que há pessoas mal intencionadas por aí e precisamos proteger-nos a nós e aos nossos dados pessoais. A falta de consciência entre as celebridades também merece parte da culpa.

Saber onde você salva as coisas

Em 2011, quando fotos de Scarlett Johansson e Mila Kunis nuas apareceram, aprendemos que as celebridades não são imunes aos hackers. Na verdade, elas são alvos específicos e provavelmente continuarão as ser alvos. Parece que muitas celebridades não aprenderam a importância da segurança digital por ocasião do hackeamento de 2011. Cada usuário móvel, inclusive as celebridades, devem aprender as lições destes desafortunados eventos e repensar onde estão salvando seus dados pessoais e íntimos.

Muitos usuários móveis não sabem que seus dados não são salvos apenas nos seus equipamentos. Muitos aparelhos e aplicativos vem com funções de backup automático na nuvem. Backups na nuvem podem ser uma ferramenta muito útil para evitar a perda de dados, mas se você deseja apagar fotos íntimas do seu aparelho, você deve se lembrar também de apaga-las na nuvem.

Como proteger suas contas

Se os hackers conseguiram acessar os dados através de uma falha no iCloud, fraudes via phishing ou utilizando programas de força bruta, há um denominador comum em todos eles: senhas.

O especialista em malware móvel, Filip Chytry recomenda o seguinte para proteger suas contas:

  • Utilize senhas fortes: Senhas fortes são fundamentais quando o assunto é proteger as contas online. Senhas fortes devem ter pelo menos 8 caracteres, conter uma combinação de letras, números e símbolos. O ideal seria que você não conseguisse se lembrar da própria senha a primeira vez entrar em sua conta com sua nova senha. Você deve atualizar todas as suas senhas a cada três meses e depois de episódios de vazamento de contas online.
  • Utilize senhas diferentes para cada uma de suas contas: Não é fácil lembrar de senhas diferentes para todas as suas contas online, mas é vital que cada conta online tenha uma senha forte e diferente das outras. Senhas precisam ser pensadas como chaves, você não quer que a chave da sua casa abra o seu carro: contas online devem ter senhas diferentes. Gerenciadores de senha como o avast! EasyPass podem ajudar você a proteger suas senhas e contas.
  • Habilite a autenticação por dois fatores: Muitos sites e serviços oferecem autenticação por dois fatores, o que significa que para entrar em suas contas, além da senha, é preciso digitar um código numérico enviado ao seu telefone. Isto ajuda a verificar se a pessoa que está tentando entrar em uma conta é o seu verdadeiro dono e se é uma pessoa real (não apenas um programa tentando invadir a conta).
  • Baixe uma proteção antivírus para o seu aparelho móvel: Um antivírus, como o avast! Mobile Security, protege os seus aparelhos móveis não só contra malwares, mas também de links phishing. Sites de phishing se parecem com sites legítimos para enganar você e roubar suas credenciais de login, que pode ter sido a forma com que os hackers que publicaram as fotos pornográficas conseguiram acesso às contas das celebridades.

Se isto aconteceu com elas, também pode acontecer com você

Com frequência colocamos as celebridades em um pedestal, mas na verdade elas são pessoas normais como você e eu. Ninguém está imune aos hackers, mas tomando cuidado de onde você armazena seus dados pessoais e utilizando as ferramentas adequadas para protege-los, você está evitando que hackers possam ter acesso a eles. Todos devemos transformar estas circunstâncias em uma oportunidade de aprender a proteger nossas informações pessoais.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

25, julho, 2014

4 razões para você não instalar antivírus no seu celular

Depois que empresas de antivírus passaram a investir pesado no desenvolvimento de produtos para celulares, algumas companhias do setor de telefonia começaram a contra-atacar dizendo que isso não passa de muito barulho por nada e que aparelhos móveis são seguros o bastante para viver sem proteção.

Celulares e tablets se tornaram uma febre no mundo inteiro e hoje já passaram a ser alvos de hackers

Hoje em dia celulares e tablets são uma febre no mundo inteiro e se tornaram um ótimo alvo para cybercriminosos

Não há dúvidas de que a grande maioria dos hackers preferem atacar computadores, pois sabem que é lá que as pessoas hoje em dia guardam seus dados mais vitais, fazendo do celular um alvo de menor importância. Entretanto, a cada dia que passa usamos mais o celular do que o computador, seja por conveniência de poder carregar tudo que precisamos no bolso da calça ou por simples paixão pelas telinhas móveis.

Isso dito, a conclusão é a seguinte: hoje os cybercriminosos ainda focam em ataques a computadores, mas com o aumento no uso de telefones celulares no Brasil e no mundo, eles poderão mudar de estratégia do dia para a noite.

Portanto, aqui vão 4 razões para você não baixar um antivírus no seu telefone:

1)      Você não salva nenhuma informação importante em seu celular: caso você seja uma das poucas pessoas que não faz nada com o seu celular além de ligar para os amigos, então talvez pode-se dar ao luxo de não usar um antivírus no celular. Mas se em alguma vez na vida você fez compras via telefone móvel, então lembre-se que seus dados estão possivelmente armazenados em algum local de fácil acesso.

2)      Você acredita fielmente que o seu celular jamais substituirá o computador: se você está 100% certo de que o desenvolvimento tecnológico que vivenciamos nos últimos 14 anos não continuará a passos tão largos, então não há necessidade nenhuma de usar antivírus no celular, pois possivelmente você não pretende aposentar seu laptop tão cedo.

3)      Você não corre o risco de perder ou ter seu celular roubado: caso você viva em um local seguro o bastante para ter certeza de que seu telefone móvel não vai cair em mãos erradas, então não se preocupe em instalar um antivírus com sistema antifurto. Isso será inútil!

4)      Você não usa internet aberta: talvez você jamais precisará de uma Wi-Fi para acessar a internet no seu celular, mas caso precise então mantenha em mente que são em locais como esses que corremos os maiores riscos de ataques e contaminação.

Ou seja, se você se sente pelado ao sair de casa sem celular, acessa a internet através dele em wifi de shopping center, anda de carro ou a pé pelas ruas das principais cidade do Brasil e armezena mais de 50% dos seus dados pessoais neste pequeno aparelho de mão, então está na hora de instalar um antivírus nele, ao menos uma versão gratuíta.

Lembre-se que hackers trabalham 24 horas dia, 7 dias por semana para encontrar vulnaribilidades em sistemas operacionais e conforme aumenta o número de usuários de telefones, sobe também o interesse por descobrir formas de implementar novos ataques. Segundo a Anatel, em março deste ano o Brasil possuía mais de 270 milhões  de telefones celulares ativos, o que representa mais do que a população do país (aproximadamente de 200 milhões de pessoas).

Com essa debandada para o uso de celulares no Brasil, você tem alguma dúvida de que hackers já estão investindo em ataques a telefones móveis?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
21, julho, 2014

Usando antivírus para cortar custos de TI em micro e pequenas empresas

Você acaba de digitalizar ou automatizar sua empresa ao criar um sistema online de manutenção de dados, coleta de pedidos, pagamentos, etc pois está cansado de tanto papel e quer evitar as constantes indas e vindas a bancos e casas de correiros? Ou então, você está no clube dos novos empresários brasileiros que acaba de abrir um novo negócio onde a informática é a chave principal para a administração da empresa? Seja lá qual for a sua situação, saiba que ter um sistema de antivírus com console de administração central pode ajudá-lo a cortar gastos com TI.

Pensando em automatizar a segurança de dados da sua empresa? Descubra como antivírus pode te ajudar a economizar tempo e dinheiro

Recentemente, discutimos aqui maneiras de evitar perdas catastrófica de dados, cuja conclusão final, após analisarmos vários fatores, é que a segurança de seus dados comerciais dependem muito mais da forma como eles são administrados do que necessariamente de uma tecnologia em si. Entretanto, o que um sistema de antivírus faz por você é bem simples: ajuda a manter seu orçamento em dia.

No geral, empresários são pessoas sem tempo para gastar com questões administrativas internas e não podem perder um dia de trabalho interceptando ataques de hackers. Como consequência, profissionais da área de TI (Tecnologia da Informação) se tornaram de extrema importância na estruturação de micros e pequenas empresas, o que também afeta negativamente o bolso e a conta bancária dos empresários.

Mas, e se eu te dizer que há uma maneira de simplificar este processo, reduzindo custos e aumentando o nível de segurança de seus dados?

Acredite ou não, mas micros e pequenas empresas possuem hoje em dia a possibilidade de gerenciar ataques de vírus e malwares através de um único login em um único computador: este é o não tão famoso, mas primordial, console central de administração.

Com ele, você não precisa navegar no mundo complicado e ilegível da programação de dados para impedir hackers de atacar os computadores de seu empresa. Em uma única janela de administração, desenvolvida em uma interface dinâmica e fácil de ser compreendida, você pode checar diariamente como os computadores de sua empresa estão sendo protegidos. Caso precise fazer alguma atualização de software ou vírus que não foi feita pelo seu funcionário, você não precisa ir fisicamente até aquela máquina, basta simplesmente usar a interface do console central.

Mas digamos que você não tenha tempo (e nem paciência) para fazer isso, você pode treinar uma pessoa de confiança dentro da sua empresa para ser responsável por este processo. Este profissional não precisa ser um técnico de informática, mas alguém que goste de tecnologia. Pegue alguém jovem, mas responsável, que não custe caro e dê a ele/ela a chance de mostrar serviço entregando em suas mãos a responsabilidade de manter em dia o antivírus da sua empresa. E caso fique preocupado com a maneira como a pessoa lida com seu sistema, você pode a qualquer momento (por exemplo 1 vez por semana/mês) acessar a interface do console de administração e facilmente checar o trabalho.

Não há dúvidas nenhuma de que mesmo com esse console de administração do antivírus você continuará na dependência de um profissional de TI para manter sua rede em dia, mas este profissional poderá ser terceirizado e requisitado somente 3 ou 4 vezes ao ano, ao invés de tê-lo na empresa com frequência ou como funcionário.

Outro detalhe, o console de administração geralmente já vem como parte do antivírus, portanto, não requer fórmulas matemáticas para ser instalado. O próprio antivírus pode ser baixado e instalado facilmente via internet sem a necessidade de vasta experiência em TI.

Se você ainda está em dúvida sobre qual antivírus adquirir em sua empresa, leia também as nossas dicas sobre o assunto publicadas na semana passada. Ou melhor, baixe uma versão de teste grátis e descubra por você mesmo as vantagens de usar um antivírus com console central de administração.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
15, julho, 2014

Vai vender ou jogar fora seu celular? A reconfiguração de fábrica do Android falha ao apagar arquivos pessoais!

A internet se tornou um grande mercado popular, como sites de vendas diretas entre consumidores como a Amazon, eBay e Craigslist, vendendo milhões de produtos todos os dias. Smartphones usados são itens de vendas muito populares no eBay – mais de 80.000 pessoas expõem seus celulares a venda por dia. Parece uma forma muito inteligente de fazer um dinheiro extra, mas a AVAST descobriu que muitos deles falham no processo de proteger sua identidade e privacidade.

A AVAST recuperou inúmeros dados pessoais de smartphones usados

A maioria dos vendedores excluem todos os seus dados pessoais antes de vender seus aparelhos… ou assim eles pensam. Compramos 20 celulares Android usados pelo eBay e utilizamos um software de recuperação simples e facilmente disponível para obter arquivos excluídos. A quantidade de dados que conseguimos recuperar é assustadora e prova que a simples exclusão não é suficiente.

Nossos técnicos descobriram o seguinte:

Infográfico eBay Julho 2014

  • Mais de 40.000 fotos armazenadas
  • Mais de 1.500 fotos familiares de crianças
  • Mais de 750 fotos de mulheres em vários estágios de nudez
  • Mais de 250 selfies do que parecem ser os antigos proprietários
  • Mais de 1.000 buscas do Google
  • Mais de 750 emails e SMS
  • Mais de 250 nomes e emails de contatos
  • Identidade de 4 antigos proprietários
  • Um formulário completo de empréstimo bancário

Um dos celulares tinha um software de segurança de uma empresa competidora instalado, mas, infelizmente ele não ajudou o antigo proprietário como mostrou a maioria das informações pessoais que pode pode ser extraída daquele aparelho.

Ninguém se preocupa com as minhas antigas fotos, mensagens e buscas no Google, certo?

Errado! Como diz o velho ditado, uma figura vale mais do que mil palavras. Agora acrescente ao quadro as mensagens privadas do Facebook que incluem a localização, as buscas no Google por emprego em determinada área, vídeos e fotos, telefones dos contatos. Reúna todas estas peças juntas para fechar o quebra-cabeça e você verá claramente quem era o antigo proprietário do aparelho. Xeretas, inimigos e ladrões podem tirar proveito dos dados pessoais para ameaçar, bloquear ou roubar as identidades das pessoas. Eles podem utilizar estas informações para observar cada movimento das pessoas, explorar seus pontos fracos, abrir cartões de crédito em seu nome ou até mesmo continuar o que já fizeram e roubar ainda mais dados pessoais disponíveis na internet.

Como deletar permanentemente e sobrescrever os dados do seu celular Android

Excluir arquivos do seu celular Android antes de vendê-lo ou doá-lo não é suficiente. Você precisa sobrescrever seus arquivos, tornando-os irrecuperáveis. Para fazer isto, instale o avast! Anti-Theft da loja Google Play. Quando o aplicativo estiver instalado, habilite a função “Apagar completo” nas configurações avançadas do aplicativo. Você precisa criar uma conta no portal my.avast para conectar-se ao telefone (isto também permite que os usuários apaguem remotamente seus celulares em caso de roubo). O último passo é a limpeza e apagamento completo do telefone, que irá excluir e sobrescrever todos os dados pessoais.

eBay infograph PT July 2014

Leia mais sobre como cybercriminosos podem acessar seus dados pessoais através de seu telefone celular.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
8, julho, 2014

Validando o avast! GrimeFighter e otimizando o seu PC

Alguma vez você já teve a impressão de que o seu PC ficou mais lento do que o normal? Ou ainda, perdeu os dados do seu HD de uma hora para outra, ou nem mesmo tinha notado aquele barulho de dentista dentro do computador?

 

Para resolver esses problemas e ampliar a sua segurança, o avast! GrimeFighter, um programa otimizador de PCs, entra no mercado. Ele atua verificando as sujeiras deixadas por programas mal instalados, barra de ferramentas que deixam rastros, hardware em mal funcionamento, etc… Ou seja, ele verifica e corrige tudo o que pode deixar o seu PC mais lento e protege seus dados contra falhas inesperadas.

Minions

É importante mencionar que o avast! GrimeFighter não é um antivírus, mas o seu uso em conjunto com um avast! antivírus torna-o em uma perfeita ferramenta para manter seu PC protegido.

Uma dúvida frequente em relação a este produto é o método de validação do GrimeFighter, uma vez que os clientes estão acostumados com o sistema de inserção de licenças dos produtos antivírus e acabam por confundir como validar o programa. Para que o avast! GrimeFighter seja validado em seu avast! antivirus, você precisa primeiro adquiri-lo utilizando o mesmo endereço da sua conta avast!. Além disso, é necessário efetuar o login através da sua conta avast! por dentro do seu avast! antivirus. Dessa forma a licença é automaticamente inserida e o avast! GrimeFighter validado. Para efetuar o login na sua conta avast!, acesse a interface do avast! antivirus, e clique no menu lateral APARELHOS. A seguir, entre com o seu endereço de e-mail e a sua senha.

Caso prefira, você pode também utilizar uma versão autônoma, por fora do avast! antivirus.

Validando o GrimeFighter e usando o programa pela primeira vez

Ao executar uma varredura com o avast! GrimeFighter pela primeira vez no seu computador, ou após reinstalar o Windows, e caso já tenha uma licença válida, você precisará validar o programa. Para fazê-lo, clique em “Já tem uma licença?” na parte inferior da tela. Clique em “Efetue Login” na sua Conta avast! usando as credenciais fornecidas durante a compra do avast! GrimeFighter.

Se você não lembra a sua senha, clique em “Esqueceu sua senha” e digite o e-mail fornecido durante a compra do avast! GrimeFighter para receber um link e então redefinir sua senha. Uma tela mostrará os detalhes da sua assinatura. Clique em ‘Use esta licença’ para ativar o avast! GrimeFighter.

Após a ativação do avast! GrimeFighter, clique em ‘otimizar meu PC’ para continuar. O programa efetuará um reinício do sistema, agora em Linux, e começará a escanear o seu PC. Como este sistema operacional não tem acesso ao seu Windows, pode ser que seu wi-fi não funcione, e nesse caso sugerimos o uso de um cabo de rede para prosseguir com a otimização do seu computador. Depois bastará aguardar o resultado do escaneamento e seguir as instruções que o programa oferecerá.

Caso ainda necessite de alguma ajuda referente ao GrimeFighter ou qualquer outro produto avast!, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ao cliente.

Comments off
18, junho, 2014

Celulares substituem radinhos de pilha nos estádios. Aparelhos móveis agora são mais visados do que nunca

Ladrão de telefone

Você já substituiu o radinho de pilha pelo celular nos estádios? Então, cuidado!

Lembro-me como se fosse hoje quando fui assistir a final da Copa Libertadores da América, em junho de 1992, no Morumbi, com meu finado tio Carlos. Ele, são paulino roxo que era, eu e meu primo, Carlinhos, chegamos ao entorno do estádio paulista por volta de 2 horas antes do jogo onde o trânsito não ia, nem vinha. Tio Carlos suava a frio e não tirava seu radinho de pilha do ouvido. Foi assim que ele mandou Carlinhos parar o carro no primeiro estacionamento no início da Avenida João Jorge Saad aos gritos: “Vamos descer e correr a pé porque tá tudo parado, já informaram aqui no rádio”.

Foi o que fizemos! Tio Carlos corria com uma mão segurando o rádio e a outra os ingressos. Eu, aos 13 anos de idade, segurava as mãos do meu primo (15 anos mais velho que eu) tentando acompanhar o passo. Nessa correria, a carteira do tio Carlos caiu no chão e alguém vindo logo atrás pegou e devolveu (em um singelo ato de honestidade), mas a verdade é que o radinho de pilha e os ingressos estavam mais seguros do que nunca!

Ontem, ao assistir pela TV a partida de futebol entre Brasil e México pela segunda rodada da Copa fiquei impressionado ao perceber que praticamente todos os torcedores filmados nas arquibancadas seguravam telefones celulares. São nesses pequenos aparelhos que hoje em dia guardamos não somente informações sobre trânsito e futebol, mas também dinheiro, identidade e ingressos dos jogos.

Não é preciso ser nenhum especialista para perceber como o telespectador mudou a maneira de assistir futebol. Não basta mais só ter a TV, é necessário também um PC, um tablet ou um celular ligado ao mesmo tempo, assim podemos participar de discussões online e manter-nos conectado com outras coisas que ocorrem ao mesmo tempo que a bola a rola.

Imagine só quanta informação sobre a nossa vida pessoal não deixamos pelo caminho durante esses “relacionamentos” online com o mundo direto do sofá de casa. E depois imagine o que pode acontecer se você, por acaso, deixar cair seu celular do bolso, assim como tio Carlos fez com a carteira, no meio da rua. Quem garantirá sua segurança e privacidade?

Vamos e convenhamos, a bem da verdade é que nessas situações dependemos de atos de honestidade, mas como não podemos confiar muito nisso, então temos de encontrar outras maneiras de manter o celular seguro, ainda mais porque hoje em dia hackers podem roubar os dados de nossos aparelhos mesmo quando estes estão em nossas mãos.

Por essa razão, o mercado de antivírus vem inovando seu portfólio de produtos e, aos poucos concentrando-se na criação de produtos voltados para a telefonia móvel. Hoje em dia você já pode ter proteção gratuita contra ataques de hackers, advertência sobre sites infectados, monitoramento do estado de segurança do seu aparelho, entre outros recursos. E, como eu disse, tudo isso de graça!

E se você ainda precisa de segurança extra, o avast! VPN, por exemplo, criptografa todas as suas atividades em WiFi aberta, garantindo assim a sua privacidade. Ou com o avast! Anti-Theft você localiza seu aparelho perdido ou roubado à distância via GPS ou WiFi, bloqueia o aparelho, recebe notificação de troca do cartão SIM e ainda ativa uma sirene de alarme.

Se tio Carlos ainda estivesse por aqui estaria com um pouco mais de 90 anos e, para ser sincero, duvido que ele teria um “smartphone” para acompanhar os jogos, na verdade, acredito que ele ainda estaria torcendo pelo São Paulo e pela Seleção através de seu inseparável radinho de pilha. Mas a realidade de hoje é muito diferente do de 20 anos atrás, e sair de casa sem o celular é quase que sair sem roupa. Portanto, manter seu aparelho móvel seguro online e offline é mais importante do que o 0 a 0 da partida de ontem. E aí fica a pergunta: como você faz isso no seu dia a dia? Mantém o celular no bolso, confia na honestidade das pessoas ou simplesmente usa um dispositivo de proteção?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

 

 

Comments off