Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘free antivirus’
4, setembro, 2014

Porque vírus para celular não é uma lenda

Outro dia um amigo meu comparou a existência de vírus para celular com o Saci Pererê: “todo mundo já ouviu falar, mas ninguém nunca viu nenhum”. Apesar desta ser uma boa “tirada”, ela não é de nenhuma maneira engraçada. Aliás é um tanto quanto trágica. Se você nunca viu, não significa que não existe.

new-AMSpost_img-300x300

Quer evitar ataques ao seu celular? Baixe aplicativos somente em lojas oficiais

Há indícios de que programas maliciosos começaram a se alastrar em telefones móveis há mais de uma década, ou seja, muito antes dos famosos smartphones darem as caras. A diferença é que, naquela época, usávamos nossos celulares “só” para telefonar, ou no máximo mandar algumas mensagens de texto. Hoje o telefone móvel é um computador de bolso. Temos lá nossas vidas: agendas de contato, diários, planilhas de Excel, emails, acesso às redes sociais, podemos gerenciar lá nosso dinheiro, pagamentos e usos de cartões de crédito e débito, consultamos GPS e endereços, deixando lá o histórico de nossas rotas diárias, etc. Esqueci alguma coisa?

Acredito que sim. Caro leitor, me ajude nessa! O que mais podemos fazer com o celular? E depois eu pergunto: você acha que todas essas informações armazenadas em um único local não chamaria a atenção de cibercriminosos?

O problema é que, às vezes, você instala um aplicativo que não parece ser malicioso, mas que do nada passa a atacá-lo. Isso geralmente ocorre ao baixar programas de lojas não oficiais, mas pode acontecer também que um de seus contatos foi quem cometeu o equívoco de instalar um aplicativo de risco e, depois de contaminado, passa a enviar malwares para você via SMS.

“Enquanto pode demorar um tempo para criadores de malware para celular burlar lojas oficiais e suas políticas de venda, há maneiras menos maliciosas dos desenvolvedores de aplicativos nocivos tomar vantagem do mercado”, explica Filip Chytry, Analista de Malware da avast!. Segundo ele, existe uma “linha fina” entre malwares maliciosos e não maliciosos, fazendo com que os usuários baixem um programa nocivo que não causa danos de imediato, mas que pode a qualquer momento atacar o próprio usuário ou telefone de alguém de sua lista de contatos.

Em outras palavras, você pode estar carregando um Saci Pererê em seu smartphone sem saber e acha que está tudo certo. Portanto, além de instalar um antivírus no seu aparelho, tome cuidado com a maneira como você o usa. Procure utilizar somente lojas oficiais para baixar aplicativos. Se você usa Android, faça downloads somente no Google Play, para iPhone utilize AppleStore.

Outro detalhe, cuidado ao acessar a internet no seu celular via uma wi-fi aberta/pública, ou seja, em shopping centers, estádios de futebol, etc. Se um ataque ocorrer à esta rede, seu telefone poderá ser facilmente atingido sem você nem mesmo notar. E isso vale também para usuário de iOS. A sugestão para driblar este obstáculo é a instalação de um VPN (Virtual Private Network) no aparelho, além de um antivírus confiável.

Não substime o poder de fogo de hackers ao redor do mundo. Eles podem parecer verdadeiras lendas, mas existem e estão mais próximos do que você imagina.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

26, agosto, 2014

5 razões para você não instalar antivírus em seu PC

Seguindo um recente texto que publicamos entitulado como “4 razões para você não instalar um antivírus em seu celular”, vamos hoje falar sobre os motivos pelos quais você não deveria ter uma proteção para o seu computador.

fbsec02

O mundo virtual é um tanto quanto complexo e o uso de antivírus continua sendo essencial para cada usuário de computador

 

Aliás, este assunto tem se tornado bem popular ultimamente com discussões em torno do fato de que antivírus deverá se tornar obsoleto em um futuro próximo. Só o tempo dirá a verdade, mas por enquanto antivírus continua essencial para qualquer pessoa que possui um computador. Por outro lado, temos de admitir que há algumas razões para não usar antivírus. Aqui vão elas:

  1. Você é um hacker: se o seu trabalho é simplesmente realizar ataques de malwares a computadores e servidores ao redor do mundo, você provavelmente sabe muito bem como lidar com qualquer ataque ao seu PC, portanto, se você for um hacker não precisa usar um antivírus.
  2. Seu PC roda em Linux: e não é pela “lenda” de que não existe vírus em Linux, porque existe e muito, mas devido ao fato de que se você tem habilidade o bastante para lidar com sistemas operacionais abertos, então muito provavelmente você sabe como impedir todo tipo de ataque e pode facilmente limpar seu PC em caso de contaminação, mesmo que isso lhe custe um fim de semana na frente do PC.
  3. Seu PC só funciona offline: caso você tenha um PC em casa só para jogar paciência e xadrez e nunca conectou-o (e não pretende conectá-lo) à internet, então para que ter antivírus? Se o seu PC só funciona offline, você definitivamente está seguro! Mas mesmo assim, jamais conecte um pen drive à sua máquina, pois se este estiver contaminado seu PC também será.
  4. Seus dados não são importantes: se o que você faz com o seu PC na internet não tem a mínima importância e os dados que você guarda tanto no hard drive quanto em redes sociais e em arquivos nas núvens são irrelevantes, realmente possuir um antivírus não lhe levará a nada, pois para que proteger algo sem valor?
  5. Você já possui um antivírus: caso seu computador já tenha um antivírus instalado, por favor não cometa o erro de instalar outro! Instalando dois programas de proteção em um mesmo PC consome memória, dificulta a limpeza e um acaba conflitando com o outro. Essas são as razões que gerelmente levam as pessoas a reclamarem de antivírus.

Entretanto, se você não se enquadra em nenhuma das situações acima descritas, então corra e garanta já o seu antivírus. Escolha por um que atualize seus programas automaticamente (programas desatualizados são as melhores vias de ataques de vírus), e que tenha um firewall confiável capaz de ser customizado de acordo com as suas necessidades.

Outro ponto importante é ter um antivírus com sistema de antispam para alertá-lo de possíveis emails fraudulentos, além de uma zona segura onde você possa realizar compras online sem correr o risco de ter seu cartão de crédito ou débito furtado.

Com os computadores atuais cada vez mais rápidos e softwares cada vez mais leves, a “estória” de que antivírus deixa seu computador lento já virou lenda, coisa da era medieval do mundo cibernético! Instale um antivírus em seu PC agora, você não tem nada a perder!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

20, agosto, 2014

Aplicativo Facebook Messenger não é o maior perigo para a sua privacidade

Na semana passada, o anúncio de que o Facebook iria obrigar todos os seus usuários de Android a baixar o aplicativo Messenger para ler e enviar mensagens via telefone ou tablet na rede social mais popular do mundo causou um certo desconforto em muitas pessoas e levantou algumas dúvidas: quais são as reais intenções do Facebook com isso? A minha privacidade está em jogo?

Pessoalmente, esta comoção mundial (não foi só no Brasil que o assunto ganhou manchetes) é um tanto quanto estranha. Lembro que em 2011 quando comprei um smartphone Android para a minha esposa ela ficou muito receosa com o fato de que para baixar aplicativos ela teria de autorizar o Google (e outros donos de programas) a ter acesso ao aparelho, incluíndo seus contatos. Isso ocorre também ao baixar, por exemplo, What’s App, Viber, etc… Então, por que essa preocupação toda agora?

Novo aplicativo Facebook Messenger tem assustado muita gente. Mas ele é realmente o único perigo que corremos online?

Novo aplicativo Facebook Messenger tem assustado muita gente. Mas ele é realmente o único perigo que corremos online?

É preciso lembrar que a quantidade de dados que o Facebook possui de seus usuários na plataforma para computadores já é o bastante para deixar algumas milhões de pessoas de “calças curtas” por aí, sem contar o que pode ser adquirido via Instagram e o próprio What’s App, recentemente adquirido pela a empresa de Mark Zuckerberg. Entretanto, divulgamos diariamente a nossa rotina na web sem se preocupar com nada e achamos até legal quando recebemos 3 dígitos de joinha de gente que a gente nem sabe quem é.

Bem, a moral da história aqui é o seguinte: diante de tudo que já publicamos online e offline, o aplicativo Facebook Messanger não é o maior perigo para a nossa privacidade. Você já pensou onde vai parar aqueles formulários que você preenche para ganhar descontos em farmácias, supermercados, restaurantes, lojas online, etc? Pois é, provavelmente não!

Mas não é só isso!

Recentemente a avast! fez um teste comprando via eBay 20 telefones Android de segunda mão cujos donos teriam deletado todos dados alí contidos. Mas não demorou muito para que engenheiros da empresa conseguissem resgatar mais de 40 mil arquivos de fotos, vídeos, textos e até documentos, como um formulário de empréstimo bancário preenchido. E para este teste foi utilizado um software de recuperação de dados que qualquer pessoa pode adquirir online. Diante disso, podemos dizer que hackers não precisam de um aplicativo no Facebook para transformar sua vida em um inferno!

Mas como se proteger?

No dia a dia tome muito cuidado com formulários que você preenche. Procure manter uma lista dos locais onde você criou cartões de descontos ou fez algum pedido de reserva de produto. E caso você não queira mais os serviços daquela empresa, tente entrar em contato exigindo que seus dados sejam destruídos.

Na sua vida online, evite baixar aplicativos fora de lojas oficiais. Se possui Android, use a Google Play, para iOS faça tudo na AppleStore. É verdade que essas empresas vão coletar seus dados, mas ao menos você sabe quem são, diminuíndo os riscos de, por exemplo, um ataque de hacker ao seu aparelho.

Outro detalhe importante, muito cuidado com conexões de wi-fi abertas/públicas. Instale no seu Android ou iPhone um VPN (Virtual Private Network) para evitar que seu aparelho seja acessado mesmo que hackers ou crackers consigam invadir o wi-fi que você está conectado.

Para manter seus dados protegidos após a venda do seu Android, instale um antivírus que lhe dê controle total mesmo em caso de roubo, furto e perda do aparelho. Com esta proteção você garante que seu celular ou tablet seja monitorado online. Você pode até mesmo acionar uma sirene de alerta informando que o dispositivo foi roubado ou perdido. E, o mais importante, você pode deletar todos os seus dados para evitar que sejam usados por outras pessoas.

A realidade é uma só: privacidade online já não existe mais! É preciso agora manter-se seguro! Você já fez a sua parte?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

29, julho, 2014

Novo celular promote bater Apple e Samsung com preço a R$ 100

Uma fabricante de telefones celulares na India, a Karbonn Mobiles, acaba de lançar seu mais novo smartphone: o A50. Esse produto promete revolucionar o mercado de telefones celulares com um preço final por volta de 100 reais. O aparelho atualmente só está à venda na India, mas você pode adquiri-lo via internet pois a este preço os custos de importação são quase zero.

Imagem de divulgação do novo A50 da Karbonn Mobiles, na India. Smartphone a R$ 100

Imagem de divulgação do novo A50 da Karbonn Mobiles, na India. Smartphone a R$ 100

Uma das grandes vantagens do A50 é a possibilidade de usar duplo cartão SIM, dando ao usuário a praticidade de mudar de provedores e número do telefone sem a necessidade de trocar de aparelho. Um outro detalhe importante é que embora o A50 venha com apenas 512MB de memória no chip interno, o usuário pode aumentar a capacidade do aparelho para 32GB com cartões de SD. Ou seja, a capacidade de armazenamento fica igual a um iPhone, por exemplo.

O processor de 1.2GHz e memória RAM de 256MB são suficientes o bastante para você acessar seu Facebook, e-mail e até mesmo baixar jogos e música. Entretanto, um detalhe que poderia ser um pouco melhor é a qualidade da tela, que atualmente é de apenas 480×320 pixels (o iPhone 5 tem uma resolução de 1136×640 pixels). Portanto, se você é um fã de cinema e gosta de assistir filmes em seu celular, talvez esta não seja a melhor opção.

Um outro detalhe negativo fica por conta da câmera de 2 megapixels que, além de ter uma baixa resolução, só está disponível na parte de trás do aparelho, obrigando o usuário a se contorcionar para fazer selfies. Além do mais, conversas via Skype ou Google Hang-Out seriam um pouco complicadas através de vídeos.

Moral da história, se você está a procura de um smartphone barato para as tarefas básicas do dia a dia, o A50 da Karbonn pode ser a escolha ideal. Rodando no sistema Android, este aparelho é rápido o bastante para acessar a internet e é um tanto quanto conveniente para tocar música.

Há algumas lojas na internet já oferecendo o A50 com o preço em torno de R$ 100. Entretanto, é bom lembrar que a grande maioria dessas lojas estão localizadas na India e, portanto, o preço divulgado é em rúpia indiana (1 real custa em torno de 27 rúpias).

Isso dito, tome cuidado com os sites que você fará a transação, compre somente de lojas autorizadas (onde a página de pagamento começa com http), utilize computadores em redes fechadas e caso você não tenha um antivírus na sua máquina, instale um antes de fazer a compra.

Alguns analistas de smartphones nos Estados Unidos, Reino Unido e Europa já colocam o A50 como uma ameaça aos poderosos aparelhos da Samsung e Apple, principalmente devido ao preço. E se considerarmos o mercado de países emergentes como o Brasil, este produto tem realmente um grande potencial de venda. Resta saber se ele funcionará bem o bastante para fazer frente às gigantes da telefonia móvel.

E aí, o que você acha? Um smartphone a 100 reais é negócio? Ou você prefere investir um pouco mais em um aparelho de marca renomada, como Apple ou Samsung?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

 

Comments off
23, julho, 2014

Como lidar com vírus em redes sociais – Facebook fãs: essa é pra vocês

De acordo com uma recente pesquisa publicada pela empresa comScore, brasileiros surfam no Facebook mais do que argentinos e mexicanos juntos. Enquanto acessamos uma das redes sociais mais famosas do mundo por mais de 46 milhões de minutos por ano, nossos “hermanos” ficam por lá míseros 22 milhões de minutos, enquanto que os coterrâneos do Chaves e seu Madrugada também estão na casa dos 22 milhões. O que isso significa?

shutterstock_59224768

Isso significa que o Brasil pode passar a ser o principal foco de ataques maliciosos via mídias sociais, colocando o país na rota principal de crimes onlines. No começo deste mês, publicamos aqui um artigo falando sobre o “Golpe do Boleto” e ontem discutimos o mais novo formato de ataque conhecido como “caça submarina”. Entretanto, o número de malwares espalhados via redes sociais parece crescer tão rápido quanto o uso do Facebook (também conhecido como FB ou Face) no Brasil.

Aqui na AVAST, uma empresa focada em segurança online, recebemos diariamente um número grande de perguntas e “pedidos de socorro” por parte de nossos usuários que não sabem mais o que fazer com os víruses que carregam em suas contas no Facebook. O mais recente caso foi de uma usuária de nossos produtos que clicou sobre uma imagem falsa do acidente com o avião malaio e em questões de segundos estava enviando e-mails contaminados para todas as pessoas de sua lista de contato.

Como evitar esse tipo de transtorno

Muita gente acha que só porque possui um antivírus em seu computador pode fazer o que quiser com o mesmo que nada de errado acontecerá. Não é bem assim!

O antivírus envia alerta de ataques constantemente ao usuário e, em muitos casos, evita a contaminação silenciosamente, ou seja, sem a necessidade de alguma ação manual. Entretanto, se o usuário ignorar as mensagens de alerta, não atualizar seus programas e software e não tomar cuidado com os links que acessa, o antivírus dificilmente poderá ajudar.

Esse é o caso que frequentemente ocorre em redes sociais. O antivírus protege a sua máquina, o hardware, não a sua conta no Facebook. Portanto, mesmo que o seu perfil tenha sido atacado em uma rede social, dificilmente a sua máquina será atingida se esta possui um antivírus, mas o seu perfil na rede social é uma outra história.

O que fazer em caso de infecção

Se a sua página no Facebook ficou totalmente fora de controle e está enviando vírus para todos os seus contatos, esqueça seu antivírus por alguns minutos! Agora o negócio é com você, meu caro! O antivírus só pode responder pelo o que acontece na sua máquina e não tem acesso ao vírus que está corroendo sua página lá no Facebook, que é um abiente totalmente diferente.

Malaysian-airlines-scamsPT

Criminosos não respeitam nem mesmo tragédias

Portanto, a sugestão aqui é bem simples. Primeiro, troque a sua senha de acesso ao seu perfil no Facebook (e faça o mesmo com seu e-mail cadastrado no FB). Isso deverá impedir que o vírus continue se alastrando. Depois, envie um e-mail a todos os seus contatos dizendo que você clicou em um link malígno no Facebook e que ninguém deveria abrir as mensagens que você está mandando, mesmo se estas garantam mostrar você pelado após o banho.

Agora, se este vírus contaminou o seu PC, daí você terá de tomar 3 iniciativas:

1)      Verifique que tipo de antivírus você possui e se este cobre todas as ações que você faz na internet. Por exemplo, se você gosta de baixar Torrent ou jogar online, um antivírus gratuíto não será suficiente para garantir a sua segurança. Procure por um antivírus com sistema de firewall e atualizador automático de progamas. Um filtro antispam também ajudaria bastante aqui. O AVAST Premier é um bom exemplo desse tipo de produto.

2)      Instale um sistema de varredura de PCs que indicará rapidamente quais são os vírus que contamiram seu computador. Geralmente, esse tipo de produto é muito fácil de ser instalado e é gratuíto. Caso você identifique um vírus em seu PC, daí terá de removê-lo, o que você pode fazer manualmente ou automaticamente através do mesmo sistema de varredura. Entretanto, é bom lembrar que embora a varredura do seu computador seja gratuíta, geralmente é preciso pagar pelo produto para que a limpeza seja feita. O GrimeFighter pode ajudar neste processo.

3)      Passe a ser muito mais criterioso com relação aos links que você acessa e os sites que você frequenta. Na vida real evitamos de passar por locais de alta incidência de assaltos e sempre descofiamos de atitudes suspeitas, faça isso na sua via virtual também!

E um último detalhe, se seu antivírus está enviando mensagens do tipo: “uma ameaça foi detectada no seu PC”, não entre em parafusos! Mantenha a calma pois isso signifca que o seu antivírus fez um grande trabalho em salvar o seu computador de uma catástrofe e está lhe informando sobre isso. Em outras palavras, o antivírus está apenas mostrando orgulho por salvar sua vida virtual!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

18, julho, 2014

Vídeo mostra como melhorar a segurança de celulares Android

Este mês, a AVAST publicou um teste com telefones Androids que tem dado o que falar. A empresa conseguiu resgatar mais de 40.000 arquivos de fotos, vídeos e textos de 20 celulares Androids comprados via eBay. Mas a pergunta que fica dessa história é: como proteger meu celular?

Primeiramente, vale lembrar que a Android vem investindo pesado para driblar esse problema da recuperação de dados instalando, por exemplo, um sistema de criptografia para dar mais proteção aos arquivos salvos e deletados nos aparelhos que rodam o sistema operacional criado pela Google. O problema é que os dados só são criptografados se o usuário acionar esta função através da interface do telefone, caso contrário, imagens, fotos e vídeos podem continuar sob risco.

Entretanto, uma outra maneira de manter seu Android protegido é através da instalação de um sistema antifurto, que dá ao usuário a possibilidade de “sobrescrever” os dados de seu aparelho, impedindo assim que qualquer informação seja acessada, remotamente.

Para mostrar como isso funciona na prática, decidimos publicar aqui um vídeo criado por um site independente, ou seja, feito por pessoas que não são funcionários da AVAST e que fizeram uma análize detalhada do nosso antivírus para Android há 1 ano. Além do avast! Anti-Theft, que é gratuito, também é discutido no vídeo outros aplicativos do avast! Mobile Security. Com a palavra, a equipe do site Adrenaline:

 

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
2, julho, 2014

O Orkut fechou: 5 razões para você desativar seu perfil hoje

Hora de dizer adeus ao Orkut. Não esqueça de fazer o mesmo no seu celular

Hora de dizer adeus ao Orkut. Não esqueça de fazer o mesmo no seu celular

 

Esqueça os depoimentos secretos, as animações que encantavam a todos e as comunidades em formato de fórum que interagiam mais do que qualquer outro canal de rede social. Scraps? Não mais, já pode procurar por outro bordão porque o famoso “só add com scrap” já foi para o museu da internet. E a sorte do dia? Ah, pode começar a fazer a sua você mesmo porque o Orkut fechou!

Depois de 10 anos a Google se curva às dezenas de competidores e fecha uma das redes sociais de maior sucesso no Brasil. E este anúncio talvez não tenha pego ninguém de surpresa, pois desde 2012 o Orkut vem perdendo espaço no país e sendo substituído pelo Facebook, Instagram, entre outros. Mas você sabe o que fazer agora e os riscos de deixar o seu perfil lá? Aqui seguem 5 razões para você vazar do Orkut hoje:

1)      Segurança dos seus dados: A Google é uma empresa que investe pesado na segurança de dados de seus usuários e dificilmente a sua privacidade no Orkut será afetada caso deixe seu perfil por lá, mas se até outras gigantes do universo “.com” como Facebook, Twitter e eBay já foram vítimas de ataques de hackers, por que a Google estaria livre disso? O problema aumenta devido ao fato de que após 30 de setembro deste ano você não terá mais acesso ao seu perfil no Orkut, ou seja, se tornará praticamente impossível para mapear qualquer atividade com seus dados oriundos desta rede social que já está com seus dias contados.

2)      Privacidade: Embora após 30 de setembro de 2014 ninguém mais poderá adicionar comentários nas comunidades do Orkut, os mesmos estarão visíveis a qualquer pessoa após esta data. Ou seja, tudo que foi publicado lá no passado poderá ficar para sempre visível a todos, o que pode causar constrangimentos no futuro. Pense nisso antes de dar de ombros ao que você já escreveu no Orkut.

 3)      Facilidade para desativar a conta: Até 30 de setembro você pode deletar todos seus comentários em comunidades do Orkut e fotos na rede através do seu perfil. Depois dessa data e até setembro de 2016, este procedimento continua sendo possível, mas somente através do Google Takeout. Não que isso seja uma fórmula científica a ser desbravada, pelo contrário, o Google Takeout é um tanto quanto simples, mas para que complicar se podemos simplificar? Desative a sua conta agora através da interface do Orkut e evite mais uma dor de cabeça. Ah, e não se esqueça do aplicativo para celular do Orkut, pois este também tem de ser desativado!

 4)      Perda de crédito em jogos: se você joga algum tipo de jogo via Orkut, entre em contato imediatamente com o criador do mesmo pois seus créditos poderão ficar inacessíveis. Se o jogo for migrado para uma nova plataforma, ficará mais fácil de você coordenar a mudança do seu perfil agora do que após 30 de setembro.

 5)      Calmamente decidir o que fazer com seus dados: Lembre-se de que você ainda pode salvar todas as informações que desejar (incluindo discussões, fotos e mensagens) no seu computador para guardar de recordação; ou exportar seu perfil para o Google+. Entretanto, mantenha em mente que a segunda opção, na verdade, é uma forma de vincular uma rede social a outra, ou seja, você terá um perfil no Google+ baseado no Orkut e não um Orkut funcionando no Google+ e, portanto, algumas informações e funções não funcionarão no novo ambiente. Fazendo a limpeza do seu perfil agora você poderá definir com calma o que fazer com todos os dados lá contidos, inclusive a migração dos mesmos para uma outra rede social, como o Facebook.

Na semana que vem eu vou trazer para você algumas dicas de como ajustar a sua conta no Google+, caso esta seja a sua opção.

Neste meio tempo, lembre-se que seja lá qual for a rede social que você escolher daqui para frente é crucial a instalação de um antivírus em seu computador, mesmo que esta proteção seja gratuita, pois a quantidade de malwares transmitidos via rede social está aumentando mais e mais a cada dia. Você pode ainda, por exemplo, usar um administrador de senhas para criptografá-las e evitar uma possível invasão do seu perfil. E mais, não se esqueça do seu celular e tablet, eles também podem ser atacados!

Desde o dia 1° de julho último ninguém mais pode abrir uma nova conta no Orkut, portanto, a hora de dizer adeus chegou! Como você planeja se despedir do Orkut?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
27, junho, 2014

Meme da semana: explodindo os ouvidos com atualização de voz do antivírus – saiba como evitar

Na semana passada, publicaram no Facebook um meme que se tornou viral com dezenas de comentários, muitos a favor e alguns contra a idéia de que ao ouvir música usando um fone de ouvido a cabeça pode vir a explodir ao receber uma mensagem de voz de atualiação de vírus. E vamos e convenhamos, embora trágico, este meme é um tanto quanto engraçado. Mas se você é um desses que morrem de raiva com as atualizações de voz, não se desespere! Ela pode ser desligada!

 

Não se preocupe, com produtos avast! você pode evitar essa tragédia facilmente

Não se preocupe, com produtos avast! você pode evitar essa tragédia facilmente

 

Pois é, de verdade mesmo! Acredite ou não, a mensagem de voz é uma ferramenta que, embora seja muito bem avaliada entre especialistas de TI, é opcional! Ou seja, você pode desativá-lá a qualquer momento para ouvir sua música em paz e manter seus “Tico e Teco” são e salvos. Para lhe dar uma forcinha nesta tarefa, veja a baixo um passo-a-passo do processo. Ele é válido para o avast!, portanto, se você possui outro antivírus este procedimento poderá ser diferente ou talvez nem existir.

 

 

1) Siga para a interface principal do avast! Antivírus (abaixo você vê o exemplo da versão grátis, mas o mesmo pode ser visto nos pacotes pagos), e clique sobre Configurações.

P_P_1_paint

 

2) Dentro de Configurações, clique sobre Aparência.

P_P_2_paint

3) Em Aparência, você pode desabilitar todos os sons do avast! ou habilitar somente o que você quer ouvir em Configurações dos sons.

P_P_3_paint

Depois disso, você garante a sua paz de espírito para ouvir suas músicas sossegado sem explodir os próprios ouvidos.  Bem simples!

O que futuro nos guarda?

Ninguém há de negar que o futuro do mundo dos computadores está direatemente ligado ao telefone celular. Por exemplo, já existem malwares para aparelhos móveis, algo que muita gente nem sequer imagina. A pergunta que fica é, como fazer para manter uma boa comunicação entre o usuário e o antivírus nesses “computadores de bolso”?

A avast! vem investindo pesado nessa área, criando por exemplo, o Free Mobile Security, uma versão gratuíta de antivírus somente para telefone celular, com uma nova interface que ajuda o dono do aparelho a controlar todas as atividades de segurança do mesmo tanto no smartphone quanto nas núvens (em caso de roubo, perda do telefone ou falta de carga). Mas como você (usuário final de antivírus) gostaria de receber suas atualizações? Divida conosco as suas idéias!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
24, junho, 2014

Quem está assistindo a Copa online?

Um dos primeiros mega eventos em que se viu a participação das chamadas “novas mídias” (como por exemplo, a internet) na cobertura jornalística foram as Olimpíadas de Sydney em 2000, na Austrália. Pela primeira vez jornalistas comunicavam com suas redações quase que simultaneamente às disputas e o mundo acompanhava tudo pela tela de seus computadores em tempo real. Se naquela época isso era um fenômeno, hoje em dia é algo corriqueiro, padrão. Você também está assistindo a Copa online?

Online...é assim que agora torcemos pelo Brasil

Online…é assim que agora torcemos pelo Brasil

Lembro que em 2000 a agência de notícias para qual eu trabalhava em Santo André, na Grande São Paulo, não conseguiu retirar credenciais para a cobertura dos Jogos de Sidney porque a empresa era unicamente voltada para jornalismo eletrônico, um tipo de mídia que não existia na lista do COI (Comitê Olímpico Internacional) até aquele momento. Conclusão, não pudemos ir à Austrália.

Em 2008, aí já pessoalmente em Sidney, trabalhei na cobertura dos Jogos de Pequim, na China, em uma rádio local e lembro como fiquei impressionado ao ver um colega sacar do bolso um smartphone no meio de um restaurante e conectá-lo à internet para assistir ao vivo uma das provas de natação. Em apenas 8 anos os dispositivos móveis mudaram não somente a maneira como a gente se comunica, mas também como a gente trabalha e se diverte!

Ontem, ao assistir o jogo entre Camarões e Brasil pela terceira rodada da Copa, me peguei envolvido  em um mar de computadores. Além da televisão ligada na partida da Seleção Canarinho eu tinha meu tablet conectado ao portal UOL para acompanhar lance a lance México x Croácia, enquanto que minha esposa assistia YouTube no laptop e ambos enviavam mensagens via whatsapp para amigos e familiares. Em outras palavras, um show de horrores!

Sim, porque é nesse mundo que hoje vivemos, o mundo virtual. Lindo, perfeito, que faz lembrar aquelas propagandas de sabão em pó em que crianças correm por ruas floridas usando roupas limpas e leves em pleno verão. Só que, o que esquecemos, é que por trás disso existe um mundo perigoso e traiçoeiro.

Na sexta-feira passada, dia 20 de junho, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que hackers invadiram seu site, impedindo o acesso ao conteúdo da entidade que rege o futebol nacional por quase 1 hora. Desastre? Nem tanto! Via assessoria de imprensa a CBF informou que uma equipe de profissionais tratou de cuidar do incidente rapidinho.

O problema é que a grande maioria das pessoas ainda não perceberam o quanto seus celulares são vulneráveis a ataques de vírus, principalmente durante eventos como a Copa. Muita gente se preocupa em instalar um antivírus para seus computadores, mas quem faz o mesmo com seus telefones móveis? Esses são os dispositivos que hoje em dia usamos para baixar vídeos e programas, jogar online e acessar todos os tipos de sites.

Não há mais desculpas para não ter um antivírus no celular, pois há várias opções grátis no mercado. E as opções pagas são muito mais baratas do que as vendidas para laptops e desktops. Mas quem está preocupado com isso?

Você, que está assistindo a Copa online usa antivírus em seu celular ou tablet? Já pensou nos riscos que vem correndo? Como você se protege virtualmente? Divida conosco a sua opinião!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
4, janeiro, 2014

Ano Novo, Antivírus Novo e… Gratuito

Ano Novo é o momento de pensar: é verdade que os antivírus gratuitos não protegem tão bem quanto os pagos?

A resposta é não. É um mito. E quem paga o preço é você. Em 2014 é o momento de você saber que alguns antivírus gratuitos são melhores que os pagos. E se não acredita em nós, compare os resultados de vários laboratórios de testes independentes e leia a recomendação da Consumer Reports em nosso blog.

Se você utiliza a internet para ver vídeos, navegar em sites conhecidos e compartilhar fotos nas redes sociais, a proteção gratuita do avast! dá conta de sobra do recado. A versão gratuita do avast! fornece escaneamento completo do seu computador e microatualizações streaming a cada 3,75 minutos!

Quando o assunto é atualização, o avast! trata os usuários free com o mesmo empenho do que os pagos. Sempre foi nossa filosofia oferecer um produto gratuito de alta qualidade.

Streaming

O suporte técnico do avast! é de qualidade inigualável. Com mais de 200 milhões de usuários em todo o mundo – 28 milhões no Brasil -, o avast! abre vários canais de suporte em português através do nosso fórum, blog, FAQs e site. Também é possível interagir com outros usuários para obter ajuda no Facebook, Google+, Twitter e YouTube.

Brasil

Quando o assunto é velocidade, o avast! atingiu 98,8% nos testes da AV-Comparatives do passado mês de novembro, um excelente desempenho durante a cópia de arquivos, instalação de programas e abertura de documentos. Tudo isto para que o impacto no seu computador seja mínimo.

Você também pode comparar o avast! com outros produtos – gratuitos e pagos – e não nos surpreenderemos se você descobrir que também oferecemos uma excelente velocidade de escaneamento e baixíssimo número de falsos positivos (arquivos ou sites limpos que são erroneamente marcados como infectados). A versão 2014 também oferece um Disco de Recuperação e limpeza do seu PC.

Há situações onde você precisa de proteção específica e aí sim vale a pena um produto pago. Em geral, os antivírus são disponibilizados em várias versões, onde cada uma delas acrescenta funções à anterior. No caso do avast!, temos a versão Free, Pro (que inclui a SafeZone para compras e bancos online), Internet Security (que acrescenta um Firewall e um Antispam) e Premium (com um atualizador automático de programas, acesso remoto a seu computador e um apagador profundo de dados). Elas podem ser comparadas aqui.

Recomende o avast! Antivírus e ganhe prêmios!

Você sabia que pode acumular pontos quando recomenda o avast! Antivírus a seus amigos? Quando seus amigos instalam o avast!, você acumula pontos e pode ganhar prêmios ou licenças grátis do avast! Internet Security. Saiba mais sobre o nosso programa de fidelidade e comece a acumular pontos!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off