Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Enterprise Security’
14, janeiro, 2013

Segurança empresarial: tendências para 2013

Experts em segurança concordam que a segurança empresarial está ficando mais complexa com o contínuo desenvolvimento e crescimento dos dados, uso de celulares e tablets, políticas BYOD (bring-your-own-device) e computação baseada na nuvem. O impacto que os malwares tiverem em setores financeiros e de empresariais em 2012 tiveram como saldo positivo repensar os modelos de segurança.

Jonathan Penn, Diretor de Estratégia da Avast Software, analisa algumas das tendências em segurança que irão pressionar os profissionais de TI em 2013.

Aparelhos móveis como um vetor de ataque

Com o aumento da utilização de smartphones e tables nas empresas, os produtores de malware colocarão o foco nos aparelhos móveis dos funcionários, não para comprometer o aparelho em si, mas sim para conseguir entrar no ambiente corporativo e roubar dados.

Muitos dados = Grandes alvos

Os esforços de análise de grandes volumes de dados estão amadurecendo, e com isto eles começam a migrar para a nuvem e são abertos e utilizados por terceiros/parceiros. Tudo isto significa mais oportunidades para o acesso indevido e comprometimento destes dados.

Crescimento da terceirização da segurança

A utilização de serviços de segurança centralizados é outra tendência atual, fomentada pelos desafios BYOD e pelas vantagens de segurança que surgem do uso de sistemas terceirados de monitoramento e gerenciamento de TI, mas representam outro alvo de ataques.

Mudança de perspectiva na segurança do usuário final

Os profissionais de segurança de TI olham para os iPhones e iPads e desejam que os seus sistemas corporativos possam ser tão confiáveis quanto eles. Ainda que haja muitas razões pelas quais você não possa equiparar o Windows e o iOS, nós começaremos a ver as organizações tentando preencher estas diferenças movendo-se para uma atitude “default-deny” (proibir por padrão). Em 2013, nós veremos um notável movimento das empresas para o uso de listas-brancas de aplicativos, virtualização e sandboxing, além de outras técnicas que assumem que os programas são maliciosos até prova em contrário ou simplesmente devem ser isolados como medida de precaução.

Comments off