Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘Copa’
17, julho, 2014

No Brasil, celular é uma fonte extra de informação e não a única

Parte da letra de uma das músicas do grupo de rap paulista, Racionais MC’ss diz: “em todo lugar, vários têm celular”, e não há como negar que o uso desse pequeno aparelho eletrônico se tornou uma febre no Brasil. Mas, se no passado o telefone móvel era usado apenas para falar e, no máximo, enviar mensagens de textos, hoje em dia ele serve para muitas outras atividades.

O brasileiro encontrou uma maneira diferente de usar o celular em comparação aos americanos: mídia para extra informaçào

O brasileiro encontrou uma maneira diferente de usar o celular em comparação aos americanos: mídia para extra informação

Fizemos uma rápida análize da recente pesquisa realizada pela AVAST sobre o uso de mídias digitais durante a Copa, onde foi feita uma comparação como brasileiros e americanos pretendiam assistir os jogos durante o maior evento futebolístico do mundo, e descobrimos que a maneira que usamos nossos celulares no lado sul do continente é bem diferente do que ocorre na parte norte.

A verdade é que, por aqui, o celular (e tablet) se tornou uma fonte extra de informação, muito diferente do que ocorre nos Estados Unidos. No Brasil, o uso do celular segue em paralelo com outras mídias, enquanto nos Estados Unidos, onde duas em cada cinco residências possuem somente celulares, segundo dados publicados por uma organização de saúde local chamada CDC (Center for Disease Control and Prevention), o uso do celular praticamente substitui outras mídias, como a televisão.

De acordo com a nossa pesquisa, enquanto a maioria dos americanos disseram que iriam assistir a Copa pelo telefone (66.6%), apenas 32.1% dos brasileiros admitiram a intenção de usar o celular para ver aos jogos, já 92.1% disseram que iriam ligar a TV para acompanhar as disputas. Isso talvez deve-se ao fato de que só o Brasil possui um Galvão Bueno para narrar as partidas, mas mais do que isso o celular se tornou um “extra” na maneira como os brasileiros acompanham o futebol.

Das 29.308 pessoas entrevistadas, 8.959 confessaram que iriam utilizar seus smartphones ou tablets para acompanhar as partidas em tempo real, enquanto que 10.685 usariam os mesmos aparelhos para ler notícias e informações sobre os jogos. Ou seja, isso significa que 67% dos brasileiros utilizam o celular (ou tablet) como uma fonte de informação que a TV dificilmente pode se tonar: dar notícias em tempos reais, acessíveis a qualquer hora do dia e de praticamente qualquer canto da cidade.

Sair de casa sem o celular para muita gente é tão incômodo quanto atravessar a avenida Paulista pelado ao meio-dia de uma quarta-feira, mas isso não significa que essas mesmas pessoas estão totalmente desconectadas do resto do mundo ao seu redor. Elas conversam, assistem TV, jogam bola e comem ao mesmo tempo que escrevem mensagem no whatsapp e outro aplicativos. Loucura?

Você está com a palavra. Compartilhe aqui as suas experiências com seu celular. Você consegue sair de casa sem ele? Ao ir a um restaurante você desliga o seu aparelho ou usa-o até a comida esfriar?

 

8, julho, 2014

Validando o avast! GrimeFighter e otimizando o seu PC

Alguma vez você já teve a impressão de que o seu PC ficou mais lento do que o normal? Ou ainda, perdeu os dados do seu HD de uma hora para outra, ou nem mesmo tinha notado aquele barulho de dentista dentro do computador?

 

Para resolver esses problemas e ampliar a sua segurança, o avast! GrimeFighter, um programa otimizador de PCs, entra no mercado. Ele atua verificando as sujeiras deixadas por programas mal instalados, barra de ferramentas que deixam rastros, hardware em mal funcionamento, etc… Ou seja, ele verifica e corrige tudo o que pode deixar o seu PC mais lento e protege seus dados contra falhas inesperadas.

Minions

É importante mencionar que o avast! GrimeFighter não é um antivírus, mas o seu uso em conjunto com um avast! antivírus torna-o em uma perfeita ferramenta para manter seu PC protegido.

Uma dúvida frequente em relação a este produto é o método de validação do GrimeFighter, uma vez que os clientes estão acostumados com o sistema de inserção de licenças dos produtos antivírus e acabam por confundir como validar o programa. Para que o avast! GrimeFighter seja validado em seu avast! antivirus, você precisa primeiro adquiri-lo utilizando o mesmo endereço da sua conta avast!. Além disso, é necessário efetuar o login através da sua conta avast! por dentro do seu avast! antivirus. Dessa forma a licença é automaticamente inserida e o avast! GrimeFighter validado. Para efetuar o login na sua conta avast!, acesse a interface do avast! antivirus, e clique no menu lateral APARELHOS. A seguir, entre com o seu endereço de e-mail e a sua senha.

Caso prefira, você pode também utilizar uma versão autônoma, por fora do avast! antivirus.

Validando o GrimeFighter e usando o programa pela primeira vez

Ao executar uma varredura com o avast! GrimeFighter pela primeira vez no seu computador, ou após reinstalar o Windows, e caso já tenha uma licença válida, você precisará validar o programa. Para fazê-lo, clique em “Já tem uma licença?” na parte inferior da tela. Clique em “Efetue Login” na sua Conta avast! usando as credenciais fornecidas durante a compra do avast! GrimeFighter.

Se você não lembra a sua senha, clique em “Esqueceu sua senha” e digite o e-mail fornecido durante a compra do avast! GrimeFighter para receber um link e então redefinir sua senha. Uma tela mostrará os detalhes da sua assinatura. Clique em ‘Use esta licença’ para ativar o avast! GrimeFighter.

Após a ativação do avast! GrimeFighter, clique em ‘otimizar meu PC’ para continuar. O programa efetuará um reinício do sistema, agora em Linux, e começará a escanear o seu PC. Como este sistema operacional não tem acesso ao seu Windows, pode ser que seu wi-fi não funcione, e nesse caso sugerimos o uso de um cabo de rede para prosseguir com a otimização do seu computador. Depois bastará aguardar o resultado do escaneamento e seguir as instruções que o programa oferecerá.

Caso ainda necessite de alguma ajuda referente ao GrimeFighter ou qualquer outro produto avast!, entre em contato com a nossa equipe de atendimento ao cliente.

Comments off
24, junho, 2014

Quem está assistindo a Copa online?

Um dos primeiros mega eventos em que se viu a participação das chamadas “novas mídias” (como por exemplo, a internet) na cobertura jornalística foram as Olimpíadas de Sydney em 2000, na Austrália. Pela primeira vez jornalistas comunicavam com suas redações quase que simultaneamente às disputas e o mundo acompanhava tudo pela tela de seus computadores em tempo real. Se naquela época isso era um fenômeno, hoje em dia é algo corriqueiro, padrão. Você também está assistindo a Copa online?

Online...é assim que agora torcemos pelo Brasil

Online…é assim que agora torcemos pelo Brasil

Lembro que em 2000 a agência de notícias para qual eu trabalhava em Santo André, na Grande São Paulo, não conseguiu retirar credenciais para a cobertura dos Jogos de Sidney porque a empresa era unicamente voltada para jornalismo eletrônico, um tipo de mídia que não existia na lista do COI (Comitê Olímpico Internacional) até aquele momento. Conclusão, não pudemos ir à Austrália.

Em 2008, aí já pessoalmente em Sidney, trabalhei na cobertura dos Jogos de Pequim, na China, em uma rádio local e lembro como fiquei impressionado ao ver um colega sacar do bolso um smartphone no meio de um restaurante e conectá-lo à internet para assistir ao vivo uma das provas de natação. Em apenas 8 anos os dispositivos móveis mudaram não somente a maneira como a gente se comunica, mas também como a gente trabalha e se diverte!

Ontem, ao assistir o jogo entre Camarões e Brasil pela terceira rodada da Copa, me peguei envolvido  em um mar de computadores. Além da televisão ligada na partida da Seleção Canarinho eu tinha meu tablet conectado ao portal UOL para acompanhar lance a lance México x Croácia, enquanto que minha esposa assistia YouTube no laptop e ambos enviavam mensagens via whatsapp para amigos e familiares. Em outras palavras, um show de horrores!

Sim, porque é nesse mundo que hoje vivemos, o mundo virtual. Lindo, perfeito, que faz lembrar aquelas propagandas de sabão em pó em que crianças correm por ruas floridas usando roupas limpas e leves em pleno verão. Só que, o que esquecemos, é que por trás disso existe um mundo perigoso e traiçoeiro.

Na sexta-feira passada, dia 20 de junho, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que hackers invadiram seu site, impedindo o acesso ao conteúdo da entidade que rege o futebol nacional por quase 1 hora. Desastre? Nem tanto! Via assessoria de imprensa a CBF informou que uma equipe de profissionais tratou de cuidar do incidente rapidinho.

O problema é que a grande maioria das pessoas ainda não perceberam o quanto seus celulares são vulneráveis a ataques de vírus, principalmente durante eventos como a Copa. Muita gente se preocupa em instalar um antivírus para seus computadores, mas quem faz o mesmo com seus telefones móveis? Esses são os dispositivos que hoje em dia usamos para baixar vídeos e programas, jogar online e acessar todos os tipos de sites.

Não há mais desculpas para não ter um antivírus no celular, pois há várias opções grátis no mercado. E as opções pagas são muito mais baratas do que as vendidas para laptops e desktops. Mas quem está preocupado com isso?

Você, que está assistindo a Copa online usa antivírus em seu celular ou tablet? Já pensou nos riscos que vem correndo? Como você se protege virtualmente? Divida conosco a sua opinião!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
18, junho, 2014

Celulares substituem radinhos de pilha nos estádios. Aparelhos móveis agora são mais visados do que nunca

Ladrão de telefone

Você já substituiu o radinho de pilha pelo celular nos estádios? Então, cuidado!

Lembro-me como se fosse hoje quando fui assistir a final da Copa Libertadores da América, em junho de 1992, no Morumbi, com meu finado tio Carlos. Ele, são paulino roxo que era, eu e meu primo, Carlinhos, chegamos ao entorno do estádio paulista por volta de 2 horas antes do jogo onde o trânsito não ia, nem vinha. Tio Carlos suava a frio e não tirava seu radinho de pilha do ouvido. Foi assim que ele mandou Carlinhos parar o carro no primeiro estacionamento no início da Avenida João Jorge Saad aos gritos: “Vamos descer e correr a pé porque tá tudo parado, já informaram aqui no rádio”.

Foi o que fizemos! Tio Carlos corria com uma mão segurando o rádio e a outra os ingressos. Eu, aos 13 anos de idade, segurava as mãos do meu primo (15 anos mais velho que eu) tentando acompanhar o passo. Nessa correria, a carteira do tio Carlos caiu no chão e alguém vindo logo atrás pegou e devolveu (em um singelo ato de honestidade), mas a verdade é que o radinho de pilha e os ingressos estavam mais seguros do que nunca!

Ontem, ao assistir pela TV a partida de futebol entre Brasil e México pela segunda rodada da Copa fiquei impressionado ao perceber que praticamente todos os torcedores filmados nas arquibancadas seguravam telefones celulares. São nesses pequenos aparelhos que hoje em dia guardamos não somente informações sobre trânsito e futebol, mas também dinheiro, identidade e ingressos dos jogos.

Não é preciso ser nenhum especialista para perceber como o telespectador mudou a maneira de assistir futebol. Não basta mais só ter a TV, é necessário também um PC, um tablet ou um celular ligado ao mesmo tempo, assim podemos participar de discussões online e manter-nos conectado com outras coisas que ocorrem ao mesmo tempo que a bola a rola.

Imagine só quanta informação sobre a nossa vida pessoal não deixamos pelo caminho durante esses “relacionamentos” online com o mundo direto do sofá de casa. E depois imagine o que pode acontecer se você, por acaso, deixar cair seu celular do bolso, assim como tio Carlos fez com a carteira, no meio da rua. Quem garantirá sua segurança e privacidade?

Vamos e convenhamos, a bem da verdade é que nessas situações dependemos de atos de honestidade, mas como não podemos confiar muito nisso, então temos de encontrar outras maneiras de manter o celular seguro, ainda mais porque hoje em dia hackers podem roubar os dados de nossos aparelhos mesmo quando estes estão em nossas mãos.

Por essa razão, o mercado de antivírus vem inovando seu portfólio de produtos e, aos poucos concentrando-se na criação de produtos voltados para a telefonia móvel. Hoje em dia você já pode ter proteção gratuita contra ataques de hackers, advertência sobre sites infectados, monitoramento do estado de segurança do seu aparelho, entre outros recursos. E, como eu disse, tudo isso de graça!

E se você ainda precisa de segurança extra, o avast! VPN, por exemplo, criptografa todas as suas atividades em WiFi aberta, garantindo assim a sua privacidade. Ou com o avast! Anti-Theft você localiza seu aparelho perdido ou roubado à distância via GPS ou WiFi, bloqueia o aparelho, recebe notificação de troca do cartão SIM e ainda ativa uma sirene de alarme.

Se tio Carlos ainda estivesse por aqui estaria com um pouco mais de 90 anos e, para ser sincero, duvido que ele teria um “smartphone” para acompanhar os jogos, na verdade, acredito que ele ainda estaria torcendo pelo São Paulo e pela Seleção através de seu inseparável radinho de pilha. Mas a realidade de hoje é muito diferente do de 20 anos atrás, e sair de casa sem o celular é quase que sair sem roupa. Portanto, manter seu aparelho móvel seguro online e offline é mais importante do que o 0 a 0 da partida de ontem. E aí fica a pergunta: como você faz isso no seu dia a dia? Mantém o celular no bolso, confia na honestidade das pessoas ou simplesmente usa um dispositivo de proteção?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

 

 

Comments off
6, junho, 2014

Cuidado fãs do futebol: nem todos os aplicativos são jogos, alguns procuram outras coisas!

A Copa do Mundo está aí! Você já entrou no espírito da Copa? O time de analistas de malwares móveis da AVAST está ligado e baixou jogos e outros aplicativos relacionados com o futebol da loja Google Play. Infelizmente, notamos que alguns aplicativos de entretenimento que baixamos não nos divertiram como pensamos…

A AVAST detecta falsos aplicativos de jogos de futebol: Android:FakeViSport

Alguns jogos para Android que baixamos mostraram apenas propagandas em vez de deixar-nos jogar. Deixe-me mostrar um grupo deles. Não conseguimos jogar o Corner Kick World Cup 2014 de jeito nenhum, porque ele não fazia outra coisa senão mostrar uma tela em branco com propagandas surgindo de vez em quando. Este aplicativo é chocante: quando vemos o tamanho do aplicativo notamos que é realmente pequeno, menos de 1Mb. Que tipo de jogo você pode esperar de um aplicativo deste tamanho?! O mais interessante é que o jogo foi desenvolvido pela VinoSports. Se você verificar os outros aplicativos que eles oferecem na Google Play verá que são todos iguais: somente aplicativos vazios cheios de propaganda.

Vinospots

wideInfelizmente, isto é uma forma muito comum e traiçoeira de dar dinheiro aos desenvolvedores. Com aplicativos como este, os únicos beneficiados são os desenvolvedores, que recebem dinheiro por cada clique nas propagandas mostradas nos seus aplicativos. A partir de agora, serão detectados como Android:FakeViSport. Eles são falsos aplicativos que pretendem ser um objeto de desejo, mas não são.

Alguns aplicativos estão na zona cinzenta

O segundo aplicativo que queremos mencionar é o Fifa 2014 Free – World Cup. O aplicativo vem de um grande desenvolvedor, “Top Game Kingdom LLC”, que têm inúmeros aplicativos na Google Play e outras lojas. Este contudo não parece ser um aplicativo confiável. O Fifa 2014 Free – World Cup pode ser considerado, no mínimo, suspeito.

Para um aplicativo da Copa do Mundo, o nome do pacote de instalação não tem nada a ver com o nome do aplicativo em si. O aplicativo é chamado Football World Cup 14 e o seu pacote de instalação, “com.topgame.widereceiverfree”.Football World Cup 14, também é conhecido como “Widereceiverfree” e solicita o acesso a informações que não têm nada a ver com as funções do aplicativo, como localização, log de chamadas e acesso a outras contas do telefone.

Estranho também é que o desenvolvedor do Football World Cup 14 tem ainda mais aplicativos no mercado, a maioria deles com comportamento semelhante. Eles pretendem ser algo diferente do que na realidade são. No fim das contas, você pode encontrar algo semelhante a um jogo, um jogo cheio de obstáculos e com permissões que podem ser facilmente utilizadas para coletar e fazer mal uso de suas informações pessoais.

Tom game kingdom

Aplicativos que mostram propagandas não são necessariamente maliciosos. Muitos aplicativos, especialmente os gratuitos, são mantidos pelas propagandas. Eles podem, contudo enervar, especialmente quando as propagandas não saem da frente e impedem que você utilize o próprio aplicativo. Os aplicativos que acessam mais informações do seu telefone do que precisam para o seu funcionamento parecem inocentes, especialmente porque não há nenhuma evidência visível de que isto está acontecendo, mas eles podem causar mais mal do que você pensa.

Recomendamos que você olhe com lupa os aplicativos que baixe durante a Copa, sejam jogos, aplicativos live streaming ou que permitam apostas na sua seleção e, desta forma, tenha certeza de que estará seguro e livre das propagandas tanto quanto possível!

Coisas para estar atentos ao baixar aplicativos:

Utilize as lojas oficiais de aplicativos. Muitos dos malwares móveis vem de lojas não-oficiais de aplicativos, somente poucos deles vem da loja oficial Google Play.

Baixe os aplicativos oficiais nos quais você pode confiar. A Google Play é uma plataforma aberta aos desenvolvedores, por isso contém uma infinidade de aplicativos. Não entendemos porque as pessoas se sentem atraídas por todos os aplicativos que encontram: há mais de 125 aplicativos de vuvuzela na Google Play! Recomendamos aos usuários tomem cuidado e baixem apenas aplicativos oficiais dos desenvolvedores nos quais confiam. Os desenvolvedores confiáveis gostam dos seus usuários, o que significa que desejam fornecer um produto de qualidade, não uma infinidade de aplicativos. A FIFA tem um bom aplicativo de resultados ao vivo e notícias e a EA Sports tem um jogo oficial da FIFA.

Compare as funções dos aplicativos com as permissões que solicitam. Alguns aplicativos precisam acessar certos dados no seu aparelho, um aplicativo de mapas precisa acesso à sua localização para dar-lhe informações corretas sobre o caminho a fazer. Os pedidos de acesso dos aplicativos começam a ser suspeitos quando, por exemplo, a sua vuvuzela deseja acessar a sua localização. A menos que o seu novo aplicativo vuvuzela utilize a sua localização para determinar em qual país você está para tocar o seu hino nacional, por que ele precisa saber a sua localização? Seja sempre cauteloso(a) quando conceda estas permissões aos aplicativos e tenha certeza de que estes pedidos fazem sentido pelas funções do aplicativo. Você não deseja que informações pessoais sejam coletas e que, depois, possam ser usadas contra você.

Leia os comentários dos usuários. Você nem sempre pode confiar no que as pessoas postam online, mas se muitas pessoas gostam ou não gostam de um aplicativo, você pode ter uma boa ideia se deve ou não baixá-lo com base nos comentários que fizeram.

O nosso aplicativo de segurança móvel, o avast! Mobile Premium, tem uma função de detecção de propagandas. O detector de propagandas encontra quais aplicativos estão conectados às redes de propaganda e fornece detalhes do como rastreiam o sistema, por isso, você pode ter uma visão completa de todas as redes de propaganda acessadas pelos seus aplicativos.

Você pode baixar o avast! Mobile Security gratuitamente na Google Play ou, para funções adicionais, como o detector de propagandas, você pode baixar o avast! Mobile Premium por 1,99 dólares por mês.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off