Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘apple’
26, fevereiro, 2014

avast! SecureLine VPN protege você da falha da Apple

Uma falha de segurança crítica da Apple permite que cibercriminosos e espiões obtenham informações pessoais como email, números de cartão de crédito e outros dados privados. A Apple confirmou as descobertas de pesquisadores que a mesma falha de segurança SSL/TSL corrigida na última atualização iOS 7.0.2 também está presente em notebooks e desktops com o OS X.

Por favor, atualize como informado neste post.

Ficou patente que precisamos de constante proteção sobre as falhas que sempre existirão, falhas que ainda não foram sequer detectadas. A Reuter informou:

O bug esteve presente durante meses, de acordo com os pesquisadores que testaram as primeiras versões do software da Apple. Nenhum deles informou sobre ele antes, o que significa que o conhecimento da falha foi mantido em segredo e que há uma chance de ela não ter sido explorada.

Mas documentos vazados pelo ex-agente de inteligência americano, Edward Snowden, mostraram que eles eram capazes de penetrar em qualquer iPhone, e que isto não era de conhecimento público também.

Agora tudo veio à tona, o que significa uma corrida entre os cibercriminosos para explorar a falha e a Apple para corrigi-la. Você estará exposto até que os bugs sejam identificados pelo fabricante, uma atualização for criada, disponibilizada e instalada por você. A sua vulnerabilidade aumenta quando você utiliza redes WiFi públicas.

A sua melhor proteção é a proteção constante

ios-vpn (1)

Precisamente porque nos colocamos em risco utilizando uma rede WiFi gratuita e porque não sabemos quando a próxima crise de segurança virá é que precisamos de proteção constante. A SecureLine VPN é esta proteção.

“Os hackers miram os pontos de rede públicas onde é fácil seguir os movimentos dos usuários, permitindo o acesso aos emails, senhas, documentos e os hábitos de navegação”, disse Vincent Steckler, CEO da AVAST Software. ”Redes WiFi abertas são uma realidade, nós apenas precisamos ter certeza de que nos conectamos de uma forma segura. Por isso, oferecemos o avast! SecureLine VPN para iPads, iPhones, PCs e aparelhos Android”.

btn

O avast! SecureLine protege seus dados da falha da Apple

Assim que o avast! SecureLine VPN é instalado no seu iPhone ou iPad, ele lhe informa automaticamente dos riscos de se conectar a uma rede WiFi insegura e lhe apresenta a opção de se conectar a uma rede VPN segura. O SecureLine cria um ‘túnel’ privado para que os dados recebidos e enviados, isto é, toda a sua atividade online, possam estar seguros e criptografados.

“Infelizmente, a atividade dos hackers não é um processo complicado: há ferramentas disponíveis para que qualquer um roube dados pessoais com facilidade”, disse Ondrej Vlček, Chefe de Operações da AVAST. “Criamos o avast! SecureLine VPN para permitir que nossos usuários naveguem anonimamente e com segurança, especialmente quando utilizam uma rede WiFi aberta”.

Como obter o avast! SecureLine

O avast! SecureLine VPN está disponível através de uma assinatura mensal ou anual para iOS na Apple App Store.

btn

Obtenha-o para Android na Google Play e para PCs no site da AVAST.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Categories: General, mac Tags: , , , , , ,
Comments off
31, outubro, 2013

Cuidado com a maçã enfeitiçada

loginTodo mundo sabe a história da linda Branca de Neve. Uma rainha má dá a uma jovem uma maçã enfeitiçada. Pobre Branca de Neve. Tudo o que ela queria era uma mordida nesta maçã suculenta. Mas acho que esta mordida não a deixou muito feliz. De qualquer forma, ela aparentemente cometeu certos erros. Eu posso dizer alguns, por exemplo, se ela queria uma maçã, deveria ter buscado em uma macieira. Ou poderia ter dado a maçã para que alguém a provasse antes, como um bravo cavaleiro que sempre estaria a seu lado, protegendo-a a todo instante.

Sim, de fato, faz tempo desde que o famoso incidente da maçã aconteceu. Hoje em dia, uma adolescente não iria aceitar uma maçã de um estranho e dar-lhe imediatamente uma mordida. Ela iria pelo menos lavá-la primeiro! Se fosse suficientemente esperta, ela obteria mais informações sobre a maçã.

Com uma varinha mágica e efeitos especiais, vamos traduzir esta história para o mundo da segurança móvel.

Aplicativos envenenados (Poisoned APPles)

O conto de Branca de Neve se tornou realidade alguns dias atrás quando encontramos um falso aplicativo Apple iMessage para Android. Há muitos aplicativos para Apple iOS que não foram lançados em outras plataformas. Por exemplo, quando duas pessoas têm um iPhone, podem enviar mensagens gratuitas através do serviço de iMessage da Apple. A alternativa para Android seria provavelmente o Google Hangouts. O problema surge quando você quer enviar mensagens gratuitas do iOS para o Android. Sim, há o WhatsApp, o Viber e outros aplicativos semelhantes, mas não há maneira de enviar uma iMessage para um Android, nem um aplicativo iMessage para Android. Este problema parece chatear algumas pessoas e elas aguardam ansiosamente por uma solução. Sim, estamos falando sobre falsos aplicativos que tentam se passar por aplicativos da Apple para Android.

imsgNós descobrimos que um falso aplicativo iMessage em alguns sites para download junto com outros aplicativos Android. Ele também esteve na Google Play, mas o Google já o removeu. Quando você instala o aplicativo e o executa, ele o faz pensar que está com um iOS por que sua interface está pensada para isto. O aplicativo parece se comunicar com os servidores da Apple, mas não de uma forma direta. A comunicação passa através de outro servidor e aí está a pegadinha.

Você fornece o seu Apple ID a este aplicativo e ele o envia àquele servidor e, talvez, também à Apple. Suas mensagens são gerenciadas da mesma forma. Por isso, quando você pensa que você e seu amigo são os únicos que ouvem aquela conversa, saiba que está muito enganado. É óbvio que este aplicativo está tentando se passar por um legítimo aplicativo Apple, mas não há um acordo de licença com a Apple e, portanto, não é um aplicativo oficial e não se pode imaginar o que irá acontecer com o seu Apple ID.

gplayOutro aplicativo que encontramos é também chamado iMessage e está no Google Play. Quando você vê a sua página, você pensa que é algo da Apple, mas não é. Há imagens de iPhones e na descrição está dito que “o i.Message é completamente compatível com o iPhone 4! Retina Display e Multitasking também são suportadas”, o que é, obviamente, uma mentira. Este aplicativo não envia iMessages, simplesmente mostra as mensagens na tela. Este aplicativo provavelmente foi criado simplesmente para obter dinheiro das propagandas e claramente tira vantagens das pessoas que procuram por um verdadeiro aplicativo iMessage. Este aplicativo em particular não fará nenhum mal ao seu telefone, mas é enganoso. Outros aplicativos podem ser mais perigosos, por isso, tenha cuidado.

imsg2

Estes dois aplicativos são somente uma amostra das maçãs podres e falsas que estão por aí. Não faz muito tempo descobrimos que a mesma coisa estava acontecendo com o aplicativo Blackberry Messenger. Por isso, se você quiser saber se há uma versão para Android do seu aplicativo favorito para iOS ou Blackberry, verifique o site oficial do fabricante e não procure em páginas de terceiros e mercados obscuros que estão cheios de macieiras enfeitiçadas.

Mas assim como a inocente Branca de Neve escolheu a pessoa errada de quem aceitar uma maçã, às vezes, você procura a fonte errada de aplicativos Android. Sabemos disso e temos a solução para estes casos. O avast! Mobile Security está aqui para proteger você por onde quer que você vá. Imaginamos que Branca de Neve teria sido mais feliz se não tivesse que ficar dentro de uma caixa de vidro. Tudo o que ela precisa é um cavaleiro da terra do avast! a seu lado.

O avast! Mobile Security detecta estes falsos aplicativos com o nome de Android:Fapple-A [Trj]

SHA:

248513CA09C450D0709773AF089C28CB3D1EB613DA65D44152F6AC440E567664
72A682CBEC6D545BC275CDD331E001E2E6CA86E38C8B986852099A61605B40AF

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram.

Comments off
9, agosto, 2013

Como os aplicativos mais populares invadem a sua privacidade e segurança

mobile appsÉ muito fácil e rápido baixar aplicativos no seu smartphone. Eles fazem de tudo: desde identificar a música que você está ouvindo até transformar o seu telefone em uma lanterna. Mas há alguns segredos nestes aplicativos divertidos. Aprenda a ser consciente dos riscos associados com aplicativos gratuitos e pagos no seu smartphone. Responda à pergunta e só depois leia para ver se você acertou.

1. O que é mais arriscado para celulares ou tablets?

  • Aplicativos gratuitos
  • Aplicativos pagos

Se você respondeu aplicativos gratuitos, então acertou. Em geral, 83% dos 100 aplicativos mais populares estão associados com riscos de segurança e invasão de privacidade de acordo com um recente relatório da Appthority. Um dos pontos interessantes deste estudo é que isto se aplica não só a aplicativos antigos, mas a jogos, aplicativos de produtividade, ferramentas de comunicação, etc., criadas por grandes empresas como a Disney, Entertainment Arts e Rovio. Os pesquisadores descobriram também que os aplicativos pagos não são tão seguros quanto você pensa. Ainda que 95% dos aplicativos gratuitos apresentem pelo menos um comportamento de risco, os aplicativos pagos não ficam muito atrás: 78%.

DICA: O avast! Free Mobile Security identifica potenciais riscos de privacidade escaneando e mostrando as permissões requeridas pelos seus aplicativos, de forma que você poderá saber que informações está realmente fornecendo a eles. Leia o que o Consumer Reports diz sobre o avast! Free Mobile Security.

2. O que é mais seguro?

  • O ecossistema da Apple
  • A plataforma aberta e livre do Android

O ambiente móvel da Apple é popularmente considerado como mais seguro em comparação com a plataforma aberta do Android, mas os pesquisadores mostraram que 91% dos aplicativos para iOS apresentam pelo menos um comportamento de risco, comparados com os 80% dos aplicativos para Android.

Appthority fig 1

Aplicativos de risco: iOS x Android

3. Qual ação dos aplicativos traz mais riscos para a sua segurança ou privacidade?

  • Compartilhar os seus dados com redes de propagandas
  • Identificar o usuário
  • Acessar o catálogo de endereços ou a lista de contatos
  • Rastrear a localização do aparelho

O rastreamento da localização (geotracking) pode ser muito útil, mas é considerado uma invasão de privacidade e um risco de segurança. Ele pode ser utilizado por bandidos para fins perigosos. Se você não sabe o que aconteceu com helicópteros militares por causa de aplicativos que utilizam o rastreamento por GPS, leia este alerta do exército americano.

DICA: Como desligar o GPS em um celular.

4. Qual categoria de aplicativos móveis é mais arriscada?

  • Jogos
  • Músicas
  • Redes sociais
  • Comunicação
  • Ferramentas

Entre os 100 aplicativos mais populares analisados pela Appthority, a categoria Jogos é a mais popular. A Apple App Store é dominada por jogos (52% dos aplicativos iOS pagos e 36% dos gratuitos) e eles também estão presentes em uma porcentagem significativa no Google Play (38% dos aplicativos Android pagos e 43% dos gratuitos). Os resultados mostram que os jogos são os que oferecem mais comportamentos arriscados entre todas as categorias de aplicativos, especialmente entre os In-apps (pagos).

In-apps são aquelas funções extras que você pode comprar enquanto joga, como níveis/mapas bônus, pontos de experiência adicionais, assinaturas e serviços recorrentes. Legais enquanto jogamos, mas problemáticos quando se recebe a conta no final do mês.

DICA: Como desabilitar compras dos In-App nos aparelhos iOS e Android.

Leia o Relatório de Reputação de Aplicativos da Appthority para mais informações.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram.

Comments off
21, janeiro, 2013

Criptografe WiFi inseguras no Apple iOS

SecureLineVocê utiliza o seu aparelho móvel para ver emails, utilizar as redes sociais ou fazer login em sua conta bancária enquanto toma um café latte duplo em sua cafeteria preferida ou enquanto espera o seu próximo vôo? Isto é arriscado considerando que você não pode confiar em pontos de redes WiFi públicas que você encontra em cafeterias, shoppings, aeroportos, escolas e hotéis. Hackers remotos, e até o funcionário sentado algumas mesas da sua, podem utilizar programas para espionar e bisbilhotar. Você pode ter as informações e a senha do seu cartão de crédito ou até todos os seus dados de identidade pessoal roubados.

Com o novo avast! SecureLine for iOS você pode garantir a segurança da sua conexão wireless enquanto utiliza o seu iPad, iPhone ou iPod em uma rede WiFi pública/aberta. Aqui está como fazer:

VPN significa Rede Privada Virtual (Virtual Private Network). O avast! SecureLine cria um “túnel” privado através da internet para que os seus dados trafeguem, e tudo o que entra e sai do túnel é criptografado. Os dados são decodificados no servidor VPN utilizando avançados protocolos de criptografia. Funções de segurança também detectam e filtram URLs maliciosos, bloqueiam propaganda no navegador e aplicativos, ou podem comprimir os dados transferidos (o que poupa o plano de dados do seu aparelho) e permitir o acesso a conteúdos exclusivos de conexões nos EUA. :-)

Baixe o avast! SecureLine for iOS do iTunes.

Funções

  • Proteção para redes WiFi inseguras

    • Impedir que pessoas espionem a sua atividade e até tomem o controle sobre suas contas online
  • Privacidade: Anonimização do IP
    • Os sites não serão capazes de rastreá-lo(a) utilizando o seu endereço IP
  • Seleção de região/país
    • Navegue livremente em países que censuram/limitam o acesso à internet
    • Acesse conteúdos limitados a certos territórios (p.ex., consiga a sua conta Hulu na Europa)
  • Compressão de dados*
    • Reduza a utilização de dados e melhore a velocidade de navegação e dos aplicativos que utilizam a rede
    • Poupe bateria reduzindo a atividade da rede
  • Proteção contra malware e phising
    • Não requer o uso de um navegador customizado; funciona em qualquer navegador, até com o Safari padrão do iOS
    • Evita visitar sites maliciosos que comprometem o seu aparelho ou as suas contas online
    • Bloqueia ataques externos de atingir o seu aparelho
    • Bloqueia aplicativos maliciosos da conexão com os seus servidores de controle

Funções exclusivas

  • Bloqueio de propaganda

    • Bloqueia propagandas no navegador móvel e dentro dos aplicativos
    • Poupa o uso de dados e aumenta a velocidade da rede
  • Proteção contra erros de digitação
    • Detecta URLs mal digitados e redireciona você para os sites originais

* Considerando a compressão dos dados e o bloqueio de propaganda, resultados preliminares mostraram redução de 25-50% no uso dos dados móveis.

Comments off
14, julho, 2012

Primeiro aplicativo com malware na Apple Store!


O primeiro aplicativo contendo malware foi encontrado na Apple Store. O cavalo de Tróia chamado “Find and Call” esteve presente tanto na Apple Store para iPhone quanto no Google Play para Android. O aplicativo infectado roubava informações e as enviava para um servidor remoto – junto com as coordenadas do GPS do telefone – além de enviar spams aos contatos do telefone do usuário infectado.


O conteúdo das mensagens enviadas a partir do email do telefone do usuário infectado incentivava os seus amigos a comprar o programa e pagá-lo através do PayPal a uma empresa chamada Labwealth.com que, em princípio, está em Singapura.

Foi uma brecha significativa na Apple Store, que não tinha registrado, desde o seu lançamento há cinco anos, nenhum incidente com malware. Infelizmente, isto já aconteceu outras vezes com o Google Play.

Alguns incidentes recentes com o Flashback Trojan e a participação de Macs em redes zumbis de computadores fizeram com que a Apple mudasse a sua chamada de “Imune a vírus de PCs” (“It doesn’t get PC viruses”) para “Feitos para serem seguros” (“It’s built to be safe“). No site do sistema operacional da Apple Mac OS, onde estava “Proteja seus dados não fazendo nada” (“Safeguard your data. By doing nothing.“) agora se lê “It’s built to be safe” e “Construído com segurança” (“Safety. Built right in.“).

Tanto a Apple quanto a Google já retiraram o programa de suas lojas. Mas… é melhor prevenir que remediar. Instale o avast! Mobile Security e escaneie o seu Android. Se você tem um Mac, que tal protegê-lo com avast! Free Antivírus para Mac agora mesmo?

Comments off
24, abril, 2012

Você precisa de um antivírus gratuito para o seu Mac!

Mais uma vez ficou provado que os computadores da Apple podem ser alvo de infecções e ataques cibernéticos. Embora muito mais raros e limitados do que no ambiente do concorrente Windows, os Mac foram alvo de ataques recentes pelo Trojan Flashback, que infectaram cerca de 600.000 computadores, a maioria nos Estados Unidos e Canadá.

O malware salvava um arquivo no disco rígido dos Mac e baixava outros códigos maliciosos de servidores remotos, explorando uma vulnerabilidade do software Java nestes computadores. E tudo isto simplesmente visitando um site infectado… E havia milhões destes sites… A Apple reagiu mais tarde lançando uma correção de segurança.

Os computadores Mac que rodavam a versão beta do avast! Free Antivirus for Mac não foram infectados pelo Trojan Flashback, conforme testes nos nossos laboratórios de vírus e respostas dos nossos testadores beta.

Com o aumento do market share, os sistemas Apple passam a ser também atrativos aos desenvolvedores de malware, que contam ainda com a falsa voz corrente entre os usuários Mac de que não necessitam de proteção de segurança. Até agora, as infecções para Mac vinham de engenharia social, convencendo o usuário a digitar a sua senha. O Flashback, no entanto, é transmitido simplesmente pela visita a um site infectado com um código criptografado que passa através do LittleSnitch (firewall para Mac OS) ou do XProtect da Apple.

Estamos na fase beta final do avast! Free Antivirus for Mac, que inclui a última geração do escâner antivirus do avast!, atualizações automáticas, três Módulos de proteção (Internet, Arquivo e Email), bem como o sistema de reputação e antiphishing WebRep para o navegador Safari. E tudo isto, como é nossa tradição, completamente de graça.

Comments off