Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

Arquivo

Textos com Etiquetas ‘android’
13, abril, 2013

avast! e Android Police em um mega Giveaway internacional. Ganhe um dos 9 aparelhos Nexus!

android police avast

Você pode ganhar um dos 9 aparelhos Nexus! Tudo o que você precisa fazer é ir à página do Android Police e responder a esta pergunta:

Que nova função (ou funções) você gostaria de ver no avast! Mobile Security?

Visite agora a página do Android Police, leia a descrição da pesquisa (em inglês) e acrescente a sua resposta na seção de comentários. É só isso! Você pode ganhar um dos 9 aparelhos Nexus! A pesquisa já começou e durará uma semana, terminando no sábado, dia 20 de abril às 12:00AM PT. Depois disso, os vencedores serão sorteados!

Participe agora e compartilhe com os seus amigos.

Aprenda mais sobre o avast! Mobile Security:

Comments off
28, março, 2013

Malware em aparelhos móveis

Vários dias atrás nós recebemos uma reclamação sobre javascrpt.ru. Depois de pesquisar um pouco, nós descobrimos que o código tentava se passar por ajax.google.com e jquery, mas, na prática, era um pacote redirecionador criptografado.

Depois de remover duas camadas de ocultamento e criptografia, nós encontramos uma lista de condições e colocamos o nosso foco nos aparelhos móveis.

conditions

Tudo começa quando um usuário navega a partir do seu aparelho móvel visitando um site legítimo que foi alvo de hackers. Este site contém um link para o site do javascrpt.ru, para onde os dados do navegador do usuário são enviados. Se o script hospedado em javascrpt.ru reconhece o usuário como pertencente aos da lista de condições, o visitante é redirecionado para o site malicioso, geralmente hospedado legitimamente, mas que distribui arquivos maliciosos para os aparelhos móveis. Quando os usuários vão a este novo site, o download da infecção começa. Nós registramos comportamentos diferentes em distintos aparelhos.

Para aparelhos não-Android, um arquivo chamado load.php (2DECBD7C9D058A0BFC27AD446F8B474D99977A857B1403294C0D10078C2DB51D) é baixado, ainda que, na prática, seja um arquivo Java. Mas, como vocês podem ver, nossos usuários estão protegidos:

java

Mas a questão é o que realmente está acontecendo com os usuários desprotegidos.

Depois de executar este arquivo, o usuário espera que o aplicativo executado seja iniciado, mas, neste caso, uma lista de condições aparece. E a primeira linha é “Para ter acesso ao conteúdo, você deve concordar com os termos apresentados abaixo”. E quais são estes termos?

1. Para ter acesso ao conteúdo do serviço wa**y.ru/ é preciso efetuar o pagamento enviando 3 mensagens SMS.

2. Para ter uma informação completa dos preços, visite o site: www.mo****1.ru/ (No momento, este site não está no ar).

Tanto os aparelhos Android como os outros estão enviando SMS a números premium russos.

NUMBER = “7255″
NUMBER = “7151″
NUMBER = “9151″
NUMBER = “2855″

Depois de enviar os SMS, um simples aplicativo ICQ é baixado do mesmo site: *REMOVIDO*/land_paysites/files/icq.jar

Para mostrar melhor o que acontece quando este site é visitado em um aparelho Android, veja as próximas três figuras:

Primeiro, um arquivo chamado, por exemplo, browser.apk (94FDC9CFD801E79A45209BFDC30711CB393E39E6BF2DD43CE805318E80123C14) é baixado sem o consentimento do usuário.

Você pode ver na primeira janela de instalação que o aplicativo solicita acesso a serviços pagos suspeitos. Já nas permissões do aplicativo você pode encontrar itens suspeitos como acessar suas mensagens e também efetuar chamadas diretas a números de telefone pagos. Mas, felizmente, o avast! bloqueia o aplicativo antes que ele custe dinheiro para você.

browser2

Se um usuário instalar este aplicativo, o comportamento é muito similar ao encontrado nos aparelhos não-Android. O aparelho envia mensagens de texto pagas àqueles números e depois baixa e instala um navegador Dolphin básico do link h***t.ru/land_browsers/files/dolphin.apk

Os usuários devem estar realmente atentos caso encontrem algum aplicativo desconhecido em seus aparelhos móveis. Felizmente, todos podem ler o que o aplicativo solicita como permissão, mas, infelizmente, a maioria dos usuários não presta atenção às permissões solicitadas e isto pode custar muito dinheiro. Utilizar um bom antivírus pode ajudar a se manter protegido.

Comments off
19, janeiro, 2013

Sistemas operacionais móveis

Sistemas operacionais móveisHá algumas semanas, a Canonical anunciou o lançamento do Ubuntu Phone OS para o Galaxy Nexus, provavelmente para os últimos dias de fevereiro. Assim como a tradicional versão para desktops, o Ubuntu é um sistema operacional de código aberto, o que significa que os desenvolvedores poderão torná-lo compatível com outros aparelhos.

Ainda é difícil de estimar a aceitação que terá o novo sistema. Da mesma forma, a Samsung deverá lançar o Tizen como sistema operacional de alguns dos seus aparelhos.

Ainda não há previsão de lançamento do avast! Mobile Security compatível com estes novos sistemas operacionais. Devido às diferenças estruturais, muito provavelmente será preciso um desenvolvimento a partir do zero. De qualquer forma, o market share deverá ser um fator decisivo.

Isto não é uma novidade. Com o recente lançamento do Windows em tablets e smartphones aconteceu o mesmo: faltam aplicativos compatíveis. As empresas estão sempre fazendo contas: vale a pena desenvolver um aplicativo para um sistema operacional com pequena penetração de mercado?

Por enquanto, o Android é quem manda no pedaço. E está acontecendo inclusive o movimento contrário. A Lenovo irá colocar emuladores de Android (da BlueStacks) em máquinas Windows, permitindo que o usuário tenha acesso aos aplicativos e jogos para Android (ainda que com as limitações de teclado e mouse em vez de touchscreens).

Você provavelmente quererá pensar nisto antes de comprar um celular ou tablet, especialmente se for um usuário exigente e avançado, que utiliza vários aplicativos.

Market share dos sistemas operacionais móveis hoje. Fonte.

Market share

Comments off
28, dezembro, 2012

Como eu posso proteger o meu tablet Android?

Questão da semana: Eu acabei de ganhar um tablet Galaxy Note no Natal. Eu quero ter certeza de que ele está seguro antes de utilizá-lo para navegar na internet. O avast! oferece proteção para tablets?

Feliz Natal e parabéns pelo seu maravilhoso presente! Você é esperto(a) em pensar em segurança para o seu tablet, porque os piratas cibernéticos estão produzindo cada vez mais malware para estes aparelhos.

O avast! Mobile Security protege gratuitamente os aparelhos Android contra malwares e vírus. Você ganha proteção anti-furto, controle remoto com apagamento dos dados, relatórios de privacidade, anti-spyware, controle da rede, proteção da navegação e um firewall. O avast! Free Mobile Security está disponível para ser baixado tanto via Google Play como em nosso site.

Assim que você o baixar, não esqueça de configurar o seu PIN de recuperação nas “Configurações”. A função de recuperação é a forma de ter acesso ao seu aparelho no caso de você esquecer o seu avast! PIN. Você pode defini-la nas Configurações ou no portal do avast!. Você pode utilizar o portal do avast! para controlar remotamente o seu aparelho caso ele seja roubado. Para fazer isto, o seu aparelho deve estar emparelhado com a sua conta do avast!. Se você ainda não tiver uma, por favor, registre-se aqui.

Divirta-se com o seu novo tablet e, por favor, compartilhe o avast! Antivírus como os seus amigos. Feliz Ano Novo!

Categories: General Tags: , , , ,
Comments off
18, novembro, 2012

Android: 90% de market share na China?

O Android passou de 58,2% para 90,1% no market share chinês de acordo com a Analysys International (e Tech in Asia). Os dados reúnem estimativas de vendas e de proprietários. O Google não pode transformar tudo isto em aumento de faturamento devido às restrições a diversos serviços da companhia naquele país.

No mesmo período a plataforma da Apple, o iOS, caiu de 6% para 4,2%, ainda que não estejam incluídas as importações ilegais, uma vez que o iPhone 5 ainda não está oficialmente disponível na China. Alguns analistas dizem que a diferença de preço é responsável por este declínio: os smartphones da Apple custam em média 3,25 vezes mais caro que os similares Android.

O declínio do Symbian da Nokia na China continua: de 6% para 2,4% segundo as últimas estatísticas. A Nokia já foi o top do mercado chinês. De fato, com a Nokia passando a utilizar o Windows Phone, o Symbian deve se tornar coisa do passado.

As outras plataformas (Windows, BlackBerry e outras baseadas no Linux) possuem uma margem não significativa do mercado chinês. Não há muita expectativa de que o lançamento do BlackBerry 10 no próximo ano possa reverter o quadro.

No entanto, como muitos dos números chineses, estes também são contestados por outras empresas de análise de mercado. A Umeng, por exemplo, informa que a Apple detém 33% do mercado de telefones celulares.

De qualquer forma, o Google parece ter se tornado uma companhia predominantemente móvel (mobile first) e, de acordo com o Open Mobile Summit de San Francisco, as buscas do Google através de telefonia móvel devem superar a feitas por desktops e notebooks em 2013.

Se você também possui um Android, não deixe de protegê-lo com o avast! Mobile Security.

Comments off
13, novembro, 2012

Problema duplo

Android é uma das plataformas que mais cresce no mundo. No segundo quadrimestre deste ano houve mais de 300 milhões de aparelhos Android ativos. O aumento foi de quase 900.000 novos aparelhos por dia e continua crescendo. O Android está em mais de 60% de todos os aparelhos móveis do mundo! Por sinal, nascem cerca de 300.000 crianças por dia em todo o mundo, e este número está em constante declínio.

Lado a lado com esta tendência está o crescimento dos aplicativos e dos vírus para esta plataforma. Em alguns posts do blog nós mostramos que elas são especialmente engenhosas. A primeira vista, tentam se passar por um aplicativo normal do Google Play, mas é apenas uma ilusão. São aplicativos falsos que não somente baixam outros malwares, mas também são capazes de enviar mensagens de texto pagas sem o conhecimento do usuário.

Depois de instalados, substituem o Google Play original do menu e esperam ser ativados pelo usuário.

Imediatamente após iniciar pedem que você atualize o programa e então os seus problemas continuam assim: “Atualização crítica, instale a nova versão, clique para continuar”.

Depois desta passagem segue-se outro download malicioso quando este link é mostrado:

Depois da instalação de um segundo aplicativo, o seu telefone se torna uma máquina de sugar dinheiro. Sem o seu conhecimento, ele começa a enviar mensagens para números pagos. Felizmente, nós impedimos esta ameaça e o avast! detecta ambas infecções como Android:OpFake-BV.

Este arquivo é facilmente acessível a partir de mais de trinta páginas infectadas, e a partir delas várias lojas e páginas de download! Mas os usuários do avast! não têm com que se preocupar e estão protegidos mesmo que visitem estas páginas sem querer.

SHA dos arquivos infectados:

8CA2E64E008BA4FC667809D4DD9FA2CE98F8AF248F1DE7B280636555EF09EF40
DCE5A75092996B4388644B1E56A0F07FCB05F4C069E14AE269075EC2A33DA3FF

Comments off
8, novembro, 2012

Android 4.2: novas funções de segurança

A versão 4.2 do Android – sistema operacional que recentemente completou 5 anos e que já domina cerca de 75% do mercado – vem com novidades de segurança.

Ao baixar um aplicativo da Google Play Store, ele será escaneado à procura de malwares e códigos maliciosos. Se algo for detectado, o aplicativo não poderá ser instalado. Existem 700.000 aplicativos disponíveis na loja e o Google vasculha toda a internet em busca de aplicativos infectados (arquivos .apk).

O usuário poderá agora monitorar mais facilmente as permissões que os aplicativos recebem ao serem instalados, divididas com o foco no usuário e não mais em critérios técnicos de hardware. Você verá seções como privacidade, acesso ao aparelho, etc.

O novo escaneamento permitirá que os usuários sejam notificados quando uma mensagem de texto (SMS) estiver para ser enviada a um número “premium”, permitindo que o usuário a cancele. Esta tem sido uma fonte de infecção recorrente na telefonia móvel: um aplicativo infectado pode enviar sem o consentimento do usuário, secretamente, mensagens de texto pagas.

Tudo isto e muito mais você já dispõe no avast! Mobile Security. Toda a proteção com a qualidade avast! atestada por mais de 20 milhões de usuários.

Ainda que não só veremos melhorias na segurança, mas também em outras áreas, por exemplo, o acréscimo de alguns toggles nas versões oficiais do Google. O que antes era terreno apenas das ROMs personalizadas e de alguns fabricantes, agora estão disponíveis aos usuários do Google (stock ROM). Nas configurações do aparelho, você poderá ter acesso ao controle do brilho, das redes WiFi e móvel, bluetooth, do modo avião, da bateria, e inclusive o seu perfil do Google+.

Comments off
6, novembro, 2012

Google Play atinge a marca da Apple Store com 700.000 aplicativos

A Google anunciou que existem 700.000 aplicativos disponíveis para serem baixados em sua loja Google Play, marca que a Apple atingiu na época do lançamento do iPad 4.

Ambas lojas já foram alvo de malwares, ainda que a Google Play tenha sido o alvo mais escolhido. Agora a disputa deve ser pela marca de um milhão de aplicativos.

Quando o assunto é sistema operacional, a divisão do mercado continua a apontar o Android com 75% e o iOS com 14,9%, seguidos pelo Blackberry (4,3%), Symbian (4,1%) e Windows Mobile (3,6%). Desde o seu lançamento há 5 anos, o Android experimenta um crescimento vertiginoso:


Fonte.

Três a cada quarto smartphones comercializados no mundo estão utilizando o Android, plataforma móvel lançada pelo Google. Funcionalidade, número de aplicativos, conteúdo digital como músicas, filmes e jogos, qualidade, enfim, tudo parece necessário para ter sucesso no grande ecossistema tecnológico dos smartphones. Evidentemente, os distribuidores de malware estão de olho no Android. Nada mais lógico que você se proteja com o avast! Mobile Security.

Comments off
28, setembro, 2012

Android: do Ice Cream Sandwich para o Jelly Bean

Não foi uma atualização de grande porte. O Google trabalhou em três linhas: velocidade/desempenho, melhorias para os principais aplicativos do Android e, por fim, o mecanismo de busca.

Velocidade: está um pouco maior, especialmente pela melhoria do desempenho e resposta aos comandos. O navegador definitivamente carrega as páginas mais rapidamente. Também é possível afirmar que outras funções estão mais rápidas: a gravação de vídeo, efeitos visuais e a visualização de fotos.

Desempenho: melhorou, está mais suave e responde melhor aos comandos. Houve uma melhoria considerável na predição da próxima ação dependendo da posição do dedo sobre a tela. Também as atualizações dos aplicativos ficou mais inteligente: somente os arquivos alterados são baixados para atualização, o que tornou o processo muito mais rápido. O mecanismo de busca por voz foi significativamente melhorado.

Interface: semelhante (papel de parede, ícones dos aplicativos, barra de buscas). Os widgets podem ser agora redimensionados na área de trabalho.

Funções adicionadas:

É possível adicionar fotos de alta resolução aos contatos (sincronizadas com as do Google+), acabando com as imagens tremidas (pixeladas) da versão anterior.

Foram melhorados os dicionários de diversas línguas e, agora, a predição de texto também está melhor. Ainda que bem abaixo de outros aplicativos de teclado para Android, gratuitos ou pagos.

A função de ditado por voz (SMS por voz) funciona agora no modo offline.

As notificações (barra de status) foram significativamente melhoradas, permitindo realizar diversas ações sem ter de abrir os aplicativos. Também é possível gerenciar se os aplicativos podem ou não utilizar as notificações, bloqueando aqueles que costumavam poluir a barra de status (Configurações > Aplicativos e depois Mostrar notificações).

Poucas semanas depois do lançamento do Jelly Bean, o avast! Free Mobile Security foi atualizado para a versão 2.0. Antes, além de um poderoso antimalware, você contava com um filtro/bloqueio de chamadas/SMS, escaneamento de programas e do cartão, relatório de privacidade. Em aparelhos roteados, o firewall controlava como os aplicativos instalados acessavam a rede de dados.

Agora, com a versão 2 que seguiu o lançamento do Jelly Bean, você também pode controlar remotamente o seu Android tanto por SMS quanto pelo portal web, utilizar um medidor do uso dos dados, escanear as mensagens recebidas, acessar o programa pelo widget e ter suas URLs corrigidas (SiteCorrect).

Atualize-se!

Comments off
1, setembro, 2012

avast! Mobile Security ultrapassa 10 milhões de instalações

Quase simultaneamente ao ser lançada a versão 2 do avast! Free Mobile Security, foi ultrapassada a marca de 10 milhões de instalações. Com 4,7 na classificação de 5 estrelas, é também a solução de segurança com a melhor avaliação na loja Google Play.

Ainda que o número de malwares para Android esteja crescendo, o componente antifurto também tem gerado uma grande demanda: ninguém quer perder o seu aparelho ou, pelo menos, quer garantir a privacidade dos seus dados.

O avast! Anti-Theft foi o pioneiro em oferecer a tecnologia de ocultamento, que evita que os ladrões desabilitem a proteção do aparelho roubado. Também foi o primeiro a introduzir funções de proteção especialmente projetadas para telefones roteados, tornando virtualmente impossível qualquer remoção não autorizada da proteção antifurto, mesmo ao se tentar limpar o aparelho para as configurações de fábrica.

Estima-se atingir 20 milhões de instalações no final de 2012, através da inclusão de novas funções exclusivas. Além do antimalware e da proteção antifurto, o avast! agora inclui a tecnologia SiteCorrect, projetada para autocorrigir URLs digitadas, protegendo os usuários contra sites que exploram erros de digitação. Além disso, acrescentou um medidor de utilização de dados, evitando que qualquer malware ou aplicativo suspeito execute grandes transferências de dados sem o conhecimento do usuário.