Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus

25, junho, 2014

Olhar Digital aponta os melhores antivírus pagos para 2014


O site Olhar Digital (parte do portal UOL), realiza anualmente testes com antivírus pagos para ajudar seus leitores na identificação da melhor proteção para computadores. O destaque deste ano fica justamente pela participação da avast! nesta lista. A empresa tcheca, reconhecida pelos seus produtos gratuitos e que possui mais de 32 milhões de usuários no Brasil, entra de vez na briga por um espaço na área dos antivírus pagos.

E, acredite ou não, a avast! ficou em segundo lugar no resultado geral, liderando a grande maioria dos quesitos analisados. O teste foi realizado com 5 marcas diferentes de antivírus, todas elas escolhidas pelos internautas cadastrados no Olhar Digital.

O vídeo com duração de um pouco mais de 7 minutos descreve em detalhes o formato do teste, dividido em 6 quesitos mais a conclusão final dos avaliadores. As características analisadas foram as seguintes:

1)      Facilidade para instalar o software: esse é um ponto que interessa a todas as pessoas hoje em dia, pois mais do que nunca vivemos em uma era onde tempo é dinheiro! Em outras palavras, mesmo que você seja um profissional de TI altamente gabaritado e capaz de instalar qualquer programa em qualquer computador, o que você quer é dinamismo! E o vencedor neste quesito foi o avast!

2)      Interface: esta é uma área complicada pois não se trata apenas de design, mas principalmente de propiciar informação ao usuário, deixando claro onde encontrar os recursos necessários para cada ação. O Olhar Digital destacou aqui a interação por voz e o equilíbrio entre “funcionalidades e informações ao usuário” criados pela avast!, que se saiu vencedora neste quesito.

3)      Consumo de recursos: interessante a discussão em torno deste tópico, pois constantemente ouvimos e lemos comentários do tipo. “Antivírus X deixou meu PC mais leve”, ou “Antivírus Y é muito pesado”. Na guerra entre leves e pesados o que está em jogo na verdade é um software que não atrapalhe a agilidade do computador e, também convenhamos, com o número de downloads que fazemos todos os dias atualmente, ter uma máquina leve é de extrema importância. Neste quesito duas marcas ficaram empatadas em primeiro lugar: avast! e ESET.

4)      Desempenho: como o próprio vídeo ressalta, na verdade, este é um tópico diretamente ligado ao consumo de recursos, ou seja, a pergunta é: quanto pesado fica o computador durante a varredura?

5)      Eficácia: por incrível que pareça todos os antivírus atingiram quase que 100% de detecção de vírus e outras pragas. Mas já era de se esperar este resultado, pois quem paga por um antivírus não espera nada menos do que uma proteção completa de seus dados.

6)      Recursos adicionais: aqui talvez esteja a principal diferença entre os melhores antivírus da atualidade, pois quem não gosta de levar uma vantagem na compra de um produto? O Olhar Digital destacou neste quesito dois serviços interessantes da avast!: o SandBox, que propicia ao usuário a possibilidade de baixar arquivos suspeitos em um ambiente seguro que não afeta o computador; e o Software Updater, que atualiza programas automaticamente. Além do mais, o avast! emite diariamente mais de 200 atualizações de vírus automáticas e tudo pode ser checado na tabela de estatísticas da empresa.

Esta análise demonstra como o mercado de antivírus está evoluindo a cada dia, obrigando empresas a saírem de suas zonas de conforto e passarem a criar produtos que vão muito além da proteção online. A customização de funções e criação de um ambiente gentil e agradável para o usuário passaram a ser tão importantes quanto o desempenho e eficácia dos antivírus.

Mas só isso resolve tudo? O que você consumidor espera de um antivírus pago? Nós queremos saber, compartilhe suas ideias conosco! Quais são os requisitos que você leva em consideração ao escolher seu antivírus pago?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

24, junho, 2014

Quem está assistindo a Copa online?

Um dos primeiros mega eventos em que se viu a participação das chamadas “novas mídias” (como por exemplo, a internet) na cobertura jornalística foram as Olimpíadas de Sydney em 2000, na Austrália. Pela primeira vez jornalistas comunicavam com suas redações quase que simultaneamente às disputas e o mundo acompanhava tudo pela tela de seus computadores em tempo real. Se naquela época isso era um fenômeno, hoje em dia é algo corriqueiro, padrão. Você também está assistindo a Copa online?

Online...é assim que agora torcemos pelo Brasil

Online…é assim que agora torcemos pelo Brasil

Lembro que em 2000 a agência de notícias para qual eu trabalhava em Santo André, na Grande São Paulo, não conseguiu retirar credenciais para a cobertura dos Jogos de Sidney porque a empresa era unicamente voltada para jornalismo eletrônico, um tipo de mídia que não existia na lista do COI (Comitê Olímpico Internacional) até aquele momento. Conclusão, não pudemos ir à Austrália.

Em 2008, aí já pessoalmente em Sidney, trabalhei na cobertura dos Jogos de Pequim, na China, em uma rádio local e lembro como fiquei impressionado ao ver um colega sacar do bolso um smartphone no meio de um restaurante e conectá-lo à internet para assistir ao vivo uma das provas de natação. Em apenas 8 anos os dispositivos móveis mudaram não somente a maneira como a gente se comunica, mas também como a gente trabalha e se diverte!

Ontem, ao assistir o jogo entre Camarões e Brasil pela terceira rodada da Copa, me peguei envolvido  em um mar de computadores. Além da televisão ligada na partida da Seleção Canarinho eu tinha meu tablet conectado ao portal UOL para acompanhar lance a lance México x Croácia, enquanto que minha esposa assistia YouTube no laptop e ambos enviavam mensagens via whatsapp para amigos e familiares. Em outras palavras, um show de horrores!

Sim, porque é nesse mundo que hoje vivemos, o mundo virtual. Lindo, perfeito, que faz lembrar aquelas propagandas de sabão em pó em que crianças correm por ruas floridas usando roupas limpas e leves em pleno verão. Só que, o que esquecemos, é que por trás disso existe um mundo perigoso e traiçoeiro.

Na sexta-feira passada, dia 20 de junho, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que hackers invadiram seu site, impedindo o acesso ao conteúdo da entidade que rege o futebol nacional por quase 1 hora. Desastre? Nem tanto! Via assessoria de imprensa a CBF informou que uma equipe de profissionais tratou de cuidar do incidente rapidinho.

O problema é que a grande maioria das pessoas ainda não perceberam o quanto seus celulares são vulneráveis a ataques de vírus, principalmente durante eventos como a Copa. Muita gente se preocupa em instalar um antivírus para seus computadores, mas quem faz o mesmo com seus telefones móveis? Esses são os dispositivos que hoje em dia usamos para baixar vídeos e programas, jogar online e acessar todos os tipos de sites.

Não há mais desculpas para não ter um antivírus no celular, pois há várias opções grátis no mercado. E as opções pagas são muito mais baratas do que as vendidas para laptops e desktops. Mas quem está preocupado com isso?

Você, que está assistindo a Copa online usa antivírus em seu celular ou tablet? Já pensou nos riscos que vem correndo? Como você se protege virtualmente? Divida conosco a sua opinião!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

23, junho, 2014

Administrando a segurança da rede de PCs de sua microempresa

Hoje em dia, um microempresário não depende apenas de um escritório, um estagiário e uma boa visão de negócios para ter sucesso. É preciso também ter uma boa infraestrutura de rede de computadores para manter seus arquivos e dados protegidos de ataques de hackers e espiões online. Entretanto, alguns investidores só percebem isso quando a empresa já está funcionando, ou pior, após ter seus dados perdidos após um ataque.

Você não precisa ser um especialista em TI para monitorar os dados de sua micro empresa por si só

Você não precisa ser um especialista em TI para monitorar os dados de sua microempresa por si só

Decidimos usar este momento que marca os 2 anos de aniversário das denúncias contra a NSA (Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos) para uma série de textos sobre como microempresários com pouco conhecimento de informática podem administrar suas redes de computadores. Este aqui é o nosso primeiro artigo.

Se você é uma das milhares de pessoas que só usam o computador para ler e-mails, baixar vídeos, compartilhar fotos em redes sociais e conversar via Skype, não entre em pânico! Acredite, você pode ser o próprio administrador de sua rede de computadores.

Entretanto, aconselhamos primeiro você a procurar alguém com algum conhecimento técnico para ajudar na escolha das máquinas e softwares correto para o seu trabalho. Em termos de hardware, há muitas opções, mas com relação ao sistema operacional (SO), o Windows continua sendo o melhor custo-benefício (mesmo para os fiéis do WindowsXP) e um dos mais populares, embora há outras marcas no mercado que satisfazem o gosto de cada empresário.

Caso você fique em dúvida sobre qual SO utilizar, o ideal é entrar em contato com um consultor de Tecnologia da Informação (TI), o que geralmente envolve custos, ou então usar o seu network de contatos para discutir com outros empresários as soluções utilizadas por eles. Em último caso, você pode também falar com seu sobrinho ou filho de 18 anos apaixonado por computadores. Eles com certeza vão te ajudar nesta decisão!

Entretanto, até aqui não há muito segredo. O problema começa quando investidores passam a perguntar para si mesmos como eles vão administrar a pequena rede de computadores que está a ponto de ser criada. E é aí que se torna importante a utilização de um antivírus empresarial neste processo.

Isso porque muitos empresários optam por usar um antivírus feito para consumidores em seus negócios, o que do ponto de vista prático não há nada de errado, pois em muitos casos não é ilegal adquirir este tipo de produtos para empresas; só que, o que pouca gente sabe, é que o antivírus comercial pode dar a um empresário o controle do nível de segurança da sua rede direto de seu PC.

A avast!, por exemplo, tem o avast! Endpoint Protection que possui o Small Office Administration, onde você pode se tornar o próprio administrador de sua rede. Com o console de administração remota, você vê na tela do seu computador o que está acontecendo com o antivírus em sua empresa sem precisar vistoriar cada PC pessoalmente. Portanto, se seu estagiário ignorar as chamadas de vírus, você estará informado da situação e poderá resolver o problema sem sair da sua mesa.

O avast! Endpoint Protection possui uma interface amigável, onde o operador utiliza o cursor de tela para clicar nas opções de administração desejáveis (tudo em língua portuguesa). Ou seja, é um ambiente bem familiar para muitos dos usuários de computadores que têm um conhecimento básico de TI. Sem exageros, com o avast! Endpoint Protection até mesmo seu sobrinho ou filho de 18 anos pode se tornar o administrador de sua pequena rede de computadores.

Portanto, a nossa primeira dica para quem está no processo de implementação do sistema de TI em uma microempresa é: procure por um antivírus empresarial em vez de um feito para consumidores finais. Isso pode fazer uma grande diferença na segurança dos seus arquivos e dados comerciais.

Na segunda-feira que vem vamos discutir algumas das dificuldades que a maioria dos microempresários enfrentam durante a implementação de uma rede de computadores. Até lá!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
18, junho, 2014

Celulares substituem radinhos de pilha nos estádios. Aparelhos móveis agora são mais visados do que nunca

Ladrão de telefone

Você já substituiu o radinho de pilha pelo celular nos estádios? Então, cuidado!

Lembro-me como se fosse hoje quando fui assistir a final da Copa Libertadores da América, em junho de 1992, no Morumbi, com meu finado tio Carlos. Ele, são paulino roxo que era, eu e meu primo, Carlinhos, chegamos ao entorno do estádio paulista por volta de 2 horas antes do jogo onde o trânsito não ia, nem vinha. Tio Carlos suava a frio e não tirava seu radinho de pilha do ouvido. Foi assim que ele mandou Carlinhos parar o carro no primeiro estacionamento no início da Avenida João Jorge Saad aos gritos: “Vamos descer e correr a pé porque tá tudo parado, já informaram aqui no rádio”.

Foi o que fizemos! Tio Carlos corria com uma mão segurando o rádio e a outra os ingressos. Eu, aos 13 anos de idade, segurava as mãos do meu primo (15 anos mais velho que eu) tentando acompanhar o passo. Nessa correria, a carteira do tio Carlos caiu no chão e alguém vindo logo atrás pegou e devolveu (em um singelo ato de honestidade), mas a verdade é que o radinho de pilha e os ingressos estavam mais seguros do que nunca!

Ontem, ao assistir pela TV a partida de futebol entre Brasil e México pela segunda rodada da Copa fiquei impressionado ao perceber que praticamente todos os torcedores filmados nas arquibancadas seguravam telefones celulares. São nesses pequenos aparelhos que hoje em dia guardamos não somente informações sobre trânsito e futebol, mas também dinheiro, identidade e ingressos dos jogos.

Não é preciso ser nenhum especialista para perceber como o telespectador mudou a maneira de assistir futebol. Não basta mais só ter a TV, é necessário também um PC, um tablet ou um celular ligado ao mesmo tempo, assim podemos participar de discussões online e manter-nos conectado com outras coisas que ocorrem ao mesmo tempo que a bola a rola.

Imagine só quanta informação sobre a nossa vida pessoal não deixamos pelo caminho durante esses “relacionamentos” online com o mundo direto do sofá de casa. E depois imagine o que pode acontecer se você, por acaso, deixar cair seu celular do bolso, assim como tio Carlos fez com a carteira, no meio da rua. Quem garantirá sua segurança e privacidade?

Vamos e convenhamos, a bem da verdade é que nessas situações dependemos de atos de honestidade, mas como não podemos confiar muito nisso, então temos de encontrar outras maneiras de manter o celular seguro, ainda mais porque hoje em dia hackers podem roubar os dados de nossos aparelhos mesmo quando estes estão em nossas mãos.

Por essa razão, o mercado de antivírus vem inovando seu portfólio de produtos e, aos poucos concentrando-se na criação de produtos voltados para a telefonia móvel. Hoje em dia você já pode ter proteção gratuita contra ataques de hackers, advertência sobre sites infectados, monitoramento do estado de segurança do seu aparelho, entre outros recursos. E, como eu disse, tudo isso de graça!

E se você ainda precisa de segurança extra, o avast! VPN, por exemplo, criptografa todas as suas atividades em WiFi aberta, garantindo assim a sua privacidade. Ou com o avast! Anti-Theft você localiza seu aparelho perdido ou roubado à distância via GPS ou WiFi, bloqueia o aparelho, recebe notificação de troca do cartão SIM e ainda ativa uma sirene de alarme.

Se tio Carlos ainda estivesse por aqui estaria com um pouco mais de 90 anos e, para ser sincero, duvido que ele teria um “smartphone” para acompanhar os jogos, na verdade, acredito que ele ainda estaria torcendo pelo São Paulo e pela Seleção através de seu inseparável radinho de pilha. Mas a realidade de hoje é muito diferente do de 20 anos atrás, e sair de casa sem o celular é quase que sair sem roupa. Portanto, manter seu aparelho móvel seguro online e offline é mais importante do que o 0 a 0 da partida de ontem. E aí fica a pergunta: como você faz isso no seu dia a dia? Mantém o celular no bolso, confia na honestidade das pessoas ou simplesmente usa um dispositivo de proteção?

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

 

 

Comments off
17, junho, 2014

Suporte gratuíto via telefone para usuários da Avast

Se durante a instalação de um antivírus você enfrenta problemas como: o download para na metade da tarefa, o antivírus deixa seu computador lento, não consegue achar a chave de instalação ou o novo antivírus não identifica ameaças… calma! Há soluções práticas e rápidas para isso!

Visitar fóruns online é uma das técnicas mais conhecidas para os que têm um básico conhecimento técnico de informática e TI (Tecnologia da Informação). Mas se para você um computador serve somente para trabalhar, postar no Facebook e baixar vídeos no YouTube, pode ser que você tenha dificuldades para instalar um antivírus.

Para resolver esse problema a Avast antivírus criou um novo sistema de suporte telefônico onde os usuários de seus produtos (tanto gratuito, quanto pago) recebem uma assistência remota gratuita, ou seja, ao ligar para o telefone de suporte técnico, um representante da Avast pode até mesmo acessar sua máquina remotamente, verificar e avaliar seu problema e fazer os ajustes necessários para que o antivírus funcione corretamente. Tudo sem custos adicionais!

tel_support

No momento, o serviço é gratuito somente para os 4 principais produtos da empresa, mas caso o usuário necessite uma assistência além dos problemas básicos de instalação e utilização de um antivírus, pode-se também solicitar com a Avast um orçamento para outros serviços de assistência técnica. Em outras palavras, você não precisa correr com sua máquina até uma loja de informática no centro da cidade para ter seu problema com antivírus resolvido.

Na página brasileira do site da Avast (www.avast.com/pt-br/index) você encontra mais detalhes do serviço. Para isto, basta ir à página inicial e passar o mouse sobre o botão Suporte localizado no menu principal na parte superior da tela. Ali, clique sobre Suporte Telefônico e leia as instruções em língua portuguesa.

O serviço está disponível todos os dias da semana, 24 horas por dia! No momento, o número de telefone para acesso do serviço é do Rio de Janeiro (21) 3958 8000, mas ligações vindas de todo o país também são aceitas.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook,TwitterGoogle+ Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
11, junho, 2014

Mantenha seu telefone longe dos hackers durante a Copa

Você está viajando ao Brasil para a Copa ou indo para a praia mais próxima? Lembre-se do seu óculos escuros, um boné, protetor solar, mas não esqueça que seus aparelhos móveis também precisam de proteção.

world-cup-hackersPT

Aqui estão alguns outros itens para pôr na mala:

  • O avast! SecureLine VPN para proteger você em redes WiFi públicas
  • O avast! Mobile Security e o Anti-Theft para proteger contra os ladrões

Aquele ponto de WiFi gratuito pode trazer problemas!

Os torcedores da Copa do Mundo terão chances de encontrar redes WiFi gratuitas. Pelo menos 6 dos 12 estádios da Copa terão acesso WiFi gratuito e devem haver mais 2.300 pontos de acesso em parques, praças e estações de transporte público. Os fãs que não assistirem aos jogos diretamente podem acompanhar os resultados em seus telefones ou assistir ao vivo conectando-se em WiFi gratuitas em hotéis e bares.

“Um ataque WiFi em uma rede aberta pode levar menos de 2 segundos”, tweetou @ExtremeNetworks recentemente. Os cibercriminosos podem ter acesso e roubar seus dados pessoais quando você se conecta a essas redes desprotegidas. Ao ter a sua identidade roubada e a conta bancária “esvaziada” pode arruinar qualquer viagem, mesmo ao paraíso!

“Os alvos dos hackers são os pontos WiFi públicos, onde é fácil seguir cada movimento que os usuários fazem nessas conexões WiFi, permitindo acesso aos emails, senhas, documentos e comportamentos de navegação”, disse Vincent Steckler, CEO da AVAST Software.

Utilize um serviço VPN para assegurar que isto não aconteça. O avast! SecureLine VPN protege a sua privacidade tornando os seus logins, emails, SMS e dados de cartão de crédito completamente invisíveis aos espiões.

Você pode baixar o avast! SecureLine para o seu notebook em todos os produtos gratuitos e premium do avast!. Nós também temos o avast! SecureLine para telefones e tablets Android e iOS, para que você utilize os seus PCs, smartphones e tablets em redes WiFi inseguras enquanto viaja ou na sua cafeteria favorita.

Veja conteúdo em todo o mundo

Você deseja assistir programas ao vivo no seu PC, tablet ou celular? Que tal relaxar e assistir a um filme na Netflix? Com o uso do avast! SecureLine você pode se conectar como se estivesse em um local diferente e assistir a programas “locais” em qualquer lugar do mundo. Simplesmente escolha o país do qual deseja parecer estar conectado. As opções são Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Holanda, República Checa e Singapura.

Localize celulares roubados e perdidos com o avast! Anti-Theft

Mantenha o seu aparelho móvel seguro enquanto você está em movimento

Quando você está em uma cidade estranha, especialmente com a reputação criminal de algumas cidades brasileiras, os especialistas em viagem previnem os turistas de mostrar bens em público, como dinheiro vivo ou celulares. As pessoas podem não se sentir seguras tirando do bolso o seu telefone ou tablet para utilizar WiFi gratuita. Se acontecer de você ter o seu telefone furtado por um garoto de bicicleta ou perdê-lo na multidão, então o avast! Anti-Theft pode ajudá-lo(a) a rastreá-lo.

O avast! Anti-Theft é um programa independente incluído no avast! Free Mobile Security. Este pequeno programa irá ajudá-lo(a) a recuperar o seu telefone e a controlá-lo remotamente através de comandos via SMS ou da sua conta do avast!. Leia mais em nosso blog

Baixe o avast! Free Mobile Security da loja Google Play!

Você também pode instalar o avast! Anti-Theft como um programa separado baixando-o também da Google Play!

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
11, junho, 2014

As senhas dos hackers são mais fortes do que as dos usuários comuns?

Os hackers utilizam senhas fracas como nós.

librarian_dict_smQuase duas mil de senhas utilizadas por hackers vazaram esta semana, quando Antonín Hýža da AVAST estava decodificando strings PHP sem saber a chave de criptografia. Por não saber o conteúdo exato do arquivo criptografado e procurar a chave poderia levar anos, Antonín escolheu uma abordagem diferente. Ele decidiu saber quão fortes eram as senhas utilizadas pelos hackers e criou um dicionário. :)

Ao longo dos anos lutando contra malwares, o Laboratório de Vírus do avast! coletou muitas amostras de vários back-doors, bots e shells. Alguns deles são protegidos por uma senha codificada em MD5, SHA1 ou em texto comum, e por aí ele começou. Ele estudou as 40.000 amostras de senhas de hackers e encontrou quase 2.000 que eram únicas e 1.255 delas eram textos simples. Outras 346 senhas foram facilmente quebradas a partir dos códigos MD5, porque eram menores do que 9 caracteres. Isto lhe deu um total de 1.601 senhas e 300 hashes. Ele estudou as estatísticas destas palavras e encontrou o seguinte:

1Senhas que ninguém irá imaginar
Porcentagem de caracteres utilizadas nas senhas dos hackers
Cerca de 10% das senhas estavam além da capacidade normal de adivinhação ou cracking. Dentro destas, Antonín descobriu palavras muito longas de até 75 caracteres, provavelmente geradas por um computador. Algumas delas em longas frases misturadas com caracteres especiais como, por exemplo, lol dont try cracking 12 char+. Fácil porém pois foi armazenada como texto simples. ;)

Também havia senhas que não utilizavam caracteres dos teclados em inglês. Mas ainda havia 90% de chances de ser uma palavra normal, talvez com algum número intercalado. Não menos do que 9% das senhas podiam ser encontradas em um dicionário de inglês.

A tabela ao lado mostra quais caracteres são utilizados nas senhas dos hackers. A primeira linha significa que 58% das senhas continham apenas caracteres alfabéticos minúsculos. Uma senha não foi incluída nesta tabela porque o seu hash era: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e. É o hash de um string vazio.

2O comprimento médio das senhas dos hackers é de 6 caracteresSenhas e caracteres mais utilizados

A tabela ao lado mostra o tamanho das senhas dos hackers. O comprimento médio das senhas dos hackers é de 6 caracteres. Houve somente 53 senhas mais longas do que 12 caracteres.

Geralmente, há muitas variações de palavras, desde o campo da informática a palavras em inglês, incluindo nomes e frases inteiras, mas quase nenhuma continha letras maiúsculas. Algumas das senhas são criadas com palavras em inglês, mas utilizando leet speak. É uma forma de escrever onde números são utilizados para parecer letras, por exemplo, A parece-se com 4, I com 1. Utilizando o leet speak uma senha com letras “o, i, e, a, s, t” é substituída pelo seu equivalente 0, 1, 3, 4, 5, 7.

Na tabela abaixo, é mostrada a ocorrência de letras minúsculas nas senhas. A mais utilizada é a letra a, e as letras f, j, v, w, y, z são raramente utilizadas. Na sequência mais longa de letras minúsculas, aparecerem 38 q, o que supera o caractere maiúsculo S com 28 ocorrências. No conjunto dos caracteres especiais, a letra minúscula q é quase tão utilizada como o ponto (“.”), com 42 ocorrências.

A ocorrência de letras minúsculas nas senhas dos hackers

As letras maiúsculas e suas ocorrências são mostradas na próxima tabela. Todas elas são muito raramente utilizadas e, quando são, ou são a primeira letra da senha, ou uma palavra inteira é escrita em maiúsculas. Somente poucas senhas utilizavam uma verdadeira combinação de letras maiúsculas e minúsculas.

A ocorrência de letras maiúsculas nas senhas dos hackers

A próxima tabela mostra quais os caracteres especiais preferidos dos hackers e quanto eles os utilizam para melhorar as suas senhas. O primeiro caractere da tabela é um espaço e isto revelou uma coisa interessante: um ou cinco espaços pode ser uma senha muito inteligente, mas não muito segura, pois são testadas logo no início. Nem todos os caracteres especiais estão listados abaixo porque ,  =  ~  |  [  ] não foram utilizados nenhuma vez.

A ocorrência de caracteres especiais nas senhas dos hackersA última tabela mostra a ocorrência de números. Os números foram utilizados em quase 30% das senhas e por isso a tabela só mostra os maiores números. O mais utilizado é o número 1 com 356 ocorrências.

graph_0-9

No momento, você deve estar imaginando qual a senha favorita dos hackers. Há muitas variações das palavras pass e root e também hax foi utilizada muitas vezes, mas se omitirmos uma palavra muito comum de 4 letras, a senha mais frequentemente utilizada pelos hackers é hack. Vale a pena mencionar que em muitos casos havia apenas uma senha padrão como r57, c99, password ou yourpass.

Quando comparamos todas as descobertas dos gráficos acima, podemos dizer que a senha média dos hackers terá no máximo 6 caracteres, contém letras minúsculas e números e deriva de palavras em inglês. Não foi tão difícil quanto Antonín pensava, e a maioria das senhas dos hackers é ainda mais fraca que a da maioria das pessoas normais, como, por exemplo, as que você encontra neste artigo. Mas se eu topar com um hacker que utiliza uma senha realmente forte e se preocupa com segurança? Então precisaremos de um conjunto de caracteres especiais, mas pequeno o suficiente para que com força bruta levemos alguns dias (em vez de meses) para quebrar a senha.

3

Melhores conjuntos de caracteres das senhas dos hackers

Utilizando apenas as estatísticas anteriores, podemos construir dois caracteres que devem cobrir a maioria das senhas utilizadas. Quando o dicionário falha, há outras formas de prosseguir, sempre há a força bruta.

1) acdehiklmnorstu01234579!-.@_ (28 caracteres)

2) acdehiklmnorstubgpxyw0123456789!-.@_#$+*{espaço} (41 caracteres)

Não são tão pequenos quanto gostaríamos que fossem, mas isto não é o mais importante, pois cada vez que precisamos quebrar uma senha com força bruta, ela tinha apenas 6 ou 7 caracteres e isto foi feito muito rapidamente.

onebit_24Para os pesquisadores de malware interessados no dicionário descrito neste artigo, por favor, escrevam a Antonín Hýža a partir de um endereço de email confiável: hyza at avast dot com para receber a sua cópia gratuita.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Categories: Analyses, Virus Lab Tags: , ,
Comments off
10, junho, 2014

GameOver Zeus não está tão over quanto você pensa

O FBI, junto com o Departamento de Justiça americano, anunciou em seu site um esforço multinacional para romper com a rede de computadores zumbis, GameOver Zeus. O GameOver Zeus infectou milhões de usuários da internet em todo o mundo e roubou milhões de dólares.

O avast! detecta e protege seus usuários do CryptoLocker e do GOZeus.

Todo mundo deveria ter uma proteção antivírus atualizada em seu computador. O avast! detecta e protege seus usuários do CryptoLocker e do GOZeus.

A National Crime Agency (NCA) da Inglaterra desbaratou um rede zumbi do GameOver Zeus. A NCA deu aos usuários infectados o prazo de duas semanas para se livrar do malware e aos que tiverem esta sorte, deu a oportunidade de proteger-se também de futuros ataques. O prazo de duas semanas é uma estimativa de quanto levará aos cibercriminosos a criação de uma nova rede zumbi. O FBI enfatizou no seu site que a rede do GameOver é diferente das antigas versões do Zeus pois o comando e o controle da infraestrutura é feito por comunicação peer-to-peer, e não através de servidores centrais. Isto significa que qualquer computador infectado pode enviar controles a outros aparelhos infectados. Se os cibercriminosos construírem uma nova rede, o que provavelmente irá acontecer, esta nova rede poderá ressuscitar máquinas infectadas que estavam hibernando e continuar a infectar novos usuários, ao mesmo tempo que roubam dados financeiros e pessoais de vítimas inocentes.

Você realmente tem apenas duas semanas? O que você deve fazer?

Quem sabe quanto tempo irá levar para que uma nova rede surja: pode ser amanhã ou em duas semanas. As pessoas não devem considerar esta ameaça de forma superficial e devem agir imediatamente. O FBI alerta que o seu computador pode estar infectado se: opera de forma mais lenta que o habitual; o seu mouse move sozinho; você reparou alguma transferência de dinheiro não autorizada ou que foram feitos logins em sua conta bancária; ou ainda se alguém exige um resgate para desbloquear arquivos criptografados. Contundo, há uma possibilidade de que você não veja nenhuma atividade suspeita. É absolutamente necessário que todos tenham um programa antivírus atualizado instalado no seu PC, atualizem todos os seus programas, incluindo o antivírus, e escaneiem os seus PCs para descobrir o GameOver Zeus ou outros programas maliciosos instalados.

Como o GameOver Zeus infecta o meu PC e como ele age?

O GameOver Zeus pode infectar os computadores enganando os usuários que acabam baixando malware, que se disfarça de algo que você normalmente iria confiar, como um link enviado pelo seu banco ou em anexo enviado por um colega ou amigo. Isto é conseguido através de emails com pseudônimos ou spams de outros usuários infectados. Por isso, os usuários acabam pensando que alguém confiável lhes enviou aquilo. Seja sempre cauteloso com links e anexos enviados por email ou SMS. Tenha certeza de que foi alguém em quem possa confiar e cheque com a pessoa para ter certeza de que lhe enviou um link ou anexo seguro.

Uma vez no computador, o GameOver Zeus, também conhecido como GOZeus, procura silenciosamente no computador se há informações bancárias que pode explorar. Se o GOZeus não encontrar nada, ele baixa o CryptoLocker. O CryptoLocker, por sua vez, criptografa os arquivos do usuário e exige o pagamento de um resgate para que possa acessar seus arquivos novamente. Os arquivos armazenados no computador podem incluir documentos valiosos como fotos de família, documentos profissionais ou até mesmo os dados de sua declaração de imposto de renda. As pessoas desejam ter estes arquivos de volta e por isso os cibercriminosos têm tanto lucro com o CryptoLocker. Lembre-se de fazer backup dos seus arquivos importantes regularmente para evitar perdê-los e ter de pagar um resgate.

O avast! detecta e protege seus usuários do CryptoLocker e do GOZeus. Também recomendamos que os usuários que não tenham um antivírus ou com o seu antivírus vencido a que baixem o avast! gratuitamente e escaneiem o seu computador.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
10, junho, 2014

Como se proteger do apocalipse viral que está vindo

Depois de derrubar uma grande rede de computadores zumbis (botnet), os usuários têm uma “janela” de duas semanas para se proteger contra um poderoso ataque que ameaça os dados das pessoas e roubam milhões de dólares das vítimas

Zeuscomo as pessoas se infectam. Aqui está um rápido roteiro:

1. A vítima abre um email que foi cuidadosamente preparado para parecer ter vindo do seu banco ou de uma companhia bem conhecida.

2. A vítima clica e executa o anexo deste email.

3. Um programa malicioso – como este do qual escrevemos, o Gameover Zeus – lança um cavalo-de-troia (trojan) que procura senhas e dados financeiros no computador.

4. Uma vez que o Gameover Zeus encontra o que estava procurando, os cibercriminosos instruem o CryptoLocker, um malware que exige resgate (ransomware) para ser desbloqueado. Para ter novamente acesso ao seu computador, você deve pagar um resgate dentro de um breve espaço de tempo.

5. Uma vez infectado, o computador passa a ser parte de uma rede mundial de computadores zumbis.

As boas notícias

Liderados pelo FBI, agentes da Europol e da NCA (Inglaterra) derrubaram duas redes de computadores utilizadas pelo Gameover Zeus e pelo Cryptolocker para infectar milhões de computadores e extorquir mais de 100 milhões de dólares.

As más notícias

Como explicamos em nosso blog, GameOver Zeus não está tão over quanto você pensa, os cibercriminosos podem construir outra rede para substituir os computadores que foram derrubados.

Por que há uma janela de duas semanas?

Este período está baseado no tempo em que o FBI julga necessário para que os usuários dos computadores atualizem o seu sistema operacional e os seus softwares de segurança e desconectem os computadores infectados.

Passos a serem tomados para proteger o seu computador

A GetSafeOnline.org em cooperação com a NCA criou uma página informativa para ajudar a você proteger o seu computador, suas finanças, sua identidade e sua família contra esta nova ameaça global online. O alvo desta ameaça são pessoas individuais e pequenos negócios, por isso, é muito importante que você leia esta página e utilize seus conselhos imediatamente se estiver utilizando o sistema operacional Windows (incluindo as versões de Windows rodando em máquinas virtuais dos Macs e qualquer servidor onde o Windows é executado). Siga os passos abaixo e você estará protegido:

  • Instale uma proteção antivírus no seu computador. Por exemplo, mais da metade da população da Inglaterra não está tomado as precauções para se manter segura online. O relatório da National Cyber Security Consumer Tracker mostra que 56% dos ingleses têm uma segurança inadequada na internet. (Imagine no Brasil…). O que você está esperando? O avast! Free Antivírus é, como é lógico, GRATUITO. Proteja-se agora.
  • Mantenha atualizado o programa antivírus do seu computador. A última versão do avast! Antivírus é 2014.9.0.2018. Para ter certeza de que você está utilizando esta versão, abra o painel do avast!, clique em Configurações (o ícone da engrenagem) e depois em Atualização. Se você não estiver atualizado, por favor, clique em Atualizar.
  • Faça backup dos seus arquivos importantes. Um backup é uma das principais estratégias de proteção, pois do contrário será muito tarde se você for infectado por um ransomware. Além de pérfidos malwares, os computadores também sofrem com a falência de hardware, queimam com descargas elétricas, caem na água e um sem número de outros desastres. Por isso, ter um backup dos seus arquivos, fotos, filmes e músicas faz todo o sentido. O avast! BackUp permite que você recupere suas lembranças em caso de emergência.
  • Mantenha o seu sistema operacional e seu software de segurança atualizados. Ao executar o avast! Software Updater você verá os principais aplicativos que podem estar desatualizados. Este artigo do nosso blog pode ajudá-lo(a): Como eu utilizo o novo Software Updater do avast 8?. Você também pode assistir a este vídeo tutorial.
  • Utilize senhas fortes, e não utilize as mesmas senhas para tudo. Depois dos ataques de hackers à Target, eBay, do Heartbleed, esta é a primeira coisa que você deve fazer. Mas nós sabemos que mudas a sua senha cada vez que algo acontece é muito chato. Veja as nossas dicas ou utilize um gerenciador de senhas como o avast! EasyPass.
  • Livre-se das barras de ferramentas desnecessárias. Barras de ferramentas indesejadas são instaladas quando você baixa softwares gratuitos. Elas podem reconfigurar o seu navegador e alterar o seu mecanismo de busca padrão. O avast! Browser Cleanup irá ajudá-lo(a) a livrar-se destas pestes. Abra o painel do avast! e deixe que ele analise os plugins dos seus navegadores.
  • Proteja-se contra os espiões. A avast! SafeZone abre uma janela do navegador completamente isolada, que não pode ser infectada com spywares e não está sujeita ao ataque dos keyloggers (roubadores de senhas). É muito útil para utilizar o seu banco online e outras atividades delicadas.
  • Somente baixe programas (especialmente programas gratuitos) dos sites que você conhece e confia (os malwares também podem vir ao baixar jogos, programas de compartilhamento de arquivos e barras de ferramentas personalizadas).
  • Não abra anexos de emails que você não solicitou, mesmo que tenham vindo de pessoas da sua lista de contados, nunca clique em um link de email, mesmo que lhe pareça seguro. Em vez disso, feche o email e vá diretamente ao site oficial da empresa.

O seu provedor pode mandar-lhe uma carta ou email

Em alguns países, o provedor de internet pode notificar-lhe se o seu computador estiver infectado, enviando-lhe um email. No entanto, cibercriminosos aproveitam-se desta situação para enviar falsos emails. Por isso, verifique de onde veio o email e se os links são seguros. Se você receber um email de alguém dizendo ser o seu provedor de internet, tenha absoluta certeza de que é um email verdadeiro antes de clicar em um link. Como foi recomendado antes, é mais seguro ir diretamente ao site do seu provedor. Também fique atento(a) que emails semelhantes, que parecem ter sido enviados por um amigo, um membro da família ou colega, podem ter sido enviados automaticamente de um computador infectado pelo malware Zeus ou outros ransomwares.

Relatar à polícia

Se você acha que foi roubado por um vírus como o Gameover Zeus ou o CryptoLocker, você deve relatar isto à polícia.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off
8, junho, 2014

Os dias dos scammers estão terminando… GAME OVER

shutterstock_107284424

Somos perguntados com muita frequência: “se vocês não gastam nenhuma grana com propaganda, e não estão presentes em lojas, e nada de produtos pré-instalados ou OEMs, como conseguem novos usuários?”

Bem, a maioria das vezes graças ao boca a boca. Acontece algo assim:

Passo 1: A necessidade

Um usuário de um PC com um antivírus problemático ou a ponto de expirar a validade repara que ele necessita de uma nova segurança. (Isto não acontece com os usuários dos Macs porque, naturalmente, eles PENSAM que Macs não precisam de antivírus…  ;)).

Passo 2: O telefonema

Um usuário de um PC telefone àquele amigo que sabe TUDO de computação. Sim, um usuário de PC também pode fazer o esforço e aprender sozinho, ler algumas revisões, verificar testes comparativos e assim por diante, mas isto toma muito tempo.

Passo 3: O conselho

“Baixe o avast! free antivírus” ou “baixe o avast! gratuito” ou “instale a versão home do avast!”. Então o seu amigo desliga porque o tempo dele é muito precioso.

Passo 4: O quê?

O usuário de um PC não tem certeza do que ele precisa fazer ou onde deve ir ou como ele pronuncia “aquilo”, mas para isto está o Google. Então ele Google aquilo e… tcham! Moleza!

Passo 5: Baixar

O Google mostra os resultados da busca, o usuário de um PC vai a qualquer link to topo da lista, clica nas páginas do avast! e baixa o avast! Free Antivírus. Cerca de 15 milhões de pessoas fazem isto todos os meses, e logo depois eles clicam em instalar > aceitar > próximo > terminar > obrigado.

Infelizmente, entre o passo 4 e o 5 as coisas dão errado. O que me trouxe ao assunto deste blog: os falsos sites de download (scammers). Qualquer um pode configurar um site de “downloads” e oferecer opções para baixar o avast!. Por 20 a 40 centavos por clique no Google AdSense é oferecida uma “versão” reempacotada do avast!, cheia de barras de ferramentas, adwares, instaladores que atuam como se fossem vírus, SweetPacks, coletores de dados, ferramentas pagas falsas, e qualquer outra coisa que você possa (ou não possa) imaginar. Tudo isto como propagandas da marca avast! e fazendo isto sem a nossa autorização, em clara violação às regras de licenciamento do verdadeiro avast! Os fraudadores fazem isto por dinheiro. Se o instalador custa 40 centavos por cada clique, eles geram R$ 2,00 por qualquer coisa que o usuário instalar, e isto é rentável.

Aqui está uma amostra das fraudes publicadas durante apenas 1 dia: Paid_Search_Scams

Lutar pelos meios oficiais, enviando reclamações ao Google, nos tira um tempo infinito e é como lutar contra moinhos de vento.

Por isso, aqui está uma nova proposta aos fraudadores:

Passo 1: uma reclamação jurídica para lhes dar a chance de PARAR.

Passo 2: Nos iremos bloquear o seu domínio como um site de distribuição de malware/PUP. Na realidade, você pagará pelos cliques nas suas propagandas, mas não receberá nenhum visitante no seu site. Você terá custos, mas não receitas.

GAME OVER

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Comments off