Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus


18, março, 2014

Nova crise de segurança de dados se aproxima com o Dia D em que a Microsoft deixará de suportar o XP

win-xp-ptOpinião de Ondrej Vlcek, CTO – Chief Operations Officer da AVAST Software

O término das atualizações de segurança da Microsoft ao Windows XP irá criar graves questões de segurança. O já inseguro sistema operacional irá enfrentar ainda mais riscos com a falta se atualizações de segurança, mas a questão é: os usuários do Windows XP devem ser os únicos a se preocuparem?

Recentemente a Microsoft anunciou que o suporte técnico ao Windows XP não estará mais disponível a partir de 8 de abril deste ano, terminando o ciclo de atualizações automáticas para este sistema operacional. A Microsoft também deverá interromper as atualizações do seu produto anti-malware ao usuários do XP em 2015. Abandonar o XP é um grande erro, já que a Microsoft não teve sucesso em migrar os usuários do XP para os novos sistemas. O banco de dados da AVAST mostra que 23,6% dos seus mais de 200 milhões de usuários ainda utilizam o Windows XP.

Os usuários do XP estão mais vulneráveis a ataques do que os do Windows 7

O abandono da Microsoft não afetará apenas os usuários do XP, mas criará um grande problema de segurança para todo o ecossistema. Dezenas de milhões de PC rodando XP estarão conectados à internet, sem atualizações de segurança, simplesmente aguardando serem atacados. O sistema operacional vulnerável será um alvo fácil para hackers e poderá se tornar a porta para a infecção de outros sistemas não-XP. Os nossos dados de telemetria mostram que os usuários do XP estão 6 vezes mais vulneráveis a ataques dos que os do Windows 7 e quando a Microsoft interromper as atualizações isto ficará pior.

O novo ataque dirigido está sendo fermentado…

Os usuários domésticos não são os únicos afetados pelo término do suporte do Windows XP. De acordo com alguns relatórios*, 95% dos caixas eletrônicos do mundo ainda rodam Windows XP. Estes caixas eletrônicos – junto com as empresas que ainda utilizam o Windows XP em seus PCs – precisam ser atualizados ou, pelo menos, procurar uma alternativa de segurança. Clínicas médicas que armazenam informação confidencial dos seus pacientes e lojas que mantém os detalhes de seus clientes como, por exemplo, número de cartões de crédito, em seus computadores rodando Windows XP podem ser facilmente atacados. No ano passado, estes ataques contra dados foram executados por um trojan introduzido no sistema de vendas de lojas. Se os empresários não mantiverem seus sistemas seguros, nós iremos, infelizmente, ver mais vazamentos de dados como este. A notícia do término do suporte do XP foi publicada há um ano, o que significa que os profissionais de TI deveriam estar atentos a esta mudança de cenário e as consequências que daí surgirão. Para aqueles que ainda não fizeram nada, a hora é agora.

A AVAST está comprometida em proteger o ecossistema dos PCs não apenas suportando o Windows XP pelos próximos três anos, mas também criando os módulos de proteção e de detecção especificamente desenhados para cobrir as vulnerabilidades do Windows XP e outros problemas de segurança. Já tomamos medidas adicionais no lançamento do nosso último produto, o avast! 2014, tornando o software mais leve, tanto em termos de velocidade quanto de consumo de recursos, perfeitamente ajustado para computadores mais antigos que ainda rodem o Windows XP. Além desta segurança, o avast! 2014 é oferecido gratuitamente, o que é especialmente importante para os usuários do XP. A atualização para novas versões do Windows implica em custos que nem todos podem assumir e que, provavelmente, é a grande razão pela qual muitos usuários ainda não atualizaram o seu sistema operacional.

Outra razão para abandonar o Internet Explorer

Além de o Windows XP ser em si um risco à segurança, o Internet Explorer do Windows XP é uma ameaça ainda maior. A última versão do navegador disponível para o Windows XP é a número 8, que por estar desatualizada, não tem várias melhorias de segurança disponíveis nas últimas versões. Da nossa base de dados de usuários do XP, 21,5% utiliza o Internet Explorer, o que os torna alvos fáceis de ataques. O Google Chrome é uma boa alternativa e é completamente compatível com o Windows XP, além de se atualizar automaticamente.

Os usuários do Windows XP não serão os únicos afetados pelo término das atualizações da Microsoft e não deveriam ser os únicos preocupados com isto. Usuários que ainda executam o Windows XP precisam atuar com responsabilidade e proatividade para garantir a segurança não só dos seus dados e do seu PC, mas também de todos os demais.

Obrigado por utilizar o avast! Antivírus e por recomendar-nos aos seus amigos e familiares. Encontre as últimas notícias, divirta-se, participe de concursos e muito mais no Facebook, Twitter, Google+ e Instagram. Dono do próprio negócio? Descubra mais sobre os nossos produtos corporativos.

Categories: General Tags: