Protecting over 200 million PCs, Macs, & Mobiles – more than any other antivirus


15, setembro, 2012

O Google teve de desativar função contra pirataria de aplicativos Android

O Google foi obrigado a desativar temporariamente uma função de segurança da versão 4.1 (Jelly Bean) do Android, cujo objetivo era tornar mais difícil a pirataria de aplicativos pagos. O motivo foi que alguns aplicativos comprados – incluindo papéis de parede e widgets – não mais funcionavam nos aparelhos em que foram instalados.

A nova versão do Android melhorou a proteção contra cópia de aplicativos através da função App Encryption, que criptografava os arquivos apk dos aplicativos com uma chave específica para cada aparelho.

Isto fazia com que um aplicativo baixado para um aparelho não pudesse ser utilizado em outro. A proteção consistia em instalar o aplicativo em uma pasta criptografada chamada /mnt/asec e não na tradicional pasta /data/app (aliás acessível apenas em aparelhos roteados). O problema acontecia quando o sistema operacional Android tentava acessar (tecnicamente, “montar”) esta pasta protegida já no final do processo de reinício do aparelho e, também, quando tentava desmontar a pasta precipitadamente ao ser desligado.

Os usuários ainda poderiam fugir deste bloqueio permitindo a instalação de aplicativos de fora do Google Play (nas configurações do aparelho) e então os aplicativos seriam instalados na pasta /data/app. Os desenvolvedores, para evitar o problema, teriam de mover os componentes críticos para um aplicativo gratuito e solicitar ao usuário que baixasse outra “parte” do aplicativo que seria paga.

A Google efetuou mudanças na versão 3.7.15 do Google Play para salvar os aplicativos novamente na pasta /data/app.

Lembre-se, no entanto, de que baixar aplicativos de fora do Google Play pode ser, em muitos casos, deparar-se com infecções por malware. Utilize sempre o avast! Mobile Security para escanear os aplicativos instalados e ficar longe das infecções.

Categories: Android corner Tags:
Os comentários estão fechados.